Matérias Mais Lidas

imagemO baterista que não tinha técnica alguma e é um dos favoritos do Regis Tadeu

imagemCinco músicas que são covers, mas você certamente acha que são as versões originais

imagemAndreas Kisser pede doação de sangue para sua esposa Patricia

imagemRock in Rio 1991, Maracanã lotado, e o Guns N' Roses ameaçou não subir ao palco...

imagemOs únicos quatro assuntos das conversas nos EUA que enchiam saco de Fabio Lione

imagemCopa do Mundo do Rock: uma banda de cada país que vai disputar a Copa do Catar

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1991 é um ano tão celebrado

imagem"Ninguém imaginava que o Metallica seria maior que o Iron Maiden", diz Scott Ian

imagemDave Mustaine diz que perdoa Ellefson, mas nunca mais fará música com o baixista

imagemSupla explica por que fala sempre misturando português com inglês

imagemJohn Frusciante responde qual foi o motivo de seu retorno ao Red Hot Chili Peppers

imagemRaimundos: Digão acusa Instagram de censura após poucas curtidas em post

imagemNoel Gallagher sobre sua preferida do Pink Floyd: "Adoraria conhecer Roger Waters"

imagemEx-guitarrista dos Stones, Mick Taylor revela qual era sua música preferida

imagemRafael Bittencourt, do Angra, explica por quê está usando unhas postiças


In-Edit

Black Sabbath: Rubin explica por que queria Ginger Baker

Por Nathália Plá
Fonte: classicrockmagazine.com
Em 02/05/13

Rick Rubin explicou por que ele sugeriu que Ginger Baker tocasse no novo álbum do Black Sabbath, 13.

O produtor fez uma lista de nomes que incluia o ícone do Cream após a desistência de Bill Ward. E muito embora o Sabbath tenha vetado a idéia, Rubin tinha uma boa razão para levá-la adiante.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ele disse ao Mojo: "Ele estava na lista que apresentei a eles. Certas pessoas foram de cara descartadas pela banda, com base em relações anteriores. Nem sempre teve a ver com a habilidade na bateria".

"Ele estava na minha lista porque eu queria alguém que tivesse crescido no mesmo mundo que eles, que tivesse tocado assim como eles. Não sobraram muitas pessoas. A maioria já morreu".

"Eu me perguntei: quem cresceu ouvindo as mesmas músicas que eles? Quem tocou em bandas com quem eles tocaram antigamente? É algo bem diferente da forma como bateristas de hard rock e heavy metal tocam hoje. Era esse o tipo de baterista que eu procurava".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

No fim das contas o Sabbath escolheu o batera do Rage Against The Machine, Brad Wilk, mais uma sugestão de Rubin. "De todos com quem ouvi eles tocando, o Brad tem a melhor sensibilidade", recorda o produtor. "Eu tive arrepios quando o ouvi tocando com eles".

"Havia outros bateristas muito bons, mas não havia aquela conexão emocional ou aquela tensão que é necessária, musicalmente falando. Para mim, toda grande banda tem um lado emocional. Quando o Brad tocou com Sabbath, dava para sentir que havia algo mais. Ele tinha essa conexão emocional".

Ele diz que todos envolvidos na criação do "13" ficaram surpresos quando Ward decidiu não tomar parte porque não tinha recebido a oferta de um contrato que fosse "assinável". Rubin explica: "Eu adoraria que o Bill estivesse envolvido, e essa sempre foi a intenção. Quando ele decidiu não estar, realmente tomou a todos de surpresa".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Foi um caso de ‘O que você quer fazer? Temos todas essas músicas – mas e se o processo seguir em frente?’ A banda disse que queria continuar. Então virou uma questão de tentar encontrar um baterista que os permitisse continuar com o que estavam fazendo".

E este não foi o único momento de incerteza: "Quando comecei a trabalhar com eles, na verdade eles não trabalhavam juntos há muito tempo", disse o produtor. "Era quase uma situação de emergência. Havia ansiedade por parte dos membros da banda; eles se preocupavam se ia ficar bom, se eles estavam à altura. A história e o mito do Sabbath se agigantava e todos queriam fazer jus a isso. Ninguém queria fazer a coisa apenas por fazer. A idéia era que só faríamos isso se fosse ficar tão bom quanto qualquer outro álbum que eles já fizeram".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"13" será lançado no dia 10 de junho.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp




Sobre Nathália Plá

Mineira de Belo Horizonte, nasceu e cresceu ouvindo Rock por causa de seu pai. O som de Pink Floyd e Yes marcou sua infância tanto quanto a boneca Barbie, mas de uma forma tão intensa que hoje escutar essas bandas lhe causa arrepios. Ao longo dos anos foi se adaptando às incisivas influências e acabou adquirindo gosto próprio, criando afinidade pelo Hard Rock e Heavy Metal. Louca e incondicionalmente apaixonada por Bon Jovi, não está nem aí pras críticas insistentes dirigidas à banda. Deixando a emoção de lado e dando ouvidos à técnica e qualidade musical, tem por melhores bandas, nessa ordem, BlackSabbath, Led Zeppelin, Deep Purple, Metallica e Dream Theater. De resto, é apenas mais uma apreciadora do bom e velho Rock'n'roll.

Mais matérias de Nathália Plá.