Metallica: James Hetfield ansioso com o próximo disco

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nathália Plá, Fonte: blabbermouth.net, Tradução
Enviar Correções  

(Nota do editor: um trecho desta entrevista já foi publicado anteriormente).

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Dan DeLuca do Philadelphia Inquirer entrevistou recentemente o frontman do METALLICA, James Hetfield. Seguem alguns trechos da conversa.

Philadelphia Inquirer: O METALLICA se expos expressamente contra o Napster quando se iniciou a revolução de compartilhamento de arquivos no fim dos anos 90, e vocês foram difamados por isso. Como vocês encaram isso agora?

Hetfield: Acho que todo mundo se equivocou, desde as pessoas que inventaram a tecnologia até as gravadoras, passando pelos artistas. Acho que as gravadoras deviam ter adotado a tecnologia ao invés de dar as costas a ela, pensando que eram intocáveis, o que obviamente inflamou ainda mais esses jovens gênios da computação que estavam inventando essa tecnologia incrível. Digo, eles foram até eles, e as gravadoras e eles foram afrontados. Então o artista acabou, na minha opinião, pagando o pato por causa desse confronto... Acho que fizemos a coisa certa naquele momento. Ainda acho que furtar é errado. É um dos 10 mandamentos: Não roubarás. Apesar de não ser tão simples assim, sempre se voltará a isso. O Lars [Ulrich, baterista do METALLICA] correu o risco. Poderiamos ter tido um monte de artistas vindo e dizendo "Graças a Deus vocês estão se defendendo", "Vá lá e pega eles". Mas assim que os convocamos para dar um apoio, eles se esconderam e nós ficamos sozinhos.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Philadelphia Inquirer: Você se arrepende do tamanho da acessibilidade que você deu aos cineastas no "Some Kind Of Monster", que foi feito quando você estava na reabilitação?

Hetfield: Não. Achamos que devíamos mostrar as coisas de uma forma que você algo em que pudéssemos confiar. Foi simplesmente revelador. Não sabíamos o que estávamos fazendo. Eu estava como um pedaço de carne crua andando por aí. Eu não sabia o que tinha acontecido na minha vida. Sou grato por ter sido capturado.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Philadelphia Inquirer: Quando sai o próximo disco do METALLICA?

Hetfield: Diga-me você. Eu não sei. Estamos compondo aqui e acolá, fazendo turnê, tocando em festivais. Estou ansioso para fazer o próximo disco. Mas não sei quando será.

Leia a entrevista na íntegra no Philadelphia Inquirer:
http://www.philly.com/philly/entertainment/159907005.html

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Lindo Demais: conheça o London, o primeiro smartphone da MarshallLindo Demais
Conheça o London, o primeiro smartphone da Marshall

Metal Moderno: 5 bandas aptas a se tornarem clássicasMetal Moderno
5 bandas aptas a se tornarem clássicas


Sobre Nathália Plá

Mineira de Belo Horizonte, nasceu e cresceu ouvindo Rock por causa de seu pai. O som de Pink Floyd e Yes marcou sua infância tanto quanto a boneca Barbie, mas de uma forma tão intensa que hoje escutar essas bandas lhe causa arrepios. Ao longo dos anos foi se adaptando às incisivas influências e acabou adquirindo gosto próprio, criando afinidade pelo Hard Rock e Heavy Metal. Louca e incondicionalmente apaixonada por Bon Jovi, não está nem aí pras críticas insistentes dirigidas à banda. Deixando a emoção de lado e dando ouvidos à técnica e qualidade musical, tem por melhores bandas, nessa ordem, BlackSabbath, Led Zeppelin, Deep Purple, Metallica e Dream Theater. De resto, é apenas mais uma apreciadora do bom e velho Rock'n'roll.

Mais matérias de Nathália Plá no Whiplash.Net.

Cli336 Cli336 Cli336 Cli336