Vince Neil: disco novo é 95% feito de covers

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nacho Belgrande, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar Correções  

O selo Frontier Records marcou 4 de junho como data de lançamento na Europa para o novo disco solo do vocalista do MÖTLEY CRÜE, VINCE NEIL, "Tattoos & Tequila". O lançamento digital da faixa-título irá preceder o do disco inteiro no dia 16 de abril próximo.

publicidade

Neil gravou "Tatoos & Tequila" no inverno do hemisfério norte de 2009 com o baixista Dana Strum e o guitarrista Jeff Blando (ambos do SLAUGHTER) e o baterista Zoltan Chaney. O disco incluirá duas canções novas - "Tattoos e Tequila" e "Another Bad Day", ambas produzidas por Marti Frederiksen (AEROSMITH, OZZY OSBOURNE, DEF LEPPARD) – além de uma seleção de clássicos de alguns dos gigantes do rock que influenciaram Vince Neil ao longo de sua carreira musical. Os covers foram produzidos por Vince e Jack Blades (DAMN YANKEES, NIGH RANGER).

publicidade


Eis o 'track listing de "Tattoos & Tequila"

01. Tattoos & Tequila (album version)
02. He's A Whore (CHEAP TRICK)
03. AC/DC (SWEET)
04. Nobody's Fault (AEROSMITH)
05. Another Bad Day
06. No Feelings (SEX PISTOLS)
07. Long Cool Woman (THE HOLLIES)
08. Another Piece Of Meat (SCORPIONS)
09. Who Will Stop The Rain (CREEDENCE CLEARWATER REVIVAL)
10. Viva Las Vegas (ELVIS PRESLEY)
11. Bitch Is Back (ELTON JOHN)
12. Beer Drinkers and Hell Raisers (ZZ TOP) *

publicidade

Faixa bônus disponível somente na edição em digipak




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Oh, não!: clássicos que foram estragados pelo tempoOh, não!
Clássicos que foram "estragados" pelo tempo

Lars Ulrich: As mulheres da vida do bateristaLars Ulrich
As mulheres da vida do baterista


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin