Darkside: Bosco Lacerda é o novo baterista da banda

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Leonardo Daniel Tavares da Silva, Fonte: Roadie Crew, Press-Release
Enviar correções  |  Ver Acessos

Press-release - Clique para divulgar gratuitamente sua banda ou projeto.

Darkside é um exemplo perseverante do underground. Desde a sua fundação em 1991, passou por várias reformas, até mesmo mudado o nome em 1996, porém, a repercussão das primeiras demos fez a antiga nomenclatura reviver lançando o primeiro álbum, "Eclipsed Soul" (2004). Meses após o lançamento de "Prayers In Doomsday" (2012), o vocal Alex Eiras sai da banda, inaugurando um período de instabilidade que duraria por mais alguns meses. Seu substituto, Marcelo Falcão, estreou no dia 28 de abril de 2013 em Fortaleza (CE).

Heavy Metal: os vinte melhores álbuns da década de 80Ozzy Osbourne: "O Rio de Janeiro é uma porra duma merda!"

Tales Groo, Kaio Kastelo, Anderson Meneses, Marcelo Falcão e Bosco Lacerda. Foto: André Rocha
Tales Groo, Kaio Kastelo, Anderson Meneses, Marcelo Falcão e Bosco Lacerda. Foto: André Rocha

Nesse período a banda estava atuando como quarteto devido à dispensa de Helder Jackson (ex-guitarrista), que retornaria alguns meses depois subindo no palco mais duas vezes para então sair definitivamente. Já em 2014 foi a vez de Renato Filtro (ex-baixista), seguido de Richardson Lucena (ex-baterista). Quase toda a formação que gravou Prayers..., a partir daí não existia mais. Assim a DARKSIDE permanecia mais uma vez apenas com seu único integrante original, Tales Groo (guitarrista). A entrada de Kaio Kastelo (baixo), Anderson Meneses (guitarra) e Acácio Vidal (bateria, GSTRUDS) garantiram a renovação necessária para que a banda prosseguisse cumprindo as datas e compondo material para o novo CD. Após tocar em três shows, Acácio é substituído por Bosco Lacerda (RISE OF FALLEN SOULS, ex-FINAL PROPHECY) no show da programação antecedente ao "Festival Rock Cordel" - em Fortaleza (CE) - no último dia 23 de maio, onde o grupo estabeleceu um recorde de público na história do evento que já reuniu centenas de bandas em suas oito edições. Presente também estava Juciê Lord da Webradio Exmera (SP), que fez comentários sobre o músico: "com a fúria de um animal feroz, um 'louco' impõe sua personalidade e assinatura destruindo a bateria com técnica, perfeição e expressões, regendo com mágicas batutas." Bosco falou à revista ROADIE CREW: "O convite para tocar no Darkside foi feito pelo Tales, pra mim foi uma honra ser lembrado por uma banda que está há tanto tempo na estrada e que já passaram bateras excelentes." Disse. Com a entrada de Bosco, fecha-se mais um ciclo de mudanças de formação no Darkside.

Por Leonardo Brauna



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Dark Side"Todas as matérias sobre "Darksyde"


Melhores de 2012: as escolhas do redator Leonardo Daniel TavaresMelhores de 2012
As escolhas do redator Leonardo Daniel Tavares


Heavy Metal: os vinte melhores álbuns da década de 80Heavy Metal
Os vinte melhores álbuns da década de 80

Ozzy Osbourne: O Rio de Janeiro é uma porra duma merda!Ozzy Osbourne
"O Rio de Janeiro é uma porra duma merda!"


Sobre Leonardo Daniel Tavares da Silva

Daniel Tavares nasceu quando as melhores bandas estavam sobre a Terra (os anos 70), não sabe tocar nenhum instrumento (com exceção de batucar os dedos na mesa do computador ou os pés no chão) e nem sabe que a próxima nota depois do Dó é o Ré, mas é consumidor voraz de música desde quando o cão era menino. Quando adolescente, voltava a pé da escola, economizando o dinheiro para comprar fitas e gravar nelas os seus discos favoritos de metal. Aprendeu a falar inglês pra saber o que o Axl Rose dizia quando sua banda era boa. Gosta de falar dos discos que escuta e procura em seus textos apoiar a cena musical de Fortaleza, cidade onde mora. É apaixonado pela Sílvia Amora (com quem casou após levar fora dela por 13 anos) e pai do João Daniel, de 1 ano (que gosta de dormir ouvindo Iron Maiden).

Mais matérias de Leonardo Daniel Tavares da Silva no Whiplash.Net.