Nightwish: Floor estuda finlandês para intensificar união

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Hilton Dvorak, Fonte: FaceCulture, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 08/03/14. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

FaceCulture recentemente entrevistou a cantora holandesa Floor Jansen (Nightwish, Revamp, ex-After Forever). Confira ao final as duas partes desta entrevista, cujo trecho pode ser lido a seguir (transcrição feita pelo Blabbermouth):

1229 acessosMarcio Guerra: A performance de Falaschi e Tarja no RIR 20115000 acessosGuns N' Roses: Izzy tentou reunir banda original com Axl em 2012

FaceCulture: Qual é a importância do seu papel no Nightwish, já que agora é a vocalista permanente da banda?

Floor: Acho que agora isto é algo que precisa ser visto tipo, como poderei crescer na banda, por que eu fui apenas uma vocalista convidada durante toda a turnê do disco "Imaginaerum". Então, claro que sabia que eu ia ficar, mas o conceito todo já estava lá. Sendo assim, para o próximo álbum, não sei como isto crescerá. Tenho minha experiência, assim como os outros músicos, e não posso me imaginar, com todo a minha personalidade, dizendo apenas: "Façam como quiserem e eu acompanho vocês!". Por outro lado, eles sabem exatamente o que fazem - eles provaram ser capazes de compor ótimas músicas e demonstrar isto, com tudo se encaixando e todo o conceito soando único - E acredito que é um processo onde posso ver como vou contribuir com minha criatividade e como será meu desempenho. Imagino, tenho minhas intuições e ideias sobre o figurino, palco, mas também com as composições, e Tuomas [Holopainen, tecladista] é sem dúvida o mestre nas composições, ele é o cara 'encarregado', mas Marco [Hietala, baixista] também compõem e toda a banda se junta neste quebra-cabeça. Em algum lugar neste quebra-cabeça, vou ter meu espaço.

FaceCulture: E quando que se mudará da Holanda para Finlândia, para ficar mais perto da terra natal do Nightwish?

Floor: Por questões práticas, não haverá necessidade de me mudar para Finlândia. Digo, é um pouco perto, e você sempre está por lá por certos períodos de tempo, seja para um show ou gravação, e há facilidades quando estou por lá. Mas estou estudando finlandês, e é umas das cinco línguas mais difíceis de se aprender no mundo [risos]. Então, posso me mudar para lá para aprender mais sobre a língua, pois não há lugar melhor para aprender uma língua do que no país de origem dela.

FaceCulture: Por que aprender o idioma?

Floor: Bem, imagine estar num grupo de vinte e cinco pessoas. Há vinte finlandeses, um alemão, um holandês e há uma... ou melhor, vinte pessoas... vamos dizer, há duas ou três pessoas que não falam finlandês, seja num grupo de alemão ou holandês. Você sempre fala a língua que mais ouve. Então, se há vinte pessoas, e dezoito delas são finlandeses, a maioria vai falar finlandês. Independente de quão bem os caras do Nightwish falem inglês, eles sempre precisam traduzir. E penso que, se quero fazer parte de todo o conjunto, estar mais envolvida, entender melhor todo mundo, mesmo agora que estou estudando, entendendo a cultura um pouco mais, ao longo da jornada, sentirei que me encaixarei melhor ainda. Mesmo que tenham me recebido de braços abertos e me fazerem sentir em casa - os chamo de meus e irmãos e minha família - acho que falar finlandês fará a união ser ainda maior.

Parte I:

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

Parte II:

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

TarjaTarja
Cantora fará show de graça em Piedade (SP)

1229 acessosMarcio Guerra: A performance de Falaschi e Tarja no RIR 2011740 acessosRio Rock City: Quando o vocalista novo dá certo?1884 acessosRio Rock City: O Power Metal morreu?0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Nightwish"

Separadas no nascimentoSeparadas no nascimento
Björk e Anette Olson, do Nightwish

Tarja TurunenTarja Turunen
Vocalista comenta o início da carreira na música

NightwishNightwish
Por que a Anette foi tão criticada pelos fãs?

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 08 de março de 2014
Post de 09 de março de 2014
Post de 21 de março de 2014

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Nightwish"0 acessosTodas as matérias sobre "After Forever"0 acessosTodas as matérias sobre "Revamp"

Guns N RosesGuns N' Roses
Izzy tentou reunir banda original com Axl em 2012

Porn MetalPorn Metal
Filmes para inspirar os headbangers solitários

Gosto duvidosoGosto duvidoso
As piores capas da história do Rock e Heavy Metal

5000 acessosGuns N' Roses: Izzy tentou reunir banda original com Axl em 20125000 acessosPorn Metal: Filmes para inspirar os headbangers solitários5000 acessosAs piores capas da história do Rock e Heavy Metal5000 acessosWhitesnake: as músicas da vida de David Coverdale5000 acessosSlayer: Tom Araya revela seus ídolos do baixo5000 acessosGame of Thrones: a inspiração do Blind Guardian e Hammerfall

Sobre Hilton Dvorak

Técnico em TI, músico freelancer e programador. Gosta de tudo que envolve computação de baixo nível, música, matemática, mecânica e engenharia. Se aventurando em literaturas sobre temas "ocultos" e afins.

Mais matérias de Hilton Dvorak no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online