Bill Ward: "me ofereceram um contrato e eu não podia assiná-lo"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar Correções  

ROBERT CAVUOTO, do site GUITAR INTERNATIONAL, conversou recentemente com o baterista original do BLACK SABBATH, BILL WARD. Um trecho traduzido da conversa pode ser lido abaixo.

Guitar International: Há muitas histórias sobre o porquê de você não estar tocando com o Sabbath em ‘13’, assim como na turnê. Você pode esclarecer exatamente o porquê de você não ter aderido à reunião?


Bill Ward: [risos] Me ofereceram um contrato e eu não podia assiná-lo. Quanto a algumas dessas histórias – eu nunca, jamais me comprometeria com algo que eu não pudesse cumprir fisicamente. Então isso está explicado. Quando à declaração que fiz ano passado, eu deixei bem claro que eu havia entrado numa rua sem saída e prometi a mim mesmo e à minha família que eu nunca assinaria um contrato que não fosse razoável. Foi uma das, senão a mais dura decisão que eu já tive que tomar. Porque eu absolutamente e sem dúvida alguma queria tocar. Eu não saí da banda. Todo mundo acha que eu saí da banda. Eu não saí. Não foi assim de modo algum. Eu simplesmente não assinei o contrato e a vida seguiu seu rumo,

publicidade

Guitar International: Ozzy disse que ele ainda te ama, e espera que da próxima vez você esteja lá. Você acha que há alguma verdade nisso?

Bill Ward: Eu tenho uma cabeça completamente aberta à ideia. Toda a gentileza e reconciliação do mundo significam nada a menos que eu tenha o contrato adequado.

Guitar International: Eu ouvi dizer que eles queriam que você entrasse e tocasse em algumas músicas a cada show.

Bill Ward: Eu sou o baterista do BLACK SABBATH, então eu quero tocar o show inteiro. Eu toco tudo ou nada. Tocar parcialmente seria meio que sedimentar minha saída do Sabbath e me minimizaria. Eu sou o baterista do Sabbath e bem capaz de fazer o serviço. [...]

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Chris Cornell: ele não dava sinais de que se mataria, diz esposaChris Cornell
Ele não dava sinais de que se mataria, diz esposa

Slipknot: veja a evolução das máscaras de cada integrante da estreia aos dias atuaisSlipknot
Veja a evolução das máscaras de cada integrante da estreia aos dias atuais


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin