Corey Taylor: Dio tinha um misto de virtuosidade e alma

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Fernando Portelada, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 07/04/14. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Corey Taylor recentemente falou com Jay Nanda do San Antonio Metal Music Examiner sobre seu envolvimento em “This Is Your Life”, o tributo ao lendário vocalista Ronnie James Dio.

2057 acessosSlipknot: Sid Wilson entrou na banda porque socou o palhaço5000 acessosSeparadas no nascimento: Amy Lee (Evanescence) e Shione Cooper (atriz pornô)

Quando perguntado sobre os motivos de ter escolhido fazer um cover de “Rainbow In The Dark”, Taylor disse: “Essa é uma das minhas favoritas.” Ele adiciona: “ É difícil escolher uma faixa favorita do DIO. Não somente de suas faixas solo, mas de seu trabalho com o SABBATH, RAINBOW. Ele é uma lenda por uma razão, mas ‘Rainbow In The Dark’ sempre foi uma das minhas favoritas. Eu posso lembrar de ver o vídeo quando eu era mais jovem na MTV, chegando da escola, e tinha esse novo formato de música, e deste punhado de vídeos, ‘Rainbow In the dark’ foi o primeiro vídeo que eu vi do DIO e eu fiquei tipo, ‘Wow , eu amei essa faixa'. Sempre ficou presa em mim com o passar dos anos. Eu não sei se é essa grande mistura de hard rock e heavy metal ou se é porque é de fato uma música muito bem escrita. A performance de Ronnie é doentia, O solo de Vivian [Campbell] é ridiculamente bom. É uma música matadora do começo ao fim.”

Ainda sobre o processo de sua versão da música, Taylor disse: “Ah, cara, eu estive cantando essa música por anos. Até depois de atingir a puberdade e não conseguir mais atingir as notas [risos]. É uma dessas coisas que você nunca sabe.”

“Eu posso lembrar de imitá-lo em meu porão, cantar junto com suas músicas na casa da minha avó. E essa era uma dessas faixas, dê tudo que você tem.”

“A única forma que eu sei de abordar as músicas é ir com tudo. É a única razão de eu fazer música.”

Se eu fosse sair lá fora e fazer um trabalho mal feito, eu não estaria fazendo isso. Por ser um fã de Ronnie, por ser um fã desta música e saber que há um legado real quanto a sua performance, quanto a esta música, não há como não dar mil por cento. Não só do ponto de vista desta incrível canção, mas pelo respeito pela música e acima de tudo, pelo respeito que eu tenho por Ronnie.”

Sobre como ele se envolveu com o álbum tributo “This Is Your Life”, Taylor disse: “Foi meio engraçado, cara.” Eu estava trabalhando em algumas demos com meu amigo Jay Ruston, que é um produtor. Ele fez a mixagem de ‘House Of Gold And Bones’ do STONE SOUR. Ele fez ‘Worship Music’ com o ANTHRAX. O cara já fez muita coisa. Nós estávamos na sua casa, e ele estava envolvido com esse projeto. Ele me contou: ‘Veja, Wendy [Dio, esposa e agente de Ronnie] tem uma lista de pessoas que ela gostaria que estivessem envolvidas, e você está nela.’ Eu falei: ‘Onde? Já estou lá.’ E foi fácil dessa forma. Ela falou comigo e com minha esposa para checar a disponibilidade e eu fiquei falando o tempo inteiro: ‘Não se preocupe com isso, eu cuido daquilo. Só nos dê um prazo e eu vou ter tudo pronto duas semanas antes.’”

Quando perguntado sobre o que era mais marcante sobre Ronnie como vocalista e como pessoa, Taylor disse: “Era a facilidade com que ele abordava tudo e desmentia o que você estava ouvindo e o que você estava vendo.”

“Ouvi história de pessoas que me falaram que ele só se aquecia uma vez.” Ele ficava fumando cigarros até entrar no palco, e então ele basicamente subia no palco, cantava uma nota e dizia: ‘Ok, estamos prontos’. Isso me deixa louco como um vocalista: ‘Sério?’ Eu acho que esta é uma das razões de sua música ainda ser tão vibrante nos dias de hoje. [...] Há esse misto de virtuosidade e alma que não se vê facilmente. Você geralmente é bom em algo ou bom em outa coisa. Isso é muito raro de acontecer, só as verdadeiras lendas tem isso.”

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

SlipknotSlipknot
Sid Wilson entrou na banda porque socou o palhaço

28 acessosEm 08/12/1973: Nasce Corey Taylor (Slipknot)27 acessosEm 03/11/1973: Nasce Mick Thomson (Slipknot)772 acessosSlipknot: Jordison toca clássica em versão acústica na Argentina30 acessosEm 25/05/2004: Slipknot lança o álbum Vol. 3 (The Subliminal Verses)17 acessosEm 24/07/2012: Slipknot lança a coletânea Antennas To Hell0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Slipknot"

SlipknotSlipknot
Viúva de Paul Gray agradece apoio dos fãs

SlipknotSlipknot
Os discos da vida de Corey Taylor

SlipknotSlipknot
Próximo disco será "violento" e "desconfortável"

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Dio"0 acessosTodas as matérias sobre "Slipknot"0 acessosTodas as matérias sobre "Stone Sour"


SemelhançaSemelhança
Amy Lee e a atriz pornô Shione Cooper

Guns N RosesGuns N' Roses
Axl fanfarrão explica como pegava todas as garotas

ScorpionsScorpions
As 20 melhores canções com temática romântica

5000 acessosAC/DC - o dia em que a comunidade do Rock 'n Roll ficou abalada5000 acessosE-Farsas: Papa Francisco era fã do Black Sabbath?5000 acessosHeavy Metal: 5 músicos que não são metaleiros mas amam o estilo5000 acessosJimi Hendrix: dono do melhor riff de todos os tempos5000 acessosVan do Halen: as ladainhas preferidas dos "roqueiros"4222 acessosSlayer: Tom Araya não tem certeza se haverá um novo álbum

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 07 de abril de 2014


Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online