Matérias Mais Lidas

Megadeth: Billy Sheehan diz o que responderia caso fosse chamado a substituir EllefsonMegadeth
Billy Sheehan diz o que responderia caso fosse chamado a substituir Ellefson

Ace Frehley: por que ele está no nível de Van Halen e Hendrix, segundo Jay Jay FrenchAce Frehley
Por que ele está no nível de Van Halen e Hendrix, segundo Jay Jay French

Kiko Loureiro: a música que ele mais sofreu para aprender a tocar na guitarraKiko Loureiro
A música que ele mais sofreu para aprender a tocar na guitarra

Krisiun: Vocal do Satyricon é um cuzão, racista, me seguraram pra não bater neleKrisiun
"Vocal do Satyricon é um cuzão, racista, me seguraram pra não bater nele"

Titãs: banda usa as redes sociais para se posicionar contra BolsonaroTitãs
Banda usa as redes sociais para se posicionar contra Bolsonaro

Deep Purple: a reação impagável de Joe Satriani ao ser chamado para tocar com elesDeep Purple
A reação impagável de Joe Satriani ao ser chamado para tocar com eles

Sepultura: garotada com vocalista de 9 anos grava Roots Bloody RootsSepultura
Garotada com vocalista de 9 anos grava "Roots Bloody Roots"

AC/DC: Axl Rose atrasava para os shows com a banda? Chris Slade respondeAC/DC
Axl Rose atrasava para os shows com a banda? Chris Slade responde

Kiss: sem dinheiro, nada feito; por que Peter Criss não se envolveu no documentário?Kiss
Sem dinheiro, nada feito; por que Peter Criss não se envolveu no documentário?

Metallica: o que James Hetfield pensa da bateria de Lars Ulrich?Metallica
O que James Hetfield pensa da bateria de Lars Ulrich?

Guns N' Roses: em 1988, as críticas de Axl Rose a bandas como Kiss e Iron MaidenGuns N' Roses
Em 1988, as críticas de Axl Rose a bandas como Kiss e Iron Maiden

Helloween: a música do novo álbum que foi diretamente inspirada por Dr. SteinHelloween
A música do novo álbum que foi diretamente inspirada por "Dr. Stein"

Helloween: Weikath fez as pazes com Andre Matos, que os achava escrotos e arrogantesHelloween
Weikath fez as pazes com Andre Matos, que os achava "escrotos e arrogantes"

Judas Priest: por que eles não fizeram o mesmo sucesso que o Iron Maiden, segundo K.K.Judas Priest
Por que eles não fizeram o mesmo sucesso que o Iron Maiden, segundo K.K.

Pitty: cantora publica foto nua na internet e bate recorde de curtidasPitty
Cantora publica foto nua na internet e bate recorde de curtidas


Roça N Roll
Stamp
Pentral

Max Cavalera: "Acho sensacional levar a família para o palco"

Por Andrew Carvalho
Fonte: Lithium Magazine
Em 22/03/13

Anton Koltykov da revista canadense Lithium recentemente conduziu uma entrevista com Max Cavalera (Soulfly, Cavalera Conspiracy, Sepultura). Seguem abaixo alguns trechos da conversa.

Anton: O último álbum do Soulfly,intitulado "Enslaved", é o álbum mais pesado e o mais obscuro feito até agora; o que o levou a seguir esse caminho?

Max: Sim, eu só queria fazer alguma coisa diferente, sabe… Eu achei que os dois últimos CDs parecessem um pouco iguais – "Conquer" e "Omen" eram um pouco mais de Thrash e HardCore, e eu me perguntava "O que mais eu posso fazer?". Eu sempre gosto de surpreender meus fãs um pouco, então eu comecei a escutar muita coisa pesada, escutei muito minhas antigas, e meus antigos Death Metal como Entombed, Napalm Death, Morbid Angel, Death, Massacre, e também escutei muita coisa nova que era realmente pesada como Oceano, The Acacia Strain, Molotov Solution, Impending Doom, I declare War, e foi tipo "Isso é muito foda". Esse é um tipo de som que esta sendo bem feito e eu devo levar o Soulfly na mesma levada, mais agressiva. Isso foi um tipo de experimento, mas eu acho que muitas pessoas gostaram da energia porque foi brutal do começo até o fim. De fato, foi a primeira gravação do Soulfly que eu nem se quer usei um instrumento; veio como uma música especial em uma edição especial porque eu achei que o álbum soou tão pesado, sem espaço para instrumentos nessa gravação. Foi divertido trabalhar com o produtor Zeuss... Um cara bacana, e ele está fazendo umas gravações da mesma pegada do Oceano. Ele teve muita participação na sonoridade e nos ajudou a criar o nosso estilo pesado na gravação. Eu alcancei o que eu queria; Eu queria fazer uma gravação totalmente diferente da antiga e nós fizemos.

Anton: Você configurou grandes colaborações nas gravações do Soulfly, como você fez a escolha dos músicos?

Max: Na maioria das vezes eu sou fã das músicas deles e algumas vezes eu já os conheço então é mais fácil. A amizade vem a tona e facilita o trabalho, sabe... Que nem o Dez da DEVILDRIVER, eu o conheço já faz anos, então foi bem tranquilo trabalhar com ele no estúdio. São maioria as bandas que eu conheço e quero trabalhar, e eu acho muito legal essa ideia de colaboração que começou no Sepultura voltar nos dias atuais. E o álbum "Beneath The Remais" teve o Kelly Shaefer da banda ATHEIST que escreveu algumas letras como "Stronger Than Hate" e , claro "Chaos A.D", nós temos o Jello Biafra, que escreveu a letra de "Biotech". No álbum "Roots" nós usamos o Mike Patton e Jonathan do Korn que ajudaram na "look Away". Isso continuou no Soulfly; "Primitive" teve o Tom e o Chino do Deftones. Eu tive que trabalhar com meus músicos favoritos, e é bacana coloca-los em um ambiente diferente. Por exemplo, quando você escuta "Terrotist", não se parece em nada com Slayer mas tem o Tom Araya cantando, então isso é bacana; isto é como ele soa quando ele não está no Slayer. Eu farei isso em cada álbum, colocarei alguém diferente. Não necessita necessariamente ser "grande", pode ser da cena underground também, porque eu gosto gosto do underground. Eu gosto de muitas bandas novas que muitas pessoas não gostam.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Anton: Sua carreira musical sempre foi envolvida com sua familia. Como você consegue gerenciar esses dois mundos?

Max: A primeira coisa a se fazer é não escondê-la. Muitos músicos do mundo inteiro escondem quando tem filhos. Eu não sei o porquê. Eu acho muito bacana ter filhos e ainda sair agitando por aí! Não tem nenhuma regra que diz que se você tem filhos não deve mais curtir um show, tem que ser uma marica pra fazer isso só porque se tornou pai. FODA-SE! Não é assim que funciona. Quando eu tive meus filhos eu estava muito orgulhoso e fiz uma tattoo com o nome deles nos meus dedos e os levei comigo na turnê. Tem sido assim desde sempre. Richie estava no Nailbomb em 1995, meu irmão raspou a cabeça dele e fez um moicano, daí lhe deu uma guitarra e ele iria na frente de milhões de pessoas e fazer barulho ! Então sim, a família sempre esteve ali. Essa turnê é muito familiar. É uma turnê maravilhosa, um pacote inesquecível para todos. Chegue cedo para ver todas as bandas e então no final do set do Soulfy nós fazemos "Revengeance", nós nos juntamos e ficamos toda a família no palco. É uma ótima atmosfera. É ótimo viajar com toda a família. É algo muito singular.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Arte Musical
Monolito 2
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Multitarefas: vocalistas do metal que também tocam guitarra em suas bandasMultitarefas
Vocalistas do metal que também tocam guitarra em suas bandas

Max Cavalera: vocalista diz que o Go Ahead And Die salvou a sua saúde mentalMax Cavalera
Vocalista diz que o Go Ahead And Die salvou a sua saúde mental

Go Ahead And Die: É o retorno às minhas raízes do Metal extremo, diz Max CavaleraGo Ahead And Die
"É o retorno às minhas raízes do Metal extremo", diz Max Cavalera

Max Cavalera: Esse cara aí (Jair Bolsonaro) é ainda piorMax Cavalera
"Esse cara aí (Jair Bolsonaro) é ainda pior"

Go Ahead And Die: ouça Roadkill, segundo Max um grito de desespero pelos sem-tetoGo Ahead And Die
Ouça "Roadkill", segundo Max um "grito de desespero pelos sem-teto"

Max Cavalera: como ele desistiu de detonar o Sepultura em Eye for an Eye, do SoulflyMax Cavalera
Como ele desistiu de detonar o Sepultura em "Eye for an Eye", do Soulfly

Max Cavalera: a carreira do ícone do metal mundial em 10 músicasMax Cavalera
A carreira do ícone do metal mundial em 10 músicas

Soulfly: Max Cavalera afirma que próximo álbum deverá ficar pronto em 2022Soulfly
Max Cavalera afirma que próximo álbum deverá ficar pronto em 2022

Go Ahead And Die: banda de Max Cavalera lança Toxic Freedom, mais uma música novaGo Ahead And Die
Banda de Max Cavalera lança "Toxic Freedom", mais uma música nova

Gojira: Max Cavalera doa guitarra para a banda arrecadar fundos para causa indígenaGojira
Max Cavalera doa guitarra para a banda arrecadar fundos para causa indígena

Max Cavalera: aos 51 anos, músico é vacinado contra Covid nos Estados UnidosMax Cavalera
Aos 51 anos, músico é vacinado contra Covid nos Estados Unidos


Max Cavalera: passando o futuro e o passado a limpo com o LoKaosMax Cavalera
Passando o futuro e o passado a limpo com o LoKaos

Andreas Kisser: ele não entende por que Max e Iggor tocam o RootsAndreas Kisser
Ele não entende por que Max e Iggor tocam o "Roots"

Ratos de Porão: da próxima vez Max Cavalera não escapaRatos de Porão
Da próxima vez Max Cavalera não escapa


Slipknot: Corey Taylor explica porque o mundo pop não suporta o Heavy MetalSlipknot
Corey Taylor explica porque o mundo pop não suporta o Heavy Metal

Anthrax: Scott Ian apresenta a solução para o Phil AnselmoAnthrax
Scott Ian apresenta a solução para o Phil Anselmo


Sobre Andrew Carvalho

Nasceu e reside em São Paulo/SP. Músico por hobby de instrumentos eruditos (Trompete/Flugelhorn). Bandas favoritas: Angra, Dream Theater e atualmente Opeth.

Mais matérias de Andrew Carvalho.