Matérias Mais Lidas

imagemBruno Valverde diz que preconceito contra ele veio mais da igreja do que dos metaleiros

imagemDez ótimas músicas do Iron Maiden escritas pelo agitado guitarrista Janick Gers

imagemRegis Tadeu se garante e não retira uma palavra do que disse sobre Di'Anno e Iron Maiden

imagemQuando Chorão, do Charlie Brown Jr, quase levou porrada do Rick Bonadio

imagemPaul Di'Anno detona Regis Tadeu após vídeo em que critica seu encontro com Iron Maiden

imagemA opinião de Herbert Vianna sobre a crítica musical e sua imagem de "bom moço"

imagemA inesperada música do Whitesnake que serviu de inspiração para "Carry On" (Angra)

imagem"A ingenuidade do fã do Iron Maiden é um negócio que beira o patético", diz Regis Tadeu

imagemA "traumática" e "desagradável" experiência de ser preso, segundo Arnaldo Antunes

imagemAC/DC: Angus Young recorda como fazia para ouvir rock em seus tempos de garoto

imagemThe Rolling Stones: 5 músicas para provar que Mick Taylor é um gênio

imagemNando Reis: Como falta de luz e jogo de cartas inspiraram arranjo de "Malandragem"

imagemGeezer Butler, Heavy Metal e a clássica canção do Black Sabbath inspirada por Jesus

imagemA dura crítica de Angus Young a Led Zeppelin, Jeff Beck e Rolling Stones em 1977

imagemRafael Bittencourt interpreta "Supera", de Marília Mendonça, com vocal da Malvada


Stamp

Ratt: Juan Croucier explica por que não aceita voltar

Por Nacho Belgrande
Fonte: Guitar International
Em 27/02/11

Rob Cavuoto, do site estadunidense Guitar International, publicou uma entrevista com o ex-baixista do RATT, Juan Croucier. O que segue abaixo é a tradução de um trecho:

Eu acho que a grande pergunta é por que você recusou a reunião com o RATT tantas vezes. Qual foi a decisão por trás disso?

Juan: "Sem querer jogar mais lenha na fogueira já existente, a gente simplesmente não conseguiu chegar a um acordo. Não é surpresa que tivemos muitos problemas dentro da banda, tal como abuso de álcool e várias questões pessoais. Então eu fui da opinião de que era uma coisa ter esses problemas quando você um jovem na casa dos vinte anos, mas é uma coisa totalmente diferente ter essas mesmas pendengas quando você está no meio dos quarenta.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Se pudermos fazer as coisas de maneira inteligente, como executivos respeitáveis, tratando um ao outro com respeito e tirando vantagem dessa coisa maravilhosa que nós criamos, então eu estou interessado. Quando mais negociávamos, mais eu vinha a ver que nada mudou. Pelo que você anda lendo na internet recentemente, é óbvio.

Apenas pra ser bem claro, eu não amaria nada mais do que estar no Ratt, vamos deixar isso muito, muito claro. Eu amo o que fizemos e tenho muito orgulho do que conseguimos. Eu ajudei a construir o Ratt. Por que eu iria querer abandonar algo tão bem-sucedido para tocar em bares em Hollywood pra doze pessoas? Eu estou sendo honesto aqui.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Eu adoraria estar fazendo discos e seguindo em frente. Mas com as personalidades envolvidas, simplesmente não podemos. A inteligência coletiva da banda não é tão alta. Isso é triste e eu odeio isso, mas é o que nos impediu de usar o RATT em todo seu potencial.

Tudo gira em torno de respeito mútuo e ter limites que você não passa porque vocês são adultos. E quando não há limites e não há respeito, e alguém pode apavorar pra cima de alguém por seja lá qual for o motivo, isso realmente estraga as coisas.

Eu tentei muito. Você não tem idéia do quanto. Por 10 anos, eu tentei. Depois de um tempo você simplesmente desiste. No fim das contas, é triste pros fãs. Eles só querem ver a banda pôr pra fuder. São os lances de bastidores que constrangem e ser parte daquilo é insuportável, se você tiver noção e uma mente sã."

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

A entrevista completa com Juan Croucier (em inglês) pode ser lida no seguinte link:
http://guitarinternational.com/2011/02/25/juan-croucier-interview-i-would-love-nothing-more-than-to-be-in-ratt-but/

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Paulo Baron: Empresário é recebido por Stephen Pearcy em sua casa


Ratt: a filha virgem oferecida pela mãe a Stephen Pearcy

Ratt: Pearcy compara banda ao Priest para justificar formação diferente


Axl Rose: "ele é um fracassado", diz mulher de Slash


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande.