Matérias Mais Lidas

imagemA música do Raul Seixas com erro gramatical que parece um plágio mas é uma homenagem

imagemO arrependimento que David Bowie carregava em relação a Elvis Presley

imagemLed Zeppelin: O motivo pelo qual Jimmy Page não gosta de "All My Love"

imagemMetallica e as músicas fantásticas que sempre ficam escondidas nas playlists

imagemTitãs: como surgiu o título do hit "Bichos Escrotos", segundo Nando Reis

imagemSteve Grimmett não estava doente antes de morrer, diz esposa

imagemA reação do pai de Neil Peart quando ele se juntou ao Rush

imagemAntes do Led Zeppelin, Robert Plant tentou entrar em outra banda famosa

imagemA dura bronca dos Titãs em Nando Reis durante gravação de "Titanomaquia"

imagemRick Wakeman relembra época em que o Yes abria show para o Black Sabbath

imagemTestament está confirmado na edição brasileira do Summer Breeze, segundo jornalista

imagemDez clássicos do thrash metal que não foram gravados pelo "Big Four" - Parte I

imagemRolling Stones: Keith Richards compara tocar com Brian Jones, Mick Taylor e Ron Wood

imagemDavid Ellefson diz que ele e Mustaine são como "irmãos de mães diferentes"

imagemA reação de Stevie Ray Vaughan ao ouvir Jimi Hendrix pela primeira vez


2022/08/18
Stamp

Spotify: pessoas escondem verdadeiro gosto musical na net

Por Nacho Belgrande
Fonte: Site do LoKaos Rock Show
Em 07/10/11

Algo curioso aconteceu depois que o serviço SPOTIFY se integrou ao FACEBOOK: as pessoas se sentiram despidas! Elas limitaram seu compartilhamento, ou pior, se arrependeram de ‘compartilhar demais’, ainda que acidentalmente. O Spotify até inventou um upgrade de aplicativo nas coxas que permitiu aos usuários que desabilitassem seu sharing.

Não que o compartilhamento seja algo ruim – na verdade é ótimo, e uma grande parte do futuro. Mas o futuro provavelmente incluirá algum tipo de controle. E todo o lance de ‘perda de privacidade da playlist’ expôs algo: nós somos ouvintes diferentes quando os outros estão observando. Ou seja, nós escondemos certas playlists, nós mostramos outras. Nós fingimos que somos mais ecléticos do que realmente somos, nós nos fazemos de menos esquisitos (ou pagamos de mais esquisitos).

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Na verdade, há pesquisas que corroboram com isso. Em março passado, o Instituto de Tecnologia da Informação de Helsinki (HIIT) conduziu um pequeno estudo sobre isso aliado ao site Last.fm. E eles concluíram que as pessoas – em especial as pessoas mais jovens – não necessariamente mentem sobre seu gosto musical, elas apenas ESCONDEM certas coisas e ESCANCARAM outras.

Afinal, é de sua imagem que estamos falando. "Os pesquisadores descobriram que as pessoas querem controlar a imagem que seus perfis online dão delas, especialmente quando a execução de músicas é publicada automaticamente," noticiou a revista científica Science Daily.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Mas esse é um grande campo para evolução, há infinitas nuances e situações específicas para se levar em consideração. Por exemplo, o que acontece quando estamos ouvindo músicas que não necessariamente gostamos, ou estamos simplesmente dando uma olhada numa amostra? Isso deveria representar seu ‘gosto musical’? "Quando um serviço online publica informação comportamental automaticamente, é importante dar aos usuários uma chance de expressa e explicar o significado de suas ações," disse o pesquisador Lassi A. Lilikkanen. "Ouvir a uma canção não necessariamente significa que alguém gosta dela – ou quer ser conhecido como o tipo de pessoa que gosta."

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

2022/07/09


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Gibson: os 50 melhores covers da história do rock

Nirvana: Dave Grohl comenta sobre o funeral de Kurt Cobain


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande.