Destruction: um pouco do Rock in Rio em Fortaleza

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Leonardo Daniel Tavares da Silva, Fonte: Facebook, Press-Release
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 09/09/13. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

A partir deste final de semana, a cidade do Rio de Janeiro vai estar tomada por dezenas de diferentes atrações musicais dos mais variados estilos, no festival Rock in Rio. Apesar de ter este nome, o festival não é apenas um festival de rock (como também nem sempre foi realizado no Rio), sendo uma meca da música concentrando R&B, música baiana, jazz, música eletrônica e, finalmente, rock e metal.

Algumas das atrações internacionais, como o IRON MAIDEN e o ALICE IN CHAINS, anunciaram shows em outras cidades como São Paulo, Curitiba ou Porto Alegre. Fortaleza, situada tão longe do Rio que na Europa poderia representar países de distância, estará recebendo apenas duas das atrações internacionais do festival, sendo que apenas uma realmente toca o estilo que está no nome do festival (a cantora BEYONCÉ se apresentou neste domingo na capital cearense) e o faz em sua vertente mais agressiva e poderosa.

Trata-se do DESTRUCTION, uma das mais influentes e queridas bandas de thrash metal alemãs que vem a Fortaleza através das mãos da Gallery Productions em um show que tem tudo para ficar na memória dos cearenses. Além de estar comemorando 30 anos de carreira, o DESTRUCTION divulga o seu recente lançamento, o elogiado "Spiritual Genocide". O DESTRUCTION toca no Black Jack pub, nas proximidades do Centro Cultural Dragão do Mar, no dia 15 de setembro. A Gallery Productions é a responsável por trazer, entre outras atrações, os também alemães TANKARD e ASSASSIN anteriormente.

O evento está programado para 17h e terá abertura da banda cearense FLAGELO, com quem conversei alguns dias atrás.
438 acessosFlagelo: entrevista com abertura do Destruction em Fortaleza

Os ingressos podem ser adquiridos antecipadamente na Planet CDs, na Galeria do Rock no Centro de Fortaleza (Galeria Pedro Jorge) e na TicketBrasil.com.br (em até 12x, com taxa de conveniência).

Antes de Fortaleza, o DESTRUCTION toca em Belém (12 de setembro) e Manaus (14 de setembro), fechando a parte brasileira da tour no dia 22, no Rock in Rio, no palco sunset ao lado do KRISIUN.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Rock in RioRock in Rio
Fantástico revela pedido inusitado do Guns N' Roses

685 acessosSepultura: show no Rock in Rio terá participação da Família Lima1523 acessosLoja de Discos do Cassio: Guns N' Roses e sua história no RiR408 acessosCapital Inicial: vídeo de segundo ensaio para o Rock in Rio 20171868 acessosRock in Rio: Charles Bradley cancela participação no evento0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Rock In Rio"

Rock in Rio 1985Rock in Rio 1985
Teve gente que largou o emprego para ir

Rock In RioRock In Rio
"O cara que quer ver o Metallica ou o Iron Maiden ama repetição"

Rock in RioRock in Rio
"O alvo é a família, não o roqueiro", diz Medina

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Rock In Rio"0 acessosTodas as matérias sobre "Destruction"

Deep PurpleDeep Purple
A contestada entrevista na Globo em 2006

Boatos no rockBoatos no rock
Satanismo, supositórios, sexo bizarro?

Donald TrumpDonald Trump
Os roqueiros que apoiam o presidente eleito

5000 acessosAvenged Sevenfold: "The Rev" dizia que não passaria dos 305000 acessosBruce Dickinson: Ele lamenta não ter dado um soco em Axl Rose5000 acessosGuns N' Roses: os Jovens Pistoleiros, sexo, drogas e RnR5000 acessosMax Cavalera: o luto e a ira que o levaram à gênese do Soulfly5000 acessosRob Halford: o que ele faria da vida se não fosse o Metal God?5000 acessosHeavy Metal: Você consegue identificar os 10 diferentes estilos sem olhar?

Sobre Leonardo Daniel Tavares da Silva

Daniel Tavares nasceu quando as melhores bandas estavam sobre a Terra (os anos 70), não sabe tocar nenhum instrumento (com exceção de batucar os dedos na mesa do computador ou os pés no chão) e nem sabe que a próxima nota depois do Dó é o Ré, mas é consumidor voraz de música desde quando o cão era menino. Quando adolescente, voltava a pé da escola, economizando o dinheiro para comprar fitas e gravar nelas os seus discos favoritos de metal. Aprendeu a falar inglês pra saber o que o Axl Rose dizia quando sua banda era boa. Gosta de falar dos discos que escuta e procura em seus textos apoiar a cena musical de Fortaleza, cidade onde mora. É apaixonado pela Sílvia Amora (com quem casou após levar fora dela por 13 anos) e pai do João Daniel, de 1 ano (que gosta de dormir ouvindo Iron Maiden).

Mais matérias de Leonardo Daniel Tavares da Silva no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online