Matérias Mais Lidas

imagemBill Hudson diz que tatuagem pode ter sido entrave para entrar no Megadeth

imagemO que mais impede Kiko Loureiro de voltar ao Angra? (Não tem nada a ver com o Megadeth)

imagemBeatles: Paul McCartney conta a história por trás de "Ob-La-Di, Ob-La-Da"

imagemMarcos Mion conta história de encontro (e manjada) com Bon Jovi no banheiro

imagemAutor de "God Save The Queen", Johnny Rotten diz que sente orgulho da Rainha Elizabeth

imagemHumberto Gessinger faz símbolo do "L" do Lula com a mão em show e fãs vibram

imagemA curiosa opinião de Ozzy sobre cover do Metallica para "Sabbra Cadabra"

imagemOzzy Osbourne revela o único integrante de sua banda que saiu "do jeito certo"

imagemEdgard Scandurra, do Ira!, explica atual sumiço do rock nas rádios brasileiras

imagemO erro geográfico na letra de "All Star", música que Nando Reis fez para Cássia Eller

imagemIan Gillan conta como foi sua primeira saída do Deep Purple, em 1973

imagemQueen e a artimanha infantil de Roger Taylor pra ganhar mais dinheiro que os outros

imagemBruce Dickinson diz o que o surpreendeu quando retornou ao Iron Maiden

imagemMarcello Pompeu, em busca de emprego, pede ajuda a seguidores

imagemMark Knopfler e o peso da vida de um artista em turnê, por Regis Tadeu


Stamp

Behemoth: ser cristão e curtir metal é esculhambado e louco

Por Nacho Belgrande
Fonte: Playa Del Nacho
Em 25/04/12

O frontman do BEHEMOTH, NERGAL – ou Nergie Nerg, como os detratores o chamam – manifestou-se sobre a relação entre o Cristianismo e o Metal em uma entrevista para o jornal estadunidense LA WEEKLY em abril de 2012. Não chega a surpreender que ele não seja ‘chegado’ que haja alguma.

"Todo mundo tem suas razões para se envolver com o Metal," disse Nergal ao LA Weekly. "Pra mim, foi o espírito de revolta, a atitude e a filosofia de vida dessa música. Ser cristão nesse gênero parece ser contra isso. Há pessoas religiosas no Metal com as quais lidamos. Isso é esculhambado e louco a meu ver. Mas eu tenho certeza de que quando você conversa com Dave Mustaine, ele lhe dará o outro lado da situação."

"Há pessoas que são grandes fãs do Behemoth, mas quando você olha pra seus códigos e filosofias de vida, elas estão do outro lado do muro, ainda que gostem da música que fazemos," ele emenda. "O maior elogio que eu posso receber é de pessoas que nos assistem e não tem noção do que fazemos, ou tem opiniões opostas às nossas, mas elas falam sobre como nossa energia é inegável."

Comente: Você vê algum problema em quem é cristão e fã de metal ao mesmo tempo?

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

PRB
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp




Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande.