Matérias Mais Lidas

imagem"A ingenuidade do fã do Iron Maiden é um negócio que beira o patético", diz Regis Tadeu

imagemJohn Bonham, Keith Moon ou Charlie Watts, quem era o melhor segundo Ginger Baker?

imagemProdutor de "Temple of Shadows" conta problemas que teve com voz de Edu Falaschi

imagemSteven Tyler dá entrada em clínica de reabilitação após sofrer recaída

imagemFãs protestam contra Claustrofobia após banda fazer versão de música do Pantera

imagemKiko Loureiro explica efeito colateral da saída de Andre Matos que o fez crescer

imagemRegis Tadeu explica porque Ximbinha é um dos melhores guitarristas do Brasil

imagemRitchie Blackmore comenta o instrumental que lançou como homenagem a Jon Lord

imagemVital, o ex-Paralamas que virou nome de música e depois foi pro Heavy Metal

imagemZakk Wylde relembra ídolo: "tão relevante quanto Bach, Beethoven e Mozart"

imagemComo foi 1º encontro de Nando Reis e Cássia Eller, ocorrido na casa de Marisa Monte

imagemÁlbum histórico do Iron Maiden estampa capa da revista Metal Hammer

imagemLuciana Gimenez tentou aprender com Mick Jagger algo que não funcionou para ela

imagemFernanda Lira, da Crypta, e o papo reto sobre "se falar de política vai perder fãs"

imagemA definição de rock n roll segundo quem melhor entende do assunto: Mick Jagger


Stamp

Grunge: Paw e Screaming Trees, filhos esquecidos de uma geração

Por Flávio Siqueira
Em 08/06/14

Quando a chuvosa Seattle começava a abrigar bandas como Pearl Jam, Soundgarden, Nirvana e Alice in Chains, o grunge já possuía, em sua fase seminal, outros grupos que, infelizmente, sumiram do mapa. O mainstream cooptou vorazmente as sandices de Kurt Cobain, as guitarras sujas do Soundgarden, o peso do Alice in Chains e o vocal portentoso de Eddie Vedder. Seattle possuía seu "quarteto fantástico" nos anos 90, época em que havia pouca ou quase nenhuma exaltação ao Screaming Trees e Paw. Coisas da vida, nem sempre o que é bom necessariamente será lembrado.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Primeiramente, Screaming Trees e Paw tinham em sua formação dois vocalistas barítonos com vozes marcantes e profundas. Mark Lanegan, de certo modo, tinha um jeito meio "falado" de cantar em linhas vocais quase proféticas. Era o frontman do Screaming Trees. Mark Hennessy e sua característica rouquidão evocada nos refrães equilibrava a sonoridade "heavy" e ao mesmo tempo melódica do Paw.

A trupe de Mark respirava outros ares, fora formada no Kansas, e não em Seattle. A banda lançou três álbuns calcados em riffs agressivos de guitarra e certa dose de melancolia na sonoridade. Já o Screaming Trees tinha uma veia mais "pop", não no sentido restrito da palavra, mas comparada à fúria sonora do já citado quarteto. Vale a pena conferir.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva


Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

imagemEddie Vedder homenageia Mark Lanegan durante show realizado em Seattle; assista aqui

Screaming Trees e QOTSA: morre aos 57 anos o vocalista Mark Lanegan

imagemAnos 90: 10 bandas que mereciam mais reconhecimento, por Rich Hobson


QOTSA: Josh Homme comenta o uso exagerado de drogas no passado


Axl Rose: "ele é um fracassado", diz mulher de Slash


Sobre Flávio Siqueira

Nascido e criado em Brasília, aos 14 anos pegou emprestado um "The Best of" do Pink Floyd. O choque foi tão grande que resolveu aprender guitarra somente para executar o solo de "Time". De lá pra cá vem estudando guitarra e apreciando bandas de stoner, grunge e rock progressivo, além de muito blues e algumas coisas de jazz e música erudita. Atualmente toca guitarra numa banda que mescla influências de stoner, grunge e uma pitada de rock psicodélico.

Mais matérias de Flávio Siqueira.