Nirvana: Dave Grohl quase ficou de fora do MTV Unplugged

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Samuel Coutinho, Fonte: Metal da Ilha
Enviar correções  |  Comentários  | 


No dia 18 de novembro de 1993, o NIRVANA fez uma viagem para Nova York e gravou o icônico "MTV Unplugged". O especial foi ao ar menos de um mês depois, em 14 de dezembro, adicionando ainda um outro momento imortal na vasta lista de conquistas do Nirvana. 20 anos depois, a MTV revelou que por insistência de Kurt Cobain, o baterista Dave Grohl quase não se apresentou no acústico.
720 acessosTenho Mais Discos: oito gafes do mundo da música5000 acessosSlayer: o insistente uso de "Satan" e "Hell" por Tom Araya

Para comemorar o aniversário de 20 anos do show que o Nirvana fez no "MTV Unplugged", o canal de TV divulgou algumas imagens especiais por trás das câmeras, juntamente com depoimentos de quem fez o evento ser possível. A MTV descreveu o show como "uma coisa que você não iria querer mudar nenhum detalhe", no que legiões de fãs do Nirvana certamente concordam, mas de acordo com os produtores, Dave Grohl quase não fez parte da apresentação.

"O que eu não sabia era que, até o dia (do show acústico), falava-se que Dave (Grohl) não iria tocar nada no show", lembra Alex Coletti, que produziu o "MTV Unplugged". "Kurt não estava feliz com os ensaios, ele não gostou da forma que Dave tocava a bateria com baquetas. Ele desce o braço, e o negócio com o unplugged, especialmente com bandas de rock, é o seguinte, se o baterista realmente não consegue se controlar e tocar em um kit menor, ele faz como que o show acústico se torne um show elétrico com uma sonoridade ruim".

Coletti lidou com a situação, enviando um assistente de produção para a loja Sam Ash para comprar alguns equipamentos novos para Grohl, incluindo baquetas brush e sizzle. Como se fosse um presente de natal antecipado, Grohl aceitou o equipamento e passou a tocar com seus novos presentes durante o "MTV Unplugged".

Embora Grohl tenha dado conta do recado, Cobain preferiu tocar "Pennyroyal Tea" sozinho, o que foi decidido apenas na metade da performance. "Sou eu que vou fazer isso sozinho?" Cobain pergunta no palco. Olhando um pouco frustrado, Grohl responde: "Faça você sozinho". "Eu acho que a canção significou muito para ele", disse a diretora Beth McCarthy-Miller. "Eu acho que foi muito pessoal e eu acho que ele queria se sentir mais simples e cru, e só ele, cantando com o coração. E eu acho que qualquer um dos outros instrumentos apenas atrapalhariam a emoção da música".

Fonte original desta matéria:
http://loudwire.com/kurt-cobain-nearly-banned-dave-grohl-nir...

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

NirvanaNirvana
Krist revela se foto de Kurt com Notorious BIG é real

720 acessosTenho Mais Discos: oito gafes do mundo da música3457 acessosSoundgarden: em vídeo legendado, o Nirvana fala sobre a banda1041 acessosNirvana: Miley Cyrus canta "Smells Like Teen Spirit" em festa2730 acessosNirvana: Courtney Love elege sua música favorita da banda0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Nirvana"

Música FácilMúsica Fácil
Entenda como 4 guitarristas mudaram o Rock

NirvanaNirvana
Mais Pesado que o Céu, Uma Biografia de Kurt Cobain

NirvanaNirvana
Fãs mais propensos a transar no primeiro encontro

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Nirvana"

SlayerSlayer
O insistente uso de "Satan" e "Hell" por Tom Araya

Hall Of FameHall Of Fame
500 Músicas Que Marcaram o Rock and Roll

SlipknotSlipknot
E se Lars Ulrich fosse o baterista?

5000 acessosKing Diamond: o "Rei Satânico"5000 acessosCD vs Vinil: não diga que o som do vinil é melhor - porque não é5000 acessosMellotron: o instrumento cult que ajudou a compor clássicos5000 acessosU2: veja Bono cantando nas ruas de Dublin, na Irlanda5000 acessosAdeus: veja o último show de 10 rockstars que morreram nesta década5000 acessosCorey Taylor: seria melhor se a mídia nem falasse de Metal

Sobre Samuel Coutinho

Nascido no interior de SP no dia 15/12/1986, em uma cidade chamada Ilha Solteira, Samuel Coutinho se entregou ao heavy metal logo na adolescência. Seu forte sempre foi o heavy metal melódico, variando desde o prog-metal até ao power-metal.

Mais matérias de Samuel Coutinho no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online