Sammy Hagar: entrevista em rádio de Toronto (em inglês)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Nathália Plá, Fonte: Blabbermouth.net, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 13/03/11. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

O lendário roqueiro Sammy Hagar (CHICKENFOOT, VAN HALEN, MONTROSE) veio à clássica estação de rádio de rock de Toronto, Q107, na tarde de ontem, (sexta-feira, 11 de março) durante o programa apresentado Kim Mitchell (ex-MAX WEBSTER) para um bate papo e uma jam session. Veja abaixo imagens em vídeo da apresentação.

5000 acessosJoe Satriani: Quais lendas da guitarra não quiseram entrar no G3?5000 acessosAxl Rose: a primeira ficha policial aos 18 anos

A autobiografia de Hagar, "Red: My Uncensored Life In Rock" ("Vermelho: Minha vida sem censura no Rock", em tradução livre), sairá em 15 de março pela It Books, da HarperCollins Publishers.

Hagar fornece aos leitores incríveis histórias de bastidores de sua carreira multi-platinada, incluindo sua ascensão como artista solo e seus onze anos com o VAN HALEN, após a controvertida partida do vocalista original David Lee Roth. Durante o tempo de Hagar com o VAN HALEN, a banda lançou quatro álbuns que chegaram ao topo das paradas. De turnês mundiais com shows em estádios a jatinhos particulares, Hagar aproveitou a pompa da fama e sucesso com o VAN HALEN até que ele foi, como ele coloca, "demitido sem cerimônias". Hagar posteriormente prosperou como artista solo, liderando sua banda, os CABO WABOS, antes de retornar triunfantemente ao VAN HALEN para uma turnê de reunião histórica após a qual ele seguiu por conta própria novamente.

Honesta e convincente, o relato de Hagar não poupa ninguém, muito menos ele próprio. A autobiografia de Hagar revela a história interna de uma das vozes mais inconfundíveis do rock, de suas origens humildes na cidade de Fontaca, Califórnia a seu incrível sucesso nos negócios com a Cabo Wabo Tequila e as Cabo Wabo Cantinas. O livro teve co-autoria de Joel Selvin, escritor de longa data de música pop para o San Francisco Chronicle.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.


Joe SatrianiJoe Satriani
Saiba quais lendas da guitarra não quiseram entrar no G3

1234 acessosBlend Guitar: em vídeo, Eddie Van Halen Vs Joe Satriani0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Van Halen"

AC/DCAC/DC
Para Gene Simmons, banda pode seguir sem Brian Johnson

Passos do rockPassos do rock
Alguns dos mais famosos em gif animado

Van HalenVan Halen
O que deu errado na reunião com Hagar em 2004?

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Chickenfoot"0 acessosTodas as matérias sobre "Van Halen"0 acessosTodas as matérias sobre "Montrose"


Axl RoseAxl Rose
A primeira ficha policial aos 18 anos

SlashSlash
"Só dá para exceder até certo ponto"

EmoEmo
Gênero que todos amam odiar sem conhecer absolutamente nada

5000 acessosNamore um cara que goste de Metal5000 acessosFloor Jansen: "Eu não sou uma puta arrogante"5000 acessosKrisiun: "Edu Falaschi não viveu o underground"4871 acessosPunk: as 10 bandas mais influentes da história5000 acessosSala de Som: 5 discos pra começar a ouvir heavy metal5000 acessosHelloween: confira o alcance vocal de Andi Deris

Sobre Nathália Plá

Mineira de Belo Horizonte, nasceu e cresceu ouvindo Rock por causa de seu pai. O som de Pink Floyd e Yes marcou sua infância tanto quanto a boneca Barbie, mas de uma forma tão intensa que hoje escutar essas bandas lhe causa arrepios. Ao longo dos anos foi se adaptando às incisivas influências e acabou adquirindo gosto próprio, criando afinidade pelo Hard Rock e Heavy Metal. Louca e incondicionalmente apaixonada por Bon Jovi, não está nem aí pras críticas insistentes dirigidas à banda. Deixando a emoção de lado e dando ouvidos à técnica e qualidade musical, tem por melhores bandas, nessa ordem, BlackSabbath, Led Zeppelin, Deep Purple, Metallica e Dream Theater. De resto, é apenas mais uma apreciadora do bom e velho Rock'n'roll.

Mais matérias de Nathália Plá no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online