Ratt: Pearcy revela capa e detalhes de sua devassa biografia

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 03/05/13. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?


O vocalista do RATT, STEPHEN PEARCY, revelou a capa de sua vindoura autobiografia, “Sex, Drugs, Ratt & Roll: My Life In Rock”, a ser lançada no dia 7 de maio através da editora Gallery Books, subsidiária da poderosa Simon & Schuster.
3317 acessosRatt: Em provável pegadinha, vocalista é preso durante show5000 acessosMTV: experts indicam as maiores bandas de Heavy Metal

A sinopse do livro diz:

“Um relato escancarado de cair o queixo do vocalista do supergrupo dos anos 80, o Ratt: as groupies, os quartos de hotel destruídos, as drogas – e até onde você pode se safar disso quando você é um dos maiores astros do hair metal de todos os tempos.

No meio dos anos 80, o Ratt, junto com o Mötley Crüe, Poison e Quiet Riot, mandava os riffs e os chutes no ar que saudariam a chegada de uma das eras mais extravagantes e devassas da música. Agora, com ‘Sex, Drugs, Ratt & Roll’, o líder do Ratt e chefe agitador das massas, Stephen Pearcy divulga todos os detalhes sujos da era quando as bandas de cabelos enormes dominavam o mundo.

Stephen foi preparado para uma vida de excessos desde a mais tenra idade – seu pai morreu de uma overdose de heroína quando ele tinha doze anos, e aos quinze, Stephen era viciado em drogas. Quando Stephen conheceu o caçador de emoções Robbin Crosby, ele sabia que tinha achado seu cúmplice ideal – tanto na música como na farra. O single de estreia do Ratt, ‘Round and Round’, de 1984, tornou-se uma das canções de metal mais vendidas de todos os tempos, mas foram as escapadas de bastidores da banda que viraram lenda.

‘Nosso ônibus de turnê é como um navio pirata, é onde estupramos e saqueamos’, disse Pearcy em 1987. Agora, o livro de memórias de Pearcy revela todo o excesso de um astro do rock – a farra, as mulheres, o vício em drogas de 2 mil dólares por dia – deixando que os fãs vejam de perto seu estilo de vida angustiante no hair metal e como é a realidade dos bastidores quando você é um astro do rock.”

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 03 de maio de 2013

RattRatt
Em provável pegadinha, vocalista é preso e sai algemado durante show

274 acessosRatt: quem sabe um álbum novo em 20180 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Ratt"

Anos 90Anos 90
Bandas de hard e metal que decepcionaram

Guitar WorldGuitar World
Os 20 melhores álbuns de Hair Metal dos anos 80

Heavy MetalHeavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados no ano de 1984

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Ratt"

Melhores do metalMelhores do metal
Experts da MTV elegem Sabbath, Judas e Metallica

Heavy MetalHeavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados no ano de 1990

Guns N RosesGuns N' Roses
Axl Rose expulsa pessoa do show em Curitiba

5000 acessosPensadores e autores que inspiraram o Heavy Metal: Aleister Crowley5000 acessosIron Maiden: Nicko McBrain fala sobre conversão ao cristianismo5000 acessosSlipknot: Corey Taylor não tem a cara limpa por baixo da máscara5000 acessosEurope: confissões de Tempest sobre excessos dos anos 805000 acessosRush: o discurso mais criativo e engraçado da música4769 acessosBlack Sabbath: Ozzy seguirá em carreira solo após última turnê

Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online