Rock & Roll e a 7ª Arte: casamento de sucesso

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Cauê Del Valle
Enviar Correções  

Uma das melhores duplas da história com certeza é o Rock & Roll e a 7ª Arte. Grandes clássicos do cinema foram eternizados por suas trilhas sonoras e muitas músicas se tornaram clássicos devido ao cinema. Uma das nossas principais referências quanto ao assunto é Easy Rider (No Brasil: Sem Destino) de 1969 filme que conta a história de dois amigos motociclistas, viajando pelo sudoeste dos Estados Unidos. O filme se baseia na liberdade expressa na contra-cultura da época, tal como o nascimento e fim do movimento hippie, o uso de drogas e estilo de vida naturalista. A Trilha do filme é repleta de grandes clássicos, mas Born To Be Wild (Steppenwolf), embala a cena mais marcante. Outros destaques ficam por conta de "Wasn't Born to Follow" do The Byrds, "If 6 Was 9" do Jimi Hendrix Experience, e de "It's Alright Ma (I'm Only Bleeding)" de Bob Dylan e "Ballad of Easy Rider" de Dylan e Roger McGuinn ambas interpretadas por McGuinn.

Eagles: o significado da clássica "Hotel California"

Bandas Novas: 10 coisas que vocês jamais devem dizer no palco

Outros clássicos do cinema se eternizaram por suas trilhas:

- Woodstock (1970)
- Hair (1979)
- A Encruzilhada (Crossroads, 1986)
- Curtindo a Vida Adoidado (Ferris Bueller’s Day Off, 1986)
- Forrest Gump, o contador de histórias (1994)
- Quase Famosos (Almost Famous, 2000)

Recentemente foi anunciado que Sacha Baron Cohen, conhecido pelos personagens Borat e Brüno, interpretará Freddie Mercury na cinebiografia do ex-vocalista da banda inglesa Queen. Mercury morreu no dia 24 de novembro de 1991, vítima da AIDS. É considerado pelos críticos, como um dos melhores cantores de todos os tempos e uma das vozes mais conhecidas do mundo. Como compositor, Mercury compôs vários sucessos para o Queen, tais como "Bohemian Rhapsody", "We Are the Champions" e "Love Of My Life". Brian May, Roger Taylor e John Deacon, permitiram que os direitos autorais de suas músicas sejam usadas no filme. O lançamento está previsto para 2014, o roteiro já começou a ser escrito.

"Freddie Mercury foi um artista inspirador. Com Sacha no papel principal, o roteiro de Peter (Morgan) e o apoio do Queen nós temos a combinação perfeita para contar a história por trás deste sucesso", declarou o produtor Graham King ao site Deadline Hollywood.




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Eagles: o significado da clássica Hotel CaliforniaEagles
O significado da clássica "Hotel California"

Bandas Novas: 10 coisas que vocês jamais devem dizer no palcoBandas Novas
10 coisas que vocês jamais devem dizer no palco


Sobre Cauê Del Valle

Desde 1994 na estrada! Paulistano, boêmio, estudante e agnóstico. Escrever sempre foi algo presente, escrever sobre música e grandes ídolos têm se tornado cada vez mais sua possivél profissão. Música? Sim, desde a trilha sonora daquele filme de infância até a que lembre um bom momento. Devoto de Janis Joplin, AC/DC, Johnny Cash e Motörhead, mas vamos acrescentar doses de Blues, R&B, Southern, Punk, N.W.O.B.H.M., Hard Rock, Thrash, Crossover, Progressivo, Country entre outras. Mais detalhes não posso dar, como diria Erasmo: "tenho que manter minha fama de mau." Mas ser surpreendido, ter bons amigos e Rock & Roll ao fundo, essa é a receita.

Mais matérias de Cauê Del Valle no Whiplash.Net.

adWhipDin adWhipDin