Black Sabbath: "God is Dead?" leva Ozzy para mais perto de Deus

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Samuel Coutinho, Fonte: Metal da Ilha
Enviar correções  |  Comentários  | 

Ozzy Osbourne, conhecido como o Príncipe das Trevas, está de volta com sua banda original, o BLACK SABBATH, pela primeira vez desde 1978, e primeiro single do grupo se chama "God is Dead?"

851 acessosBill Ward: baterista é internado com problemas cardíacos5000 acessosBlind Melon: 'Dream Theater? Desliga essa porra!'

É fácil encontrar alguns cristãos e pessoas que são contra o heavy metal, e uma banda como o Black Sabbath pode facilmente criar uma guerrinha com uma canção chamada "God is Dead?". No entanto, é importante observar o ponto de interrogação no título da música. Se trata de uma negação em vez de uma questão real. É como se alguém falasse que "Deus está morto" e o Black Sabbath respondesse com: "Deus está morto? Como assim?". Adotando este contexto, a banda reconhece, da sua própria maneira, a existência de um criador.

Osbourne está fazendo uma pergunta que muitos cristãos e não crentes talvez tenham feito em algum momento ou outro em sua caminhada, "Deus é real, Ele existe?". Esta canção mostra a mesma pergunta.

Mike Ross do GigCity, oferece um ponto interessante e menciona a canção da banda de 1971, "After Forever". Naquela época, Ozzy cantou: "Talvez você esteja com medo do que seus amigos poderiam dizer se eles soubessem que você acredita no Deus lá de cima? Eles devem entender antes de criticar, que Deus é a única maneira de amar". Parece que, apesar de tudo o que esteja acontece ao seu redor, ele tem uma ideia sobre a verdade bíblica, não importando o quanto o mundo esteja caótico. Agora ele parece em dúvida, mas certamente acredita que "Deus esteja vivo".

Foi bem documentado ao longo da vida da banda e da carreira de Ozzy longe do Black Sabbath, que eles já passaram por alguns momentos turbulentos. Ozzy tem uma história com drogas e álcool, e tudo mais. Através dessas coisas, ele traz à tona um tema importante para o mundo de hoje. É uma pergunta que precisa ser feita, e em seguida, respondida com clareza. A única resolução que o vocalista oferece é esta: "Mas ainda, as vozes em minha cabeça / Estão me dizendo que Deus está morto / O sangue escorre / A chuva fica vermelha / eu não acredito que Deus esteja morto".

"Eu não acredito que Deus esteja morto", termina o comentário, e a música acaba. Depois de quase nove minutos de música, Ozzy não encontra uma resposta com 100% de certeza, mas olha para o mundo e decide que Deus é real. É um final um pouco decepcionante, mas no geral, um passo em direção à justiça. Concluindo que Ozzy está à procura de respostas para confirmar a sua crença.

Fonte original desta matéria:
http://www.breathecast.com/articles/black-sabbath-god-is-dea...

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Bill WardBill Ward
Hospitalizado por problemas cardíacos, baterista cancela shows

851 acessosBill Ward: baterista é internado com problemas cardíacos1020 acessosEnciclopédia do Rock: "The End Of The End", do Black Sabbath367 acessosSom de Peso: uma resenha do "Vol 4" do Black Sabbath0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Black Sabbath"

Dimebag DarrellDimebag Darrell
Em 1993, citando suas 12 músicas favoritas

Black SabbathBlack Sabbath
"Não imaginávamos ainda mexer com as pessoas!"

Sabbath e PurpleSabbath e Purple
A genealogia intercalada das 2 bandas inglesas

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Black Sabbath"


Blind MelonBlind Melon
"Dream Theater? Desliga essa porra!"

Iron MaidenIron Maiden
Nicko McBrain fala sobre sua conversão ao cristianismo

CuriosidadesCuriosidades
10 músicas que foram "tomadas" emprestadas

5000 acessosAvenged Sevenfold: 10 músicas que podem fazer você mudar de idéia5000 acessosGhost: De quais bandas brasileiras eles gostam?5000 acessosSlash: por que ele usa óculos escuros o tempo todo?5000 acessosGuns N' Roses: Steven Adler adoraria tocar de novo com a banda5000 acessosAngra: Só falta um em foto de Confessori nas redes sociais5000 acessosMetallica: Dave Lombardo quer ensinar Lars Ulrich a tocar

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 27 de abril de 2014
Post de 27 de abril de 2014
Post de 01 de maio de 2014


Sobre Samuel Coutinho

Nascido no interior de SP no dia 15/12/1986, em uma cidade chamada Ilha Solteira, Samuel Coutinho se entregou ao heavy metal logo na adolescência. Seu forte sempre foi o heavy metal melódico, variando desde o prog-metal até ao power-metal.

Mais matérias de Samuel Coutinho no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online