RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas


Nirvana: Bill Gates tentou comprar gravadora Sub Pop em 1994

Por Nacho Belgrande
Fonte: Playa Del Nacho
Postado em 26 de abril de 2014

Dana Giachetto, ex-sócio da gravadora SUB POP RECORDS – o selo de Seattle mais famoso por lançar o NIRVANA – revelou que a MICROSOFT tentou comprar a empresa em 1994.

Falando sobre o negócio, que viu ofertas vindas também da Geffen Records, Sony Music e os eventuais vitoriosos Warner Bros no auge do movimento grunge, Giachetto descreveu como Bill Gates e o lance de 4 milhões de dólares fora ‘uma miséria de dinheiro’ e como eles o conduziram para fazer com que a Microsoft parecesse ‘um pouco mais descolada’.

Nirvana - Mais Novidades

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 1

Em entrevista ao site Hollywood Reporter, o ex-sócio, que também tem declarado que ele fora uma inspiração essencial para o personagem de Leonardo Di Caprio na recente película "O Lodo de Wall Street", descreve como é que se deu a aquisição por parte da Warner: "Agora eu posso contar que a Universal foi quem ofereceu o maior lance, 25 milhões de dólares, mas não seria o alinhamento criativo ideal. A oferta da Sony? 5 milhões. A de David Geffen? 8 milhões – eu disse a ele que o lance era baixo pra caralho – e a Microsoft mandou uma miséria de 4 milhões, o que foi, honestamente, insultante."

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 2

Ele continuou: "Bill Gates, que à época se considerava ‘o futuro do entretenimento’, não tinha como ser uma pessoa mais sem graça. A compra com certeza teria feito a Microsoft um pouco mais descolada. Eles ainda não são".

A Sub Pop foi fundada em 1986 por Bruce Pavitt e Jonathan Poneman, em Seattle. O selo é mais conhecido por seu trabalho com a linha de frente do grunge e representava artistas do calibre do Nirvana e do Mudhoney. Desde então, eles continuam a trabalhar com uma vasta gama de artistas, incluindo The Shins, The Postal Service e Shabazz Palaces.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 3
Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps




publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | Alex Juarez Muller | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Geraldo Fonseca | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)
Mais matérias de Nacho Belgrande.

 
 
 
 

RECEBA NOVIDADES SOBRE
ROCK E HEAVY METAL
NO WHATSAPP
ANUNCIAR NESTE SITE COM
MAIS DE 4 MILHÕES DE
VIEWS POR MÊS