Destruction: problemas e show adiado em Curitiba

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Seguir Whiplash.Net

Por André Molina
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 30/01/13. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

O grupo DESTRUCTION esteve ontem (29/01) na renomada boate curitibana Yankee para fazer show da turnê de comemoração de seus 30 anos. Por falta de estrutura a apresentação foi remarcada para hoje, quarta-feira. A banda consolou seus fãs com uma sessão de autógrafos. Foi a alternativa encontrada pelos organizadores da festa para amansar cerca de 400 pessoas que esperavam o show da banda. “É triste esta situação. Eu vim de Blumenau para assistir o show do Destruction e vou ter que voltar. Uma sessão de autógrafos não resolve o problema”, disse um fã que não quis se identificar.

4417 acessosMetal Hammer: As 22 melhores músicas old-school do Thrash Metal5000 acessosNX Zero: "Nossa cena foi o último movimento de rock relevante"

O que deveria ser o espetáculo começou com show de abertura da banda curitibana, Imperious Malevolence, que demonstrou competência com seu death metal. Ninguém esperava que a qualidade do som, após o show de abertura fosse desandar para o início do show do Destruction. O técnico de som chegou a comentar que não haveria condições de iniciar a apresentação. "Não é culpa da casa, mas os técnicos devem arrumar este som, pois deste jeito não poderá continuar", disse o técnico. A expectativa é de que o show aconteça nesta quarta.

Problemas ocorriam desde antes, quando a banda chegou ao hotel no fim da tarde da segunda-feira. Considerando que o estabelecimento não era adequado, o líder e vocalista da banda, Marcel Schmier, exigiu a mudança de hotel. O fato atrasou duas horas a sessão de autógrafos que estava marcada no dia com os fãs na loja “Túnel do Rock”, localizada no centro de Curitiba. Os fãs demonstraram paciência e esperaram a banda, que só chegou duas horas depois.

NOTA DO EDITOR: assista abaixo a explicação sobre o adiamento.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Seguir Whiplash.Net

Metal HammerMetal Hammer
As 22 melhores músicas old-school do Thrash Metal

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Destruction"

DestructionDestruction
Schmier fala sobre religião, sexo, Metal, downloads...

Thrash MetalThrash Metal
Os 10 melhores discos do século 21, segundo o Loudwire

Kai HansenKai Hansen
Escolhendo as dez maiores bandas de metal da Alemanha

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Destruction"


NXZeroNXZero
"Nossa cena foi o último movimento de rock relevante"

MetallicaMetallica
Registro de encontro com uma fã muito especial

Top 10 GuitarristasTop 10 Guitarristas
Matéria empolgada no Jornal da Globo

5000 acessosBruce Dickinson: curiosidades sobre a voz por trás do Iron Maiden5000 acessosRobert Plant: "quase saí do Led quando meu filho morreu"5000 acessosSebastian Bach: descrevendo o horror de urinar com Phil Anselmo3190 acessosWhitesnake: "Fool For Your Loving" foi composta para B.B.King5000 acessosBeatles: tocando "Stairway To Heaven" no YouTube?5000 acessosAxl Rose: pedindo punição para policial que assassinou cão

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 30 de janeiro de 2013


Sobre André Molina

André Molina é jornalista, economista e começou a ouvir heavy metal ainda quando era criança. Tem 30 anos de idade e Rock 'n' Roll é sua religião.

Mais matérias de André Molina no Whiplash.Net.