Whitesnake: Doug Aldrich fala de Dio, Kiss e do novo álbum

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por João Renato Alves, Fonte: Blog Van do Halen
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 22/03/11. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

O guitarrista Doug Aldrich conversou com o SleazeRoxx.com e falou sobre o novo álbum do WHITESNAKE, “Forevermore”, além de relembrar outras passagens da carreira.

1091 acessosGene Simmons: "Homens são estúpidos", diz sobre assédio em Hollywood5000 acessosMorbid Angel: "banda satânica, eu jamais voltaria", diz Sandoval

A parceria com David Coverdale: David e eu temos uma grande química. Inicialmente, a idéia era que cada um mandasse as suas idéias, como foi no álbum anterior. Mas nós retomamos de onde tínhamos parado em “Good to Be Bad”. Foi algo bem orgânico e fácil. Mostro algo e ele continua, ou o contrário. Simplesmente acontece assim.

As influências do Whitesnake antigo na composição: Não pensamos muito nisso. Não sentamos e decidimos escrever uma balada que soe de certa forma. Seria uma maneira de podar a inspiração. Algumas faixas soam naturalmente como o Whitesnake clássico. Não fico pensando em fazer uma nova “Still of the Night” ou “Slide it In”. Não conseguiria fazer assim. Aliás, esse seria o conselho que daria para quem quer compor uma música: não se imponha limites, apenas deixe acontecer e veja no que deu.

As referências ao passado em “Forevermore”: Além do próprio Whitesnake, há aspectos de outras bandas que David e eu gostamos. Há uma influência de Rolling Stones em "I Need You (Shine A Light)". Já “Fare Thee Well” conta com uma vibração estilo Faces, assim como “Steal Your Heart Away”. Sou um grande fã de grupos como The Black Crowes, The Allman Brothers Band e um cara novo chamado Jonathan Tyler, que faz um som blueseiro, mas com uma pegada mais Heavy.

A audição com o KISS: Tinha me mudado para Los Angeles e tocava a cada duas semanas em um local chamado Gazzari. Conheci uma garota que dizia ser namorada de Eric Carr. Ela disse que eles procuravam um novo guitarrista e eu poderia me encaixar. Eric apareceu e me viu tocar. Cheguei a fazer jams com a banda três vezes, foi surreal. Tinha um estilo um pouco diferente do deles. Amo o KISS ainda mais agora que na época. Aquilo serviu como motivação para eu me tornar um músico ainda melhor.

Dio: Não estaria no Whitesnake se não fosse por Ronnie, ele me ajudou. Nos divertimos muito preparando o que seria Killing the Dragon. Esse disco serviu como um novo começo para a carreira dele. Depois, ele e Wendy me apresentaram a David. Ele ficou um pouco chateado quando resolvi me juntar integralmente ao Whitesnake, mas sempre me convidou para fazer participações em seus trabalhos. Éramos muito próximos. Estava fora do país quando ele faleceu, mas minha esposa e meu filho foram ao funeral e fizeram a nossa homenagem. Sinto muito sua falta, era um grande cantor e uma pessoa ainda melhor.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Gene SimmonsGene Simmons
Banido para sempre da Fox News por seu comportamento

1091 acessosGene Simmons: "Homens são estúpidos", diz sobre assédio em Hollywood57 acessosEm 16/01/1950: Nasce Bob Kulick (WASP, Kiss)1350 acessosKiss: unboxing do mega box set de Gene Simmons987 acessosKiss: irmãos Kulick fazem covers com banda de Slash em cruzeiro0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Kiss"

Paul StanleyPaul Stanley
"Rock and Roll Over foi uma decepção"

Corey TaylorCorey Taylor
"O sr. Gene Simmons precisa sair mais de casa"

KissKiss
A camisa comemorativa que não pode ser vendida

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Whitesnake"0 acessosTodas as matérias sobre "Kiss"0 acessosTodas as matérias sobre "Dio"


Morbid AngelMorbid Angel
"Banda satânica, eu jamais voltaria", diz Sandoval

BatmanBatman
10 razões pelas quais ele é Metal pra caramba

Dave MustaineDave Mustaine
"Joguei dois feitiços em pessoas, ambos funcionaram!"

5000 acessosHeavy Metal: Os 11 melhores álbuns dos anos 2000 segundo o Loudwire5000 acessosMaquiagem, spikes e sorrisos: conheça o Happy Black Metal5000 acessosPagando mico: 10 maneiras de ser expulso ou humilhado em um show5000 acessosZakk Wylde: "Dimebag criou uma nova forma de música"5000 acessosBon Jovi: sexo, drogas e... Jon Bon Jovi?5000 acessosDetonator: versão metálica do hit "Amor de Chocolate"

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.


Sobre João Renato Alves

27 anos, jornalista formado pela Universidade de Cruz Alta. Kissmaníaco inveterado, um verdadeiro apaixonado pela banda de Gene Simmons e Paul Stanley. Idolatra com quase a mesma paixão Queen, Van Halen e Black Sabbath. Aprecia desde o Rock dos anos 50 (Elvis, Little Richard, Chuck Berry, entre outros) e 60 (Beatles, Rolling Stones, The Who, Led Zeppelin...), Hard Rock dos 70's (AC/DC, Deep Purple, Alice Cooper...) e 80's (Mötley Crüe, Def Leppard, Europe, Talisman...), Metal Tradicional (Judas Priest, Dio, Ozzy...), NWOBHM (Iron Maiden, Saxon, Angel Witch...) e Thrash oitentista (Slayer, Destruction, Kreator...). Já teve um programa de rádio, chamado "Lavagem Cerebral", na Unicruz FM. Solteiro e seguidor das idéias de Gene Simmons em relação ao casamento.

Mais matérias de João Renato Alves no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online