Matérias Mais Lidas

imagemQuando Derico, do Programa do Jô, descobriu que Ian Anderson tocava tudo errado

imagemJoão Gordo se reencontra com o amigo Iggor Cavalera; "Agora falta zerar com o vovô"

imagemO hit da Legião que Renato Russo compôs para Cássia Eller e traz coincidência trágica

imagemRob Halford compartilha a foto mais metal da semana; "O Rei e Eu"

imagemNova Fã que descobriu Metallica por Stranger Things quer cancelar banda e reúne provas

imagemRock in Rio: Pitty alfineta a produção do festival ao revelar qual seria sua exigência

imagemA opinião de Marcelo Barbosa sobre cancelamento de Metallica e Pantera por racismo

imagemIron Maiden e o Rock in Rio: em detalhes, o que exatamente a banda pediu para o evento

imagemO hit de Nando Reis inspirado em clássico do Led Zeppelin e na relação com sua mãe

imagemA música do Black Sabbath favorita de Frank Zappa

imagemO clássico dos Paralamas do Sucesso que Lobão acusou de plágio

imagemA opinião de Robb Flynn do Machine Head sobre o retorno do Pantera

imagemGuitarrista do Skid Row diz que não fala com Sebastian Bach e não pensa em fazer pazes

imagemGordo diz que atualizou termos politicamente incorretos após puxão de orelha de filha

imagemDavid Ellefson diz que você conhece seus amigos quando a m*rda bate no ventilador


Stamp

Scorpions: Rock In Rio, um ponto alto da carreira da banda

Por Emanuel Seagal
Fonte: Blabbermouth
Em 21/06/10

Deb Rao, do Hardrock Haven, recentemente entrevistou Rudolf Schenker, guitarrista do SCORPIONS. Confira abaixo alguns trechos da entrevista:

Hardrock Haven: O novo álbum, "Sting In The Tail", é fenomenal. Um dos grandes aspectos desta turnê e do álbum é que o SCORPIONS tocará para novos fãs assim como antigos. Como você se sente tendo inspirado quatro gerações de fãs além de muitos novos fãs que verão o SCORPIONS pela primeira vez nesta turnê de despedida?

Rudolf: "Esta é a razão de a termos anunciado. Nós não queremos deixar a cena como se você não soubesse disso. E se ano que vem uma nova onda vier e todos pularem nela? Nos anos 90 o metal se foi com o grunge e o alternativo. Você vê como é. Então ninguem se importa mais. Nós inspiramos muitas bandas. Quatro dias atrás, tive uma entrevista em rádio na América. O DJ, ele tocou pra mima uma música do novo álbum do Vince Neil, ele fez uma cover de 'Another Piece of Meat' do SCORPIONS. Eu ouví a versão e ela é muito boa. Vince Neil estará em alguns shows como convidado especial. É bom se inspiramos muitas novas pessoas. É bom quando as inspiramos com nosso novo álbum e nosso show ao vivo. Vamos fazer isso. Mas não quatro anos mais tarde e talvez sem conseguir mais. Este é o ponto. Nós queremos apresentar uma ótima imagem especialmente para uma banda como o SCORPIONS que fez um grande nome e é uma grande banda ao vivo. Neste caso eu acho que o momento é ótimo. Outra coisa é que nós sempre damos 150%. Quando não pudermos mais dar isso, quem quer estar nessa posição?"

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Hardrock Haven: Você é um dos melhores guitarristas e o SCORPIONS é uma das bandas mais influentes que vieram do gênero dos anos oitenta. Como membro fundador e guitarrista do SCORPIONS, quais seriam os pontos altos da sua carreira?

Rudolf: "Primeiro, houve muitos, muitos pontos altos, sem dúvida sobre isso, tocando no Japão em 1978, quando fizemnos o 'Tokyo Tapes'. Então, é claro, o primeiro show que fizemos, o primeiro festival, em Cleveland, abrindo para o AC/DC, Thin Lizzy, Journey, Aerosmith, Ted Nugent, para 60.000 pessoas. Então, é claro, fazer turnê na América foi o ponto alto, sem dúvida sobre isso, e ter shows esgotados em três noites no Madison Square Garden em 1984. Em 1985, o Rock in Rio, o primeiro festival no Brasil, foi um incrível ponto alto. Tocar no Moscow Peace Festival foi um grande destaque porque foi uma inspiração para a 'Wind of Change'. Isso nos deu a oportunidade de fazer parte do 'The Wall' do Roger Waters em 1989 em Berlim. Então sermos convidados por Mikhail Gorbachev foi um momento excelente porque fomos a primeira banda de rock a ser convidada para o Kremlin. Ter uma conversa com Gorbachev em seu gabinete por 45 minutos. Trabalhar com a Orquestra Filarmônica de Berlim foi um momento de glória porque isso nos de a chance de tocar com uma das melhores orquestras do mundo. Eu acho que esta carreira, que termina em 2012, tem 40 anos desde que o 'Lonesome Crow' foi lançado. Neste caso a encerraremos com um final feliz com uma carreira excelente, uma jornada que foi feita ao redor do mundo. É fantástico".

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

A entrevista completa (em inglês) pode ser conferida em:
http://hardrockhaven.net/online/2010/rudolf-schenker/

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Dream Theater 2022


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Cinco clássicos do rock que foram regravados pela banda Calcinha Preta

Brasileiros fãs de Scorpions ficam noivos na frente da banda; veja vídeo

A banda de hard rock dos anos 1970 que é a queridinha de Xande de Pilares

Scorpions posta vídeo oficial de "Always Somewhere" ao vivo em 1979

Michael Schenker explica por que deixou o Scorpions e se juntou ao UFO

Túnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1984 é um ano vital para o metal

Copa do Mundo do Rock: uma banda de cada país que vai disputar a Copa do Catar

James Kottak está nos limites do vício, diz amigo do ex-baterista da banda Scorpions

Dia dos Namorados: 20 músicas românticas para ouvir ao lado de sua paixão headbanger

Klaus Meine caiu na gargalhada ao ouvir boato que liga CIA à balada "Wind Of Change"

Klaus Meine diz que significado da clássica "Wind Of Change" mudou

Cinquentão Scorpions conta o simples segredo da longevidade do grupo

Scorpions divulga lyric video de "The Language Of My Heart"; assista aqui

Scorpions anuncia tour do álbum "Rock Believer" com Whitesnake como convidado especial

Eddie Van Halen disse para Klaus Meine que Scorpions influenciou Van Halen

Scorpions: os álbuns da banda, do pior para o melhor

Mais ou menos: 10 discos de estreia que não são tão bons, em lista da Classic Rock

Scorpions: maior sucesso foi baseado em algo que nunca vai acontecer

Van Halen: o constrangedor encontro de Eddie com o Nirvana

A importância da revista Playboy na vida de alguns rockstars


Sobre Emanuel Seagal

Descobriu o metal com Iron Maiden e Black Sabbath até chegar ao metal extremo e se apaixonar pelo doom metal. Considera Empyrium e X Japan as melhores bandas do mundo, Foi um dos coordenadores do finado SkyHell Webzine, escreveu para outros veículos no Brasil e exterior, e sempre esteve envolvido com metal, seja com eventos, bandas, gravadoras ou imprensa. Escreve para o Whiplash! desde 2005 mas ainda não entendeu a birra dos leitores com as notícias do Metallica. @emanuel_seagal no Instagram.

Mais informações sobre

Mais matérias de Emanuel Seagal.