Indústria: Se a música é uma droga, então o MP3 é o crack

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar correções  |  Ver Acessos

Citações do painel de debate "Alta Qualidade de Áudio: Ela tem alguma importância?" realizado na conferência Music Biz 2014 em Los Angeles semana passada:

Mötley Crüe: a ousada tattoo de modelo paulista em tributo à bandaMegadeth: Mustaine abre o jogo sobre convite a Pepeu Gomes

Steve Silberman [AudioQuest]: "O streaming com bitratos melhores, com qualidade de CD ou superior, vai ser uma grande parte desse ecossistema. Eu acho que as pessoas realmente querem música com qualidade melhor."

"Onde eu moro, na minha cidade, eu sou o único cidadão com um aparelho de som doméstico. E a parte mais difícil de tirar as pessoas de dentro da minha casa é que o som se torna um grande imã. Mas não é o aparelho em si, é a qualidade do som. Meus amigos, que todos possuíam excelentes aparelhagens na época da faculdade há vinte, Vinte e cinco anos, todos se esqueceram de como é o som da boa música, porque eles pegaram um atalho."

"Eles usam Pandora de graça com seus alto-falantes vagabundos ligados à televisão e acham que aquilo é música."

"E há aquele momento de surpresa que eu vejo no rosto das pessoas quando elas chegam na minha casa. E ouvem, apenas música com qualidade de CD em uma aparelhagem decente, é fascinante. E o fato de que as pessoas estão comprando tantos discos, toca-discos, de uma loja como a Urban Outfitters, eu acho isso fascinante."

"A música é uma droga recreativa, e os MP3 são como metanfetaminas. São drogas ruins, o crack."

[risos da plateia]

Vickie Naumann [moderadora]: "Vai ser bom ler isso no Digital Music News"

[mais risos]

John Hamm [Pono]: Eis uma frase de efeito para o Twitter, 'O MP3 é a metanfetamina da música'.

[barulho e comentários na plateia]

Silberman: "É a metanfetamina da música. O que as pessoas querem é a maconha de alta qualidade do Colorado. E arquivos de alta resolução e vinil, tudo que proporcione uma viagem."

Hamm: "Eu acho que dentre as escolhas de qualidade, os seres humanos sempre tendem a querer algo melhor, se o puderem ter. Somos assim em todos os outros aspectos de nossas vidas."

"O artista está lhe dizendo, 'Eu quero que você ouça o meu melhor trabalho, eu quero que você o ouça do modo que eu o fiz'. E se um chef de cozinha fosse até esse nível de detalhamento para que a coisa saísse nos conformes e metade da comida caísse no chão a caminho da mesa? Você ficaria puto. Mas a verdade é que, é isso que acontece na música, uma fração do produto que o artista faz no estúdio chega até você em um arquivo de som altamente comprimido. Mas o que os artistas realmente querem é que você tenha o melhor do trabalho deles, então, todos eles optam por isso."

"E os fãs ouvirão aos artistas muito mais do que ouvirão a nós."




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Indústria Musical"


Vinil: comprar toca-discos com USB para converter LP é estupidezVinil
Comprar toca-discos com USB para converter LP é estupidez

Povo compra, mas não ouve: fim da moda do vinil pode estar pertoPovo compra, mas não ouve
Fim da moda do vinil pode estar perto

Estúdios: outros 10 que você deve conhecer antes de morrerEstúdios
Outros 10 que você deve conhecer antes de morrer


Mötley Crüe: a ousada tattoo de modelo paulista em tributo à bandaMötley Crüe
A ousada tattoo de modelo paulista em tributo à banda

Megadeth: Mustaine abre o jogo sobre convite a Pepeu GomesMegadeth
Mustaine abre o jogo sobre convite a Pepeu Gomes

Rockstars: as esposas mais lindas do rock - 1ª parteRockstars
As esposas mais lindas do rock - 1ª parte

Satanismo: O que pensam os que acreditam que rock é coisa do demo?Satanismo
O que pensam os que acreditam que rock é coisa do demo?

Guns N' Roses: álcool, drogas e intrigas nos primórdios da bandaGuns N' Roses
álcool, drogas e intrigas nos primórdios da banda

Megadeth: vídeo mostra Dystopia pela primeira vez ao vivoMegadeth
Vídeo mostra "Dystopia" pela primeira vez ao vivo

Heart: Barracuda, uma narrativa contra uma mentira sexistaHeart
"Barracuda", uma narrativa contra uma mentira sexista


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336