Corey Taylor: Dio tinha um misto de virtuosidade e alma

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Fernando Portelada, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 07/04/14. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Corey Taylor recentemente falou com Jay Nanda do San Antonio Metal Music Examiner sobre seu envolvimento em “This Is Your Life”, o tributo ao lendário vocalista Ronnie James Dio.

3924 acessosSlipknot: fãs não se contém e fazem mosh em cinema durante filme5000 acessosBon Jovi: o mistério de Tommy e Gina em "Livin' On A Prayer"

Quando perguntado sobre os motivos de ter escolhido fazer um cover de “Rainbow In The Dark”, Taylor disse: “Essa é uma das minhas favoritas.” Ele adiciona: “ É difícil escolher uma faixa favorita do DIO. Não somente de suas faixas solo, mas de seu trabalho com o SABBATH, RAINBOW. Ele é uma lenda por uma razão, mas ‘Rainbow In The Dark’ sempre foi uma das minhas favoritas. Eu posso lembrar de ver o vídeo quando eu era mais jovem na MTV, chegando da escola, e tinha esse novo formato de música, e deste punhado de vídeos, ‘Rainbow In the dark’ foi o primeiro vídeo que eu vi do DIO e eu fiquei tipo, ‘Wow , eu amei essa faixa'. Sempre ficou presa em mim com o passar dos anos. Eu não sei se é essa grande mistura de hard rock e heavy metal ou se é porque é de fato uma música muito bem escrita. A performance de Ronnie é doentia, O solo de Vivian [Campbell] é ridiculamente bom. É uma música matadora do começo ao fim.”

Ainda sobre o processo de sua versão da música, Taylor disse: “Ah, cara, eu estive cantando essa música por anos. Até depois de atingir a puberdade e não conseguir mais atingir as notas [risos]. É uma dessas coisas que você nunca sabe.”

“Eu posso lembrar de imitá-lo em meu porão, cantar junto com suas músicas na casa da minha avó. E essa era uma dessas faixas, dê tudo que você tem.”

“A única forma que eu sei de abordar as músicas é ir com tudo. É a única razão de eu fazer música.”

Se eu fosse sair lá fora e fazer um trabalho mal feito, eu não estaria fazendo isso. Por ser um fã de Ronnie, por ser um fã desta música e saber que há um legado real quanto a sua performance, quanto a esta música, não há como não dar mil por cento. Não só do ponto de vista desta incrível canção, mas pelo respeito pela música e acima de tudo, pelo respeito que eu tenho por Ronnie.”

Sobre como ele se envolveu com o álbum tributo “This Is Your Life”, Taylor disse: “Foi meio engraçado, cara.” Eu estava trabalhando em algumas demos com meu amigo Jay Ruston, que é um produtor. Ele fez a mixagem de ‘House Of Gold And Bones’ do STONE SOUR. Ele fez ‘Worship Music’ com o ANTHRAX. O cara já fez muita coisa. Nós estávamos na sua casa, e ele estava envolvido com esse projeto. Ele me contou: ‘Veja, Wendy [Dio, esposa e agente de Ronnie] tem uma lista de pessoas que ela gostaria que estivessem envolvidas, e você está nela.’ Eu falei: ‘Onde? Já estou lá.’ E foi fácil dessa forma. Ela falou comigo e com minha esposa para checar a disponibilidade e eu fiquei falando o tempo inteiro: ‘Não se preocupe com isso, eu cuido daquilo. Só nos dê um prazo e eu vou ter tudo pronto duas semanas antes.’”

Quando perguntado sobre o que era mais marcante sobre Ronnie como vocalista e como pessoa, Taylor disse: “Era a facilidade com que ele abordava tudo e desmentia o que você estava ouvindo e o que você estava vendo.”

“Ouvi história de pessoas que me falaram que ele só se aquecia uma vez.” Ele ficava fumando cigarros até entrar no palco, e então ele basicamente subia no palco, cantava uma nota e dizia: ‘Ok, estamos prontos’. Isso me deixa louco como um vocalista: ‘Sério?’ Eu acho que esta é uma das razões de sua música ainda ser tão vibrante nos dias de hoje. [...] Há esse misto de virtuosidade e alma que não se vê facilmente. Você geralmente é bom em algo ou bom em outa coisa. Isso é muito raro de acontecer, só as verdadeiras lendas tem isso.”

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 07 de abril de 2014

SlipknotSlipknot
Fãs não se contém e fazem mosh em cinema durante filme da banda

608 acessosSlipknot: "Day Of The Gusano" será lançado em DVD/Blu-ray em outubro3429 acessosSlipknot: confira "Vermilion" ao vivo, presente no novo DVD748 acessosMascarados: em vídeo, o Top 10 das bandas que usam máscaras0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Slipknot"

LoudwireLoudwire
Top 10 bandas americanas de metal

SlayerSlayer
Ouça "Seasons In The Abyss" com Corey Taylor no vocal

SlipknotSlipknot
Novos membros não estão lá só para receber cheque

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Dio"0 acessosTodas as matérias sobre "Slipknot"0 acessosTodas as matérias sobre "Stone Sour"

Bon JoviBon Jovi
O mistério de Tommy e Gina em "Livin' On A Prayer"

Mike ManginiMike Mangini
Um dos bateristas mais rápidos do mundo?

Iron MaidenIron Maiden
O que a equipe consome quando vai a um pub?

5000 acessosGreen Day: 10 coisas que você não sabe sobre a banda5000 acessosCompridas: As músicas mais longas de grandes bandas5000 acessosSeparadas no nascimento: Pitty e Amy Winehouse5000 acessosAC/DC: Brian May gostaria de ter feito parte do grupo5000 acessosOzzy Osbourne: foto do pastel favorito do Madman5000 acessosPaul Di Anno: Qual a opinião dele sobre os vocais de Bruce Dickinson?

Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online