Zakk Wylde: o Reality Show acabou com o misticismo de Ozzy

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Victor Lira, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

Scott Mervis do Pittsburgh Post-Gazette recentemente conduziu uma entrvista com o frontman da banda BLACK LABEL SOCIETY Zakk Wylde.

Ozzy Osbourne: veja primeira performance do ano, ao lado de rapperBruce Dickinson: foi difícil evitar as drogas durante tours

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Lady Gaga:

Lady Gaga, ela é foda. Minha filha de 18 anos ama a Lady Gaga. E eu também acho que ela é incrível, porque você pode colocá-la atrás de um piano que ela vai tocar uma música. E é ela que escreve todas as coisas. Ela não é uma coisa fabricada, ela é uma artista legítima. Você pode colocá-la em um show unplugged ("acústico"). Já a Madonna não.

Sobre ter algum sentimento ruim após a saída da banda de OZZY OSBOURNE:

De jeito algum. É como meu pai que morreu em janeiro. A questão é que ele tinha 89 anos. E eu só agradeço ao bom Deus de ter-lhe dado 89 anos de vida. Você nunca pergunta, você sempre agradece. A coisa com Ozzy, se você se lembrar, sem turnê, o que eu acreditei ser a última turnê. Isso foi em 1991, cara. Eu estaria sozinho depois. E o Ozzy sempre disse 'Não fica por aí esperando por mim. Se você tiver uma oportunidade, use a fama que eu te dei para alguma coisa'. Para mim, sem o Ozzy, não teria Zakk Wylde ou o Black Label."

Sobre a inspiração para as suas letras:

Eu sou um cara do rock clássico, e eu acho que é muito bom quando você escuta um monte de letras, seja dos anos 70, 80 ou até 50. Tudo é sobre um cara pegando uma menina e curtindo. Depois toda veio toda aquela incrível cena Grunge. Eu lembro que os caras do SKYNYRD eram do tipo "Cara, qual era a dos anos 90? Vocês caras, todo mundo quer se matar"
Eu respondia 'É, mas as letras tem peso para eles, eles realmente queriam dizer alguma coisa.' Você nunca vai ficar sem material, seja ele de religião, guerra, ocultismo, pois as coisas que você lê sobre isso são tão interessantes. Tem camadas e mais camadas, não é simplesmente uma coisa preto e branco.

Sobre a possibilidade de uma das músicas do BLACK LABEL SOCIETY vir a se tornar um clássico como "Whole Lotta Love", "Back in Black" ou "Welcome to the Jungle":

Você nunca vai ter um 'Appetite for Destruction' de novo. Se saisse agora, seria legal, seria um ótimo álbum, mas ao invés de vender 17 milhões de cópias venderia 4. Eu quero dizer, quando chega o dia de estréia do seu álbum, já era, é isso. As pessoas baixam ele da internet e tudo mais. Eu não consigo entender. Se saísse algo com o Jimmy Page, Robert Plant e Jonh Paul Jones, eu compraria. Eu não iria baixa-lo. Não é como um álbum de 6,000 doláres. Vamos lá cara. Não consigo entender. Eu vou comprar. De quanto estamos tratando aqui, 14 doláres? É isso. Pela amor de Deus. Nós também poderíamos ir ao cinema sem pagar e ainda poderíamos roubar uma pipoca. É estúpido, cara."

Sobre a maneira com a qual os fãs interagem com seus ídolos em 2010:

Os caras do Zeppelin, Eles não ficam no twitter dos dias de hoje. Ou seria do tipo 'Meu Deus, estou escrevendo para o Randy Rhoads!' Para mim, é tudo bom. Um dos meus amigos disse 'É, mas o místico foi embora.' Seria um grande negócio se alguém conseguisse uma entrevista com o Jimmy Page pois agora ele vive em um castelo em Boleskine fazendo os rituais do Aleister Crowley. Tem misticismo aí. A única vez que você o viu foi na revista. Então quando você o visse no palco, seria isso cara. Ali teria o peso da coisa. Não teve um reality show. Eu digo, havia um misticismo em Ozzy. Agora, com aquele negócio de reality, não existe mais. Foi embora."




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Black Label Society"Todas as matérias sobre "Ozzy Osbourne"Todas as matérias sobre "Zakk Wylde"


Ozzy Osbourne: veja primeira performance do ano, ao lado de rapperOzzy Osbourne
Veja primeira performance do ano, ao lado de rapper

Ozzy Osbourne: é de Slash a guitarra da nova música - ouçaOzzy Osbourne
é de Slash a guitarra da nova música - ouça

Ozzy Osbourne: ouça Straight To Hell, mais uma nova música do MadmanOzzy Osbourne
Ouça "Straight To Hell", mais uma nova música do Madman

Ozzy Osbourne: ouça trecho bem pequeno de single que sai na sextaOzzy Osbourne
Ouça trecho bem pequeno de single que sai na sexta

Zakk Wylde: o riff que ele queria ter criado - e a música que ele nunca conseguiu tocarZakk Wylde
O riff que ele queria ter criado - e a música que ele nunca conseguiu tocar

Ozzy Osbourne: ele te convida para ir ao inferno e ouvir Straight To HellOzzy Osbourne
Ele te convida para ir ao inferno e ouvir "Straight To Hell"

Dio: ele e Ozzy não eram grandes amigos, mas se respeitavam muito, diz Wendy DioDio
Ele e Ozzy não eram grandes amigos, mas se respeitavam muito, diz Wendy Dio

Ozzy Osbourne: vestido de garçom sem calças para seduzir SharonOzzy Osbourne
Vestido de garçom sem calças para seduzir Sharon

Alta Fidelidade: Ozzy Osbourne anuncia "Ordinary man" e outras notíciasOzzy Osbourne: tour norte-americana com Marilyn Manson em 2020

Ozzy Osbourne: veja a entrevista para o Fantástico da TV GloboOzzy Osbourne
Veja a entrevista para o Fantástico da TV Globo

Sharon Osbourne: ela drogou Ozzy pra ele confessar a traiçãoSharon Osbourne
Ela drogou Ozzy pra ele confessar a traição


Bruce Dickinson: foi difícil evitar as drogas durante toursBruce Dickinson
Foi difícil evitar as drogas durante tours

Gosto duvidoso: As piores capas da história do Rock e Heavy MetalGosto duvidoso
As piores capas da história do Rock e Heavy Metal


Sobre Victor Lira

Aprendi a gostar de rock and roll aos 11 anos, sob influência do meu pai, rockeiro nato. Comecei ouvindo Led Zeppelin e Rush, mas me tornei um fissurado por Metal quando ouvi Dio. Hoje sou fã incondicional do Heaven & Hell e de Megadeth.

Mais matérias de Victor Lira no Whiplash.Net.

adGoo336