Ronnie James Dio: tributo, doações, shows e biografia

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nathália Plá, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar Correções  

Eric Blair do programa "The Blairing Out With Eric Blair Show" entrevistou Wendy Dio — esposa/empresária do lendário voclista de heavy metal Ronnie James Dio (HEAVEN & HELL, BLACK SABBATH, RAINBOW, DIO) — no evento Dimebash 2010 na noite de sexta-feira passada (29 de outubro), que foi realizado em honra do falecido, grande "Dimebag" Darrell Abbott (PANTERA, DAMAGEPLAN) no mundialmente famoso Key Club na Sunset Strip em West Hollywood, Califórnia. Você pode assistir a conversa na íntegra a seguir (em inglês), e ver alguns trechos traduzidos mais abaixo.

publicidade

publicidade

Sobre o fundo para o câncer "Stand Up And Shout" de Ronnie James Dio, que receberá uma doação de mais de 10.000 dólares levantada no Dimebash 2010:

Wendy: "Criamos o fundo porque queremos ter certeza de que se um garoto me desse 10 dólares, eles iriam para o lugar certo e não para o bolso de alguém. Então levantamos bastante dinheiro – mais de 300 mil dólares. Doamos 100 mil essa semana, na verdade, a T.J. Martell para pesquisa do câncer e especialmente para o câncer de colon e câncer de estômago. Estive com todos os pesquisadores e eles me convidaram para ir a Nashville sempre que eu quisesse ver exatamente aonde o dinheiro está indo. Estamos dando outros 100 mil ao M.D. Anderson [Centro de Câncer em Houston], que é o hospital onde Ronnie esteve, o centro de tratamento de câncer, e eles vão colocar em nome do Ronnie e isto será para pesquisa de câncer de estômago com o médico do Ronnie, o oncologista que o tratou – ele tem uma pesquisa em andamento para tentar encontrar uma cura para o câncer de estômago. Temos muitas coisas vindo por aí. Temos muitas guitarras que estaremos leiloando, guitarras autografadas de todo mundo, e vamos ter um grande leilão, provavelmente em março, na Christie's ou Sotheby's. Temos de levantar muito dinheiro nisso. Também vamos fazer um CD em tributo com amigos de Ronnie, que é basicamente todo mundo no mercado da música, e vamos fazer um show, provavelmente em outubro ou novembro do ano que vem – um em Nova Iorque, um em Londres e um em L.A."

publicidade

Sobre como serão os shows em tributo a Ronnie James Dio:

Wendy: "Acho que serão muitos amigos do Ronnie [se apresentando]. Eu já tenho algumas pessoas, mas não posso dizer agora, mas irei [anunciar] no início do ano [que vem]. Acho que serão só músicas do Ronnie sendo tocadas, permanecendo vivas, seu legado permanecendo vivo, [com] proventos para [a pesquisa do] câncer, para ajudar [a encontrar uma cura para] o câncer, e com os amigos dele. É apenas uma celebração da vida."

publicidade

Sobre o recente show em tribuo a Dio no festival High Voltage na Inglaterra com uma performance dos membros sobreviventes do HEAVEN & HELL ao lado de Glenn Hughes (DEEP PURPLE, BLACK SABBATH) nos vocais:

Wendy: "O Glenn Hughes é um de nossos melhores amigos, e foi muito emocionante para ele. Ele fez um ótimo trabalho e ele é uma pessoa maravilhosa e ele é um amigo maravilhoso. Ele também cantou no funeral e no memorial. Fizemos um funeral um dia antes [do memorial público], um particular, para a família, e ele cantou também."

publicidade

Sobre o CD e DVD ao vivo retrospectivo de Ronnie que está para sair:

Wendy: "Ronnie e eu formamos um selo musical Niji Entertainment Group, antes dele adoecer. E isso era uma das coisas que estávamos planejando fazer – lançar um monte de coisas. E nós demos uma olhada nas fitas da BBC [das apresentações de Dio nos festivais Monsters Of Rock/Castle Donington na Inglaterra]; fomos à BBC, tivemos de ter permissão deles [para lançar as gravações] da edição de 1983 [do festival de] Donington e da [edição] 1987. Ronnie foi e remasterizou com o engenheiro com quem ele sempre trabalhou, então ele na verdade é o produtor executivo desses CDs. Quando ele adoeceu ele deixou isso de lado, mas desde que ele faleceu, eu sei que era algo que ele queria fazer, então eu quero manter a música dele viva. E eu sei que ele estava muito feliz com a produção e com o som dela, então vai sair em 9 de novembro."

publicidade

Sobre a autobiografia de Ronnie James Dio que está para sair:

Wendy: "O livro está com três quartos dele escrito. Eu vou terminar. Já tenho negociei com uma editor. Tenho de terminar até junho, e vai sair no início de 2012."




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Lista: 11 bandas de rock e metal que nunca fizeram um álbum tão bom quanto o primeiroLista
11 bandas de rock e metal que nunca fizeram um álbum tão bom quanto o primeiro

Rob Halford: ele escolhe Ronnie James Dio como seu Deus do RockRob Halford
Ele escolhe Ronnie James Dio como seu "Deus do Rock"

TUPFS: Bruce Dickinson, Dio e Sammy Hagar, o passado que você precisa conhecer (vídeo)

Rainbow: 45 anos da mensagem alta e clara de Ritchie Blackmore, que marcou o rockRainbow
45 anos da mensagem alta e clara de Ritchie Blackmore, que marcou o rock

Lista: álbuns de rock e metal que são incontestáveis - Parte 2Lista
álbuns de rock e metal que são incontestáveis - Parte 2

Kerry King: com quem ele gostaria de subir ao palco mas nunca aconteceuKerry King
Com quem ele gostaria de subir ao palco mas nunca aconteceu

Dio: Ozzy e Ronnie sempre foram amigos, diz Wendy Dio em recente podcastDio
Ozzy e Ronnie sempre foram amigos, diz Wendy Dio em recente podcast


Dio: pena que tenha acabado assim, diz Vivian Campbell sobre relaçãoDio
"pena que tenha acabado assim", diz Vivian Campbell sobre relação

Dio: quando a potente voz dele fritou um microfone do Tenacious DDio
Quando a potente voz dele fritou um microfone do Tenacious D


Chris Cornell: ele não dava sinais de que se mataria, diz esposaChris Cornell
Ele não dava sinais de que se mataria, diz esposa

Slipknot: veja a evolução das máscaras de cada integrante da estreia aos dias atuaisSlipknot
Veja a evolução das máscaras de cada integrante da estreia aos dias atuais


Sobre Nathália Plá

Mineira de Belo Horizonte, nasceu e cresceu ouvindo Rock por causa de seu pai. O som de Pink Floyd e Yes marcou sua infância tanto quanto a boneca Barbie, mas de uma forma tão intensa que hoje escutar essas bandas lhe causa arrepios. Ao longo dos anos foi se adaptando às incisivas influências e acabou adquirindo gosto próprio, criando afinidade pelo Hard Rock e Heavy Metal. Louca e incondicionalmente apaixonada por Bon Jovi, não está nem aí pras críticas insistentes dirigidas à banda. Deixando a emoção de lado e dando ouvidos à técnica e qualidade musical, tem por melhores bandas, nessa ordem, BlackSabbath, Led Zeppelin, Deep Purple, Metallica e Dream Theater. De resto, é apenas mais uma apreciadora do bom e velho Rock'n'roll.

Mais matérias de Nathália Plá no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin