Tony Iommi: guitarrista relata como descobriu seu câncer

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Fernando Portelada, Fonte: Guitar World, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

O Guitar World conduziu em 2013 uma entrevista com o guitarrista do BLACK SABBATH, Tony Iommi, sobre a produção do álbum do grupo, “13” – o primeiro em 35 anos com o vocalista Ozzy Osbourne e o baixista Geezer Butler – e sua batalha contra o câncer, diagnosticado no final de 2011.

666 acessosMestres: os dez maiores guitarristas canhotos do Rock5000 acessosRock And Roll: últimas fotos em vida de músicos famosos

“O câncer foi diagnosticado quando eu estava em minha turnê literária [em 2011], antes de começarmos a ensaiar.” Explicou Iommi. “Na turnê, eu vi um médico, porque um caroço apareceu na minha virilha. Nós pensávamos que fosse só uma glândula, e ele meu deu antibióticos. Após as viagens do livro, eu estava indo para L.A. para fazer uns ensaios. Ele disse que se não sumisse em duas semanas eu deveria ver outro médico. Então eu o fiz, porque ele permanecia lá. Recebi mais antibiótico, porque tive uma infecção deste outro problema que eu tinha na próstata. Era algo grande e precisou ser cortado, então eu pensei que o caroço era parte disso, mas ele nunca foi embora. Então, nós estávamos ensaiando e compondo e eu continuava sentindo esta dor em minha virilha, e Ozzy continuava dizendo: ‘Você não parece muito bem.’ E eu dizia: ‘Bem, eu não me sinto muito bem.’ Ele também me disse pra ir ao médico checar isso. Eu estava voltando para a Inglaterra para operar a próstata, então eu decidi esperar até lá. Eles disseram que tiraram este outro caroço enquanto estavam lá. Eu pensei que não fosse nada, mas descobriram que era câncer.”

Ele continua: “[Após dizerem sobre o câncer] toda minha vida mudou. E eles foram muito casuais sobre isso. Eles disseram: ‘A boa notícia é que sua próstata está muito bem, mas aquele caroço, nós achamos um linfoma nele.’ Linfoma, o que é isso? Bem, eu sabia o que era, mas eu queria ouvir eles dizerem: câncer. Uma vez que ouvi isso, foi horrível.”

Quando perguntado se ele imediatamente parou de trabalhar no álbum do SABBATH, Iommi disse: “Todo meu foco foi para o tratamento e tentar me livrar disso. Foi somente sobre isso que eu pude pensar por algum tempo. Eu tinha que entender tudo, e tudo teve que esperar. Eu também estava com uma terrível dor da operação da próstata. E então comecei a químio. Eu não me sentia bem e comecei a perder peso. Depois comecei a radioterapia [radiação] todos os dias, mas eu disse para os caras enquanto eu estava em tratamento: ‘Se vocês vierem para a Inglaterra, poderemos continuar.’ Eu não podia me afastar do tratamento, e eu estava cansado e fraco, mas eu queria continuar... Eu estava determinado que aquilo não iria me parar. Sempre fui assim. Eu não consigo desistir das coisas. Ter minha esposa Maria [Sjöholm, ex-vocalista do DRAIN STH] – que já aguentou tanto e nunca reclamou – e meus amigos ao meu redor, na verdade foi a melhor coisa para mim. Ajudou a tirar minha cabeça daquilo. Eu estava no hospital alguns dias antes de sua chegada, e então eu ia ao estúdio, nós começávamos a conversar e tocávamos um pouco. Eu me cansava e tinha que me sentar. Eles estavam bem ao meu lado, isso foi muito bom.”

“Claro que quando contei a Ozzy que tinha um linfoma, ele disse: ‘Fulano não morreu disso?’ [risos] Obrigado, eu precisava rir. Típico dele. Mas foi ótimo que ele estivesse lá. Você tem que ter pensamento positivo, o máximo possível. Algumas vezes eu começava a afundar um pouco, mas já me levantava. Eu recebi muitas cartas e mensagens gentis dos fãs, dizendo ‘você ficará bem. Aguente firme!’ Até Lance Armstrong me enviou uma carta. E quando Jon Lord [tecladista do DEEP PURPLE] estava doente, antes de falecer, [em julho de 2012] eu recebia várias mensagens dele, dizendo: ‘Veja, se tiver algo que eu puder fazer para ajudar com o tratamento, é só falar.’ Isso realmente ajudou e faz você querer lutar mais.”

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

MestresMestres
Os dez maiores guitarristas canhotos do Rock

766 acessosVocalistas: 5 famosas falhas ao vivo0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Black Sabbath"

Black SabbathBlack Sabbath
Filósofo escreve livro sobre as letras

Heavy MetalHeavy Metal
Dez discos essenciais dos anos setenta

Ozzy OsbourneOzzy Osbourne
"Pessoas morreram fazendo a metade do que eu fiz!"

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Black Sabbath"

Rock And RollRock And Roll
Últimas fotos em vida de músicos famosos

GuitarpediaGuitarpedia
Os 10 riffs de guitarra mais complicados da história

MegadethMegadeth
Mustaine fala sobre satanistas, gays e gatos

5000 acessosGóticas: 10 grandes bandas do gênero na Inglaterra dos anos 805000 acessosFree: a paixão de Dave Murray por Paul Kossoff5000 acessosComo batizar a criança: os nomes de bandas mais estúpidos4426 acessosSteve Perry: ex-vocalista do Journey revela ter tido câncer5000 acessosSonata Arctica no Brasil: "Achavam que éramos os caras do Guns"5000 acessosTurisas: vocalista reclama da cerveja brasileira em show

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 19 de junho de 2016

Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online