Vivian Campbell: fãs apóiam retorno da banda Dio?

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nathália Plá, Fonte: blabbermouth.net, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

O Ex-guitarrista do DIO e atualmente no DEF LEPPARD, Vivian Campbell, revelou semana passada que está planejando unir forças com os outros três membros originais do DIO para "fazer alguns shows" em que os músicos apresentarão material dos primeiros discos do DIO em que Campbell teve participação. Campbell, Vinny Appice (bateria), Jimmy Bain (baixo) e Claude Schnell (teclado) serão acompanhados por Andy Freeman, que liderou anteriormente o HURRICANE e LYNCH MOB.

Foo Fighters: Dave Grohl considera Holy Diver um dos melhores álbuns de todos os temposSteve Vai: as 10 melhores faixas de guitarra na opinião dele

Em uma postagem recente em sua página no Facebook, Vivian escreveu, "Apesar de alguns terem discordado, fico feliz que a maioria de vocês apoia meus planos de tocar com a banda original do DIO. Contudo, enquanto isso, tenho afazeres com o DEF LEP pois estamos esquentando os motores para a turnê de fim de ano. Os ensaios começam em apenas duas semanas e estamos com tudo!"

Campbell e Ronnie James Dio trabalharam juntos nos três primeiros álbuns do DIO, "Holy Diver", de 1983, "The Last in Line", de 1984 e "Sacred Heart" de 1985 - antes do irlandês sair para entrar para o WHITESNAKE em 1987. A relação entre eles depois disso azedou, para dizer o mínimo.

"Na minha opinião, o Vivian não tinha mais o mesmo compromisso com a banda que ele tinha no início", Ronnie disse um pouco antes de sua morte em maio de 2010. "Ele era - e continua sendo - um excelente guitarrista. Eu nunca perdi de vista o quão bom ele era como músico, mas como pessoa... Bem, ele não estava mais no mesmo lugar que o resto de nós. Isso me chateou imensamente. Quando você tem quatro pessoas se esforçando ao máximo para dar o seu melhor e uma pessoa está claramente se segurando, isso cria um desconforto. Muitas coisas negativas foram ditas desde então tanto pelo Vivian quanto por mim... Agora eu me arrependo de algumas dessas coisas. Tenho certeza que ele também."

Falando para a edição de maio de 2012 da revista britânica Metal Hammer, que trouxe uma matéria de seis páginas sobre o DIO, Bain falou sobre a saída de Campbell do grupo, "O Viv não fez nada que justificasse sua saída da banda, o que ainda é considerado uma covardia. Para mim, mandar o VIV embora foi o maior erro da carreira do Ronnie. O problema poderia ter sido facilmente resolvido se o Ronnie e a Wendy [Dio, empresária da banda e esposa de Ronnie] assim desejassem."

Vinny também lamenta a saída de Vivian, apesar de ser mais diplomático em seus comentários sobre a situação.

"O Viv não estava satisfeito com a parte commercial da banda, e musicalmente queria buscar outras coisas", disse Vinny. "Se ele estivesse satisfeito com os negócios, era fim de papo, ele provavelmente teria ficado e feito mais alguns discos conosco. Tínhamos uma banda ótima e bem sucedida com o Viv, e foi um infortúnio mudar os ingredientes."

Bain também acha que o DIO estava em declínio na época em que a banda lançou o "Sacred Heart".

"O DIO podia ter ficado melhor a cada álbum, mas o que aconteceu foi o contrário", disse Jimmy à Metal Hammer. "A produção estava indo por água abaixo com os teclados, e as músicas não eram tão boas porque estava ficando cada vez mais difícil satisfazer a necessidade do Ronnie de complicar os arranjos e a estrutura."

Bain, Campbell, Appice, Schnell e Freeman "fizeram alguns ensaios" semana passada e "o som ficou ótimo", disse o baixista.

Ele acrescentou, "Ouvir o Vivian tocando essas músicas de novo foi incrível. Ele está querendo muito isso, e o entusiasmo dele nos contagiou."

"O Andy não é o Ronnie. Como poderia ser? Mas o que ele faz traz o próprio toque dele nos vocais."

"Nossa meta é fazer alguns shows por volta de novembro, concentrado nos dois primeiros álbuns do DIO. Vai ser ótimo voltar ao palco com esses caras pela primeira vez em tanto tempo."

Em uma entrevista em maio de 2011 para a revista brasileira Roadie Crew, Wendy Dio fez declarações sobre a controvérsia em torno da relação de Ronnie com Campbell (em uma entrevista em 2003 Viviam chamou Ronnie de "um péssimo homem de negócios e, mais importante, uma das pessoas mais vis na indústria".), "[Vivian] sempre disse que ele odiava todos os álbuns em que ele tocou com o Ronnie, e isso magoava muito o Ronnie. Magoava muito. Você gostaria que alguém falasse algo do tipo sobre seus álbuns? Ele falou muitas coisas para a imprensa que eu não quero mencionar, porque não foi uma briga que o Ronnie comprou. O Ronnie não mandou ele embora. Eu mandei [o Vivan]. Ele queria dinheiro tanto quanto o Ronnie. Ele achava que ele era tão importante quanto o Ronnie, e isso era errado. Mas não quero falar nisso. São águas passadas. Não tem importância".

Abaixo, formação original do DIO se apresentando ao vivo em 1984.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Dio"Todas as matérias sobre "Vivian Campbell"


Foo Fighters: Dave Grohl considera Holy Diver um dos melhores álbuns de todos os temposFoo Fighters
Dave Grohl considera Holy Diver um dos melhores álbuns de todos os tempos

Kerrang!: os maiores mascotes do Heavy MetalKerrang!
Os maiores mascotes do Heavy Metal

Geezer: grande parte da minha vida se foi com RonnieGeezer
Grande parte da minha vida se foi com Ronnie

Dio: de onde ele tirou os tais chifres do Heavy Metal?Dio
De onde ele tirou os tais "chifres" do Heavy Metal?


Steve Vai: as 10 melhores faixas de guitarra na opinião deleSteve Vai
As 10 melhores faixas de guitarra na opinião dele

Rachel Sheherazade: cantando Iron Maiden com o Ultraje A Rigor no The NoiteRachel Sheherazade
Cantando Iron Maiden com o Ultraje A Rigor no The Noite


Sobre Nathália Plá

Mineira de Belo Horizonte, nasceu e cresceu ouvindo Rock por causa de seu pai. O som de Pink Floyd e Yes marcou sua infância tanto quanto a boneca Barbie, mas de uma forma tão intensa que hoje escutar essas bandas lhe causa arrepios. Ao longo dos anos foi se adaptando às incisivas influências e acabou adquirindo gosto próprio, criando afinidade pelo Hard Rock e Heavy Metal. Louca e incondicionalmente apaixonada por Bon Jovi, não está nem aí pras críticas insistentes dirigidas à banda. Deixando a emoção de lado e dando ouvidos à técnica e qualidade musical, tem por melhores bandas, nessa ordem, BlackSabbath, Led Zeppelin, Deep Purple, Metallica e Dream Theater. De resto, é apenas mais uma apreciadora do bom e velho Rock'n'roll.

Mais matérias de Nathália Plá no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336