Iron Maiden em Curitiba: resenha Curitiba Tatuagem

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Joel Kesher
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 09/04/11. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Alguns esperaram uma vida inteira, outros esperaram 2 anos. Mas todos que estavam no show esperaram para ver novamente o IRON MAIDEN.

638 acessosHeavy Metal: os 10 melhores riffs dos anos noventa5000 acessosTwisted Sister: segundo Dee, "ser pobre e famoso é uma merda"

Era meio dia de uma terça-feira ensolarada, bonita, e o Expotrade já estava cheio de pessoas guardando seu lugar a fila de um dos shows mais esperados de Curitiba nesse ano. As pessoas que esperaram tanto tempo para ver a banda de perto e que não estavam na pista VIP tiveram uma infeliz surpresa ao ver a grande distância que separava a pista normal do palco.

Problemas na entrada com a autentificação dos ingressos femininos fizeram formar uma fila na entrada VIP, mas ainda assim não houve grandes problemas de organização.

Depois de um esquenta, finalmente o show. A pontualidade britânica não se encaixou dessa vez. 20:54 começou a tocar "Doctor, Doctor" que indicava o início do show. Faltando 2 minutos para as 21hrs a banda entra e mostra porque o IRON MAIDEN é uma das maiores bandas de Heavy Metal do mundo.

A dobradinha Satelite 15... The Final Frontier, El Dorado e 2 Minutes to Midnight botaram fogo no público. Ainda com o som meio desajustado e problemas no microfone, Bruce teve que sair algumas vezes do palco até que tudo estivesse de acordo com o esperado de um show da magnitude do IRON MAIDEN. Então vieram as primeiras palavras de Bruce com o público "Como estamos hoje Curitiba, tudo bem?" e o público não só respondia como urrava e ovacionava o multifuncional frontman.

O show seguiu com as longas The Talisman e Coming Home. Ao começar Dance of Death, o público se extasiou, entrou na penumbra obscura que permeia toca a canção. Mas o sossego durou pouco. The Trooper colocou o público novamente nos eixos do show e The Wicker Man veio para não deixar pedra sobre pedra.

Aqui, Bruce fez uma pausa para conversar um pouco com o público. Ele aproveitou e deu suas explicações sobre os problemas que aconteceram com as grades do show no Rio, falou que sentia muito mas que eles fizeram o possível para compensar o transtorno. Citou o Japão, que infelizmente teve uma catástrofe que impediu a banda de se apresentar lá e depois falou a respeito de todas as pessoas do mundo, que independente de credo, cor, raça ou país, formam um todo e enfatizou: Todos nós somos uma família. Mesmo não sendo irmãos de sangue, temos algo muito grande: temos a música. E aqui entrou Blood Brothers, seguida de When the Wild Wind Blows, melhor música do novo álbum, em minha humilde opinião.
Aqui o show entrou em seu clima de despedida. The Evil That Men Do, Fear of the Dark e Iron Maiden marcaram a saída da banda. Nesta última, finalmente apareceu o tão aguardado e futurista Eddie, que veio com câmera integrada e uma guitarra para levar o público a outro patamar de loucura. Logo em seguida, a banda voltou para tocar The Number of the Beast, Hallowed Be Thy Name, Running Free e finalmente finalizar o show.

Houve despedida, ficou aquele gostinho de quero mais e a ansiedade por uma nova oportunidade de ver a banda. Apesar de um show inferior ao Somewhere Back in Time que rolou na Pedreira, Iron Maiden sempre é Iron Maiden, e dessa vez, tivemos um show futurista, empolgante e que fará com certeza que mais pessoas mantenham erguida a bandeira Up The Iron ainda por muito tempo.

Veja mais em:
http://www.curitibatatuagem.com.br/?p=2802

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Iron MaidenIron Maiden
Show do Ghost é melhor, diz reportagem

638 acessosHeavy Metal: os 10 melhores riffs dos anos noventa452 acessosIron Maiden: Iron Maiden Ex Libris aborda as letras da donzela425 acessosThunderstick: ex-batera do Samson e Iron Maiden lançará novo disco0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Iron Maiden"

Iron MaidenIron Maiden
O pior momento de Bruce Dickinson no palco

Iron MaidenIron Maiden
Pelotão do Exército presta homenagem à banda

Iron MaidenIron Maiden
A Matter Of Life And Death é melhor álbum da década?

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Tatuagens"0 acessosTodas as matérias sobre "Iron Maiden"

Twisted SisterTwisted Sister
Dee Snider: "Ser pobre e famoso é uma merda"

DioDio
Escolhendo suas músicas de Heavy Metal/Rock favoritas

SlipknotSlipknot
Joey Jordison diz que foi demitido por telegrama cantado

5000 acessosBandas: Por que ninguém está indo a seus shows?5000 acessosAvenged Sevenfold: 10 músicas que podem fazer você mudar de idéia5000 acessosRamones - Perguntas e Respostas938 acessosLoudwire: em vídeo, os 10 maiores tumultos do rock e metal5000 acessosDave Mustaine: ele não é seu amigo só porque te respondeu no twitter5000 acessosInovação: conheça primeira guitarra feita inteiramente de titânio

Sobre Joel Kesher

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online