Business: como uma gravadora descobre uma banda?

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar Correções  

publicidade

Isso foi postado recentemente por Jimmy Swan, proprietário do Executive Music Group, sediado em Dallas. O ERG é distribuído pelo INGrooves Fontana, e sua carteira inclui clientes como o Jamiroquai, 12 Stones, Alien Ant Farm e Kleo Thomas.

"Como executivo de uma gravadora, me pedem para ouvir a bandas o tempo todo. Devo sugerir algo, lembrem-se de que a maioria das gravadoras não quer saber de uma banda, elas querem achar uma banda. Então se elas não querem que você mande suas músicas e informações, como é que elas contratam bandas??

publicidade

É realmente muito simples, pra ser franco com você. O segredo [além de não ser uma merda, não ser quebrado e ter um número considerável de seguidores] é… Esteja aberto a ser amigo dos outros artistas da gravadora!!! É isso… nós confiamos em nossas bandas e se elas nos pedem que escutemos, nós geralmente o fazemos. Entre elas e um advogado, nós contratamos a maioria de nossas bandas. Estou apenas sendo honesto aqui porque eu ouço a mais ou menos zero das centenas de demos semanais que eu recebo de gente desconhecida. Só comentando."

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Povo compra, mas não ouve: fim da moda do vinil pode estar pertoPovo compra, mas não ouve
Fim da moda do vinil pode estar perto

Lojas de Discos: a desgraça e o calvário de se trabalhar em umaLojas de Discos
A desgraça e o calvário de se trabalhar em uma


Edu Falaschi: os dez vocalistas brasileiros preferidos deleEdu Falaschi
Os dez vocalistas brasileiros preferidos dele

Slayer: Kerry King fala sobre sua relação com religiõesSlayer
Kerry King fala sobre sua relação com religiões


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin