Matérias Mais Lidas

imagemO hit da Legião Urbana cuja letra fala sobre esperança de Renato em se curar da AIDS

imagem"Babá de Artista" do Rock in Rio diz que Iron Maiden não dá trabalho e são "gentleman"

imagemMetallica e as duas músicas do "Black Album" que retratam traumas de James Hetfield

imagemA lenda do Rock que se arrepende de nunca ter dormido com Jimi Hendrix

imagemMax e Iggor convidam Jairo, detonam no Rio e alfinetam: "Verdadeiro Sepultura"

imagemNando Reis e a enigmática música que ele queria usar para seduzir Marisa Monte

imagemPodcast diz que prática comum no black metal hoje seria "coisa de esquerdomacho"

imagemTom Morello explica por que o RATM se reúne, mas não lança novas músicas

imagemDez clássicos do rock e do heavy metal que não têm bateria

imagemO hit dos Engenheiros do Hawaii com citação de canção soviética sobre defender a pátria

imagemRoger Waters defende Rússia e China e ataca EUA em entrevista

imagemDinho lembra quando entrevistou Robert Plant sem poder falar sobre Led Zeppelin

imagemQuando Slash tentou entrar pro Kiss mas foi rejeitado por um motivo cruel

imagemPink Floyd: Roger Waters relembra a última vez que viu Syd Barrett

imagemDez músicas que o Iron Maiden nunca tocou ao vivo - Parte I


Dream Theater 2022

Max Cavalera: Sepultura é refém de Andreas Kisser

Por Fernando Portelada
Fonte: Blabbermouth
Em 13/11/13

Thomas Stanley Orwat Jr. do RockMusicStar recentemente conduziu uma entrevista com Max Cavalera (SOULFLY, SEPULTURA, CAVALERA CONSPIRACY). Alguns trechos desta conversa estão disponíveis abaixo.

RockMusicStar: Você recentemente escreveu uma autobiografia, quando ela vai ser lançada?

Max: "Ela vai chegar em fevereiro nos Estados Unidos. É chamada 'My Blood Roots', já está disponível no Brasil e na Polônia, e ela vai chegar aos Estados Unidos em fevereiro. Estive trabalhando neste livro por três anos. Fiz incontáveis entrevistas, e Dave Grohl [FOO FIGHTERS, NIRVANA] fez a introdução do livro. Ele escreveu algo bem legal, realmente divertido. É um ótimo livro, tem pessoas bem legais nele. [...]"

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

RockMusicStar: Uau, isso é incrível, como ele está indo no Brasil?

Max: "Está indo muito bem, cara. Ele vai provavelmente chegar às listas dos mais vendidos no Brasil, e estou muito animado com isso. As pessoas no Brasil estão muito animadas, eles estão lendo o livro inteiro. Recebo vários comentários no Facebook, de minha esposa, ela cuida do Facebook, e vê várias pessoas dizendo o quanto gostaram do livro e ele tem realmente ótimas reviews. Muitas pessoas gostam da parte que eu falo da saída do SEPULTURA, porque eu realmente explico meu lado da história, sobre como eu realmente me sentia e porque deixei minha própria banda. Várias pessoas, após essa leitura, eles entendem e, para eles, faz sentido ter feito o que eu fiz, deixar o SEPULTURA. Eles teriam feito o mesmo. Após a leitura eles entendem meus motivos, e faz sentido após você ler o que eu disse sobre a separação, você pensaria que era a coisa racional a ser feita. Para mim, foi deixá-los, você sabe. Por mais que fosse minha própria banda desde o começo, era tipo minha integridade, você sabe, e foi por isso que eu decidi sair. [...]"

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

RockMusicStar: Eu sempre me perguntei sobre a coisa do SEPULTURA. Eu sempre pensei que não sabia todas as pequenas nuances sobre esta separação, é por isso que estou ansioso pra ler seu livro mas eu também me perguntei por que você não despediu todos do SEPULTURA, ficou com o nome e achou substitutos.

Max: "Sim, eu não poderia ter feito isso. Haviam contratos e um bando de coisas legais como isso. Minhas únicas opções na época eram: ficar com eles e fazer o que eles queriam que eu fizesse, que era despedir Gloria [esposa de Max e agente], o que eu achei que era algo errado de se fazer, ou sair. Não me deixaram escolhas, então acabei deixando a banda. Eu tinha fé em mim mesmo e que iria fazer outra coisa. Não sabia exatamente o que iria fazer logo em seguida. Demorou seis meses para montar o SOULFLY, mas eu sabia, em meu coração, que iria sempre querer fazer música e iria continuar fazendo música, eu iria tentar o meu melhor para fazer qualquer banda em que eu estivesse ser a mais poderosa possível. Eu estou, você sabe, olhando para o que aconteceu, eu estou na verdade feliz, porque eu acho que talvez, se eu tivesse continuado no SEPULTURA, talvez não estivesse tão bem, entende? Talvez fosse difícil de manter a qualidade de alto calibre que nós tínhamos no SEPULTURA, e o SOULFLY foi ótimo para mim, porque é uma banda bem livre e eu posso fazer o que quiser com o metal. Eu gosto que o metal seja diferente, gosto de chegar ao limite do metal, gosto de trazer temas de todo o mundo, gosto de trazer convidados, e o SOULFLY me permite fazer isso. Então, de certa forma, acho que há males que vem para bem, como foi ao deixar o SEPULTURA."

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

RockMusicStar: Eu também acho isso. Eu não entendo porque eles lhe perseguem na imprensa e dizem coisas como: "Você virou suas costas para eles", e coisas assim.

Max: "É tudo propaganda. Todos que lerem o livro vão entender porque eu o fiz, e, você sabe, todos que sabem o que está de fato acontecendo sabem que a banda é refém de Andreas [Kisser, guitarrista do SEPULTURA], e de caras que nem mesmo estavam lá no começo. Eles não estavam lá no começo. O SEPULTURA foi formado por mim e Igor [Cavalera, irmão de Max e ex-baterista do grupo], ele tinha pessoas diferentes. Paulo [Xisto Pinto Jr. Baixo] e Derric [Green, atual vocalista] não são fundadores da banda, eles não são membros originais. Da forma que vejo, eles tomaram a banda como refém, e eles estão usando o nome, promovendo-se, mas eles estão jogando o nome para baixo, porque estão ficando cada vez menos populares, eu não ouço nada bom sobre seus discos. Então para mim, eu realmente não ligo. Você sabe, para mim sempre haverá o clássico SEPULTURA que eu amo. EU acho que fizemos discos incríveis, mas está agora tudo no passado."

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Discos do Sepultura serviram de inspiração para novo álbum do Soulfly? Max responde

Sepultura: resenha do show em Jundiaí (Sesc Jundiaí, 29/07/2022)

Por que Max Cavalera acha que "Roots" do Sepultura foi rotulado como Nu-Metal

Max e Iggor convidam Jairo, detonam no Rio e alfinetam: "Verdadeiro Sepultura"

Max Cavalera comenta reunião do Pantera e diz que não pensa em se reunir com o Sepultura

Max Cavalera revela qual música sente mais orgulho de ter escrito

Max Cavalera e os fãs das antigas que só querem ouvir o "Arise"

"Roots": Max Cavalera não concorda com a opinião geral da galera sobre o álbum

Robb Flynn e ex-guitarrista do Machine Head tocam "Roots Bloody Roots" em live

Andreas Kisser retoma posto no Sepultura após ausência por tragédia familiar

Dez grandes músicas que Max Cavalera gravou após sair do Sepultura

João Gordo diz que não fez tanto sucesso quanto Sepultura por não falar inglês

Padrinho do nu metal relembra ensaio do Slipknot e como as máscaras mudaram a banda

Sérgio Britto relembra quando Titãs abriu para Sepultura e recebeu "chuva de cuspe"

"Me culpem pela separação do Sepultura", diz Max Cavalera

Heavy Metal: 50 lições para ser um vocalista brasileiro do gênero

Sepultura: por que Max Cavalera não queria que a banda virasse "o novo Metallica"

Regis Tadeu fala sobre a importância de "Roots", disco que levou muitos ao metal

Kiss: como foi demitir Eric Carr em seu leito de morte

O Whiplash.Net protege algumas bandas e prejudica outras?


Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada.