Sodom: review de show em São Paulo no Rockexpress

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Edu Lawless
Enviar Correções  

Desde 2008 sem a visita deles, recebemos os alemães do SODOM com a tour do disco "In War and Pieces", que também é considerada a tour de comemoração aos 30 anos da banda. Para a abertura da festa contamos com duas bandas Brasileiras, Machinage e Red Front, ambas impecáveis e à altura do significado do festival.

publicidade

Começamos com a galera do Machinage por volta das 17:30. Além da carga de ter que abrir um show para uma banda velha de guerra, eles ainda estavam lançando o seu debut "It Makes Us Hate". Este peso da responsabilidade foi passado para o público que respondeu à altura e curtiu e agitou o show todo.

Como momento especial, foi chamado ao palco Antônio Araújo do Korzus para tocar a música "Next Victim". Foi animal, mas ficou a sensação da falta de um show mais longo para mostrar todo o potencial da banda.

publicidade

Em seguida subiu ao palco os raivosos do Red Front. Como eles haviam sido finalistas do Wacken Metal Battle, então a expectativa para um show extraordinário era enorme. Quando começou o show foi visivel porque chegaram à final: os caras são muito bons. Mandando um Thrash Metal forte e sem dó, sangraram os ouvidos do publico presente. Um dos momentos descontraídos foi o lançamento do boneco de um integrante do Restart (leia-se, colorido) ao publico durante a música "Killer". Ao final dos shows foi possível ver a destruição com todo o material usado na confecção do pobre boneco por todos os cantos da casa, inclusive nos holotes de iluminação.

publicidade

Para finalizar usaram a tradicional "Wall of Death" na música "Circle of Hate", mas contando com o guitarrista Oscar que desceu no meio da pista para organizar a bagaça e tocar a música direto do chão da casa. Pronto, após estas duas incríveis bandas estavamos prontos para o Sodom.

Por último, dispensando qualquer apresentação, SODOM!!! Estes alemães tem mais tempo de Heavy Metal que muito dos presentes na casa, mostrando o quão importantes são para a cena.

publicidade

Tocando um som que não é enlatado e atravessa gerações, apresentaram músicas de sua carreira e algumas de seu novo lançamento "In War and Pieces". Ok, ele é datado de 2010, mas como a banda não nos visita desde então é considerada a tour deste álbum. Mas quem se importa?

Além dos clássicos de sua carreira, também tocaram dois covers: "Surfin' Bird" do Trashman, como visto no álbum "M-16", e "Iron Fist" do Motörhead presente no álbum "Persecution Mania" de 1987. Ao final do evento foi possível ver os rostos felizes de quem deixava o Carioca Clube naquela noite. Se algo não foi bom foi o tempo total de show. Nem todas músicas do set da turnê foram tocadas, mas tudo bem: o show compensou!

publicidade

Para galeria de fotos e set list de todas as bandas acesse
http://www.rockexpress.net.br




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Wonder Years: O soundtrack do grande sucesso de público e críticaWonder Years
O soundtrack do grande sucesso de público e crítica

Led Zeppelin: por que Robert Plant não gosta de cantar Stairway to Heaven?Led Zeppelin
Por que Robert Plant não gosta de cantar "Stairway to Heaven"?


Sobre Edu Lawless

Editor e criador do site Rock Express, que deu asas ao grande desejo de escrever e viver um pouco mais intensamente o mundo do Rock. A filosofia é a vertente do Hard Rock - Sexo & Rock - e a ideologia é sempre escrever sua própria matéria e continuar Fotografando e Animalizando...! Keep rockin' dudes!!! \,,/

Mais matérias de Edu Lawless no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin