Faculdade: burrice largar pra ficar na banda do colégio

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar Correções  

A crítica JESSICA HARPER já tocou e empresariou várias bandas, fez turnês internacionais, promoveu shows, produziu discos, trabalhou como divulgadora e é a autora do livro "The Girls’ Guide to Rocking", um guia para as adolescentes. Ela responde dúvidas dos fãs de música no site do jornal estadunidense LA WEEKY.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O texto abaixo é a tradução de uma postagem dela feita em 24 de setembro de 2013.

"Sou calouro em uma faculdade da Pensilvânia. Antes de me matricular, eu era o vocalista de uma banda de Buffalo, NY. Somos razoavelmente bem-sucedidos e dignos de atenção [tendo tocado em quase todas as maiores casas da região, gravado um EP com o baixista de uma banda famosa nos anos 90], mas obviamente isso não se traduziu em sucesso em nenhum outro lugar. A banda ainda existe [temos shows planejados durante nossas folgas da escola e é totalmente focada em seguir a carreira musical em tempo integral depois da faculdade], mas o ano letivo tem afetado minha habilidade de tocar.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Os outros membros vão a outras faculdades, em estados diferentes. Eu estou infeliz na faculdade e sei que tudo que quero é tocar. Meu baterista concorda. A essa altura, nós dois estamos nos sentindo propensos a largar a faculdade e mudar para Nova Iorque e apenas tocar, tal qual meus heróis o fizeram – Iggy Pop, David Bowie, Kanye West. Obviamente que nossa base de fãs não nos seguiria até NYC, e teríamos que arrumar empregos. Não teríamos um "Plano B", por assim dizer.Eu sei o quanto isso é perigoso, mas eu estou obcecado com a ideia.

O que você me aconselha? Eu deveria esquecer isso? Eu deveria focar minhas ambições em uma área diferente. Há alguma maneira que possamos continuar a tocar, divulgar nosso trabalho e progredir sem sacrificar uma educação de nível superior?

Matt"

Matt,

Por vezes, mesmo satisfazer o desejo de nossos corações não é o que é melhor para nós. Você está na faculdade faz o quê, três semanas?Vai ser chato por um tempo. Naturalmente, você vai ansiar pela liberdade ou segurança ou status de sua banda do ensino médio, conhecida no pedaço. Você parece racional, então eu vou ser direta com você: Não, essa é uma má ideia – mas principalmente a respeito de como você está pensando em executá-la. O que eu vou propor é apenas uma mudança de rota e um pouco de paciência.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Primeiro, alguns fatos reais que você não quer saber: Iggy, Bowie – eles tinham contratos com gravadoras grandes em uma época mais simples quando isso significava algo concreto. Há rumores de que a mãe de Kanye [RIP] achou investidores de peso quando ele ainda vivia em Chicago para serem avalistas do começo de sua carreira. Sonhos são importantes, e fazer bobagem é parte de ser jovem. Sendo um jovem sem diploma, contudo, o tipo de emprego que você conseguiria em Nova Iorque ou no Brooklyn, sem conhecer ninguém lá – não vai te deixar ter uma banda. Você pode não ter tempo nem energia pra isso enquanto trabalha em dois empregos de meio período. Ou você pode acabar morando numa kitchenette no Queens com toda sua banda.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Não ter plano B é uma coisa, não ter nenhum apoio por fora para se manter erguido quando quer se dar bem na cidade grande é apenas uma tragédia esperando pra acontecer.

Eis o que eu sugiro – planeje [em segredo!] com todos seus colegas de banda para se transferirem para a mesma faculdade. Tudo que vocês tem a fazer é terem notas boas; em vários casos, basta fazer o requerimento de matrícula online. Vocês podem todos ir à mesma faculdade. Não tem nem que ser exatamente em NYC – apenas algum lugar com uma cena musical e uma infraestrutura. No seu formulário de transferência, não mencione que sua banda é o motivo pelo qual você quer se mudar. Eu sugiro que ache um lugar que tenha uma escola tão boa quanto e vá de encontro a seus interesses acadêmicos [tenha-os! cultive-os! bandas raramente duram pra sempre! Saber falar de outras coisas além de sua banda e televisão é importante!].

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Se esse local for mais barato do que Nova Iorque [o que quer dizer qualquer lugar fora da Bay Area], daí vocês podem achar um lugar barato pra ensaiarem ou alugarem juntos uma casa fora do campus. Se a banda de fato decolar, vocês podem trancar a matrícula por um semestre e saírem em turnê. Não queimem a largada e tentem forçar a barra. Ter um diploma – ou chegar perto de se ter um – é útil; ter conhecimento de uma área é algo valioso. Você não deve querer ser barman aos 44 anos de idade. De outro modo, você pode acabar tendo que morar no porão dos seus pais por muito mais tempo do que quer.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Eu nunca fiz faculdade e me mudei pra cidade grande [Los Angeles aos 17 anos] para seguir meu sonho na indústria musical e me mudei de volta pra casa duas vezes naquele ano antes de eu começar a me organizar. Eu morava no quarto escuro do estúdio de fotografia do meu pai, onde uma das paredes tinha uma grossa camada de poeira enquanto trabalhava num emprego de 18 horas por semana por vários meses. Fico feliz que tenha seguido esse caminho, mas eu já tinha 25 anos antes de conseguir ganhar 14 salários mínimos por ano. Foi tenso. Meus outros amigos que foram pra faculdade farreavam nos dormitórios e moravam em repúblicas e viajavam no verão e tem outros tipos de emprego hoje em dia, ou são músicos, ou tem bandas como hobby – mas você entende, isso esperou por eles. A música te acompanhará sempre. Meu marido largou uma faculdade de medicina das conceituadas quando a banda dele, do nada, assinou com uma grande gravadora. Eles foram dispensados antes que o disco deles fosse sequer masterizado. Tem vez que até o que é mais garantido cai por terra.

Claro, vocês podem de repente ser como o Vampire Weekend. Se isso acontecer, tirem um ano de folga e larguem da escola quando entrarem no Top 10. Você quer que essa banda seja sua alegria, não seu sofrimento – então não coloque tanto peso nela pra que toda sua vida gire em torno disso.

Tudo de bom,

Fan




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Exemplos: 10 músicos com deficiências ou problemas de saúdeExemplos
10 músicos com deficiências ou problemas de saúde

Slayer: assista Ivete Sangalo cantando Dead Skin MaskSlayer
Assista Ivete Sangalo cantando "Dead Skin Mask"


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

Goo336 Goo336 CliIL Goo336 Goo336 Cli336 Goo336 GooAdHor