Matérias Mais Lidas

imagemA resposta de John Lennon quando perguntado se retornaria aos Beatles em 1975

imagemCinco músicas que são covers, mas você acha que são as versões originais - Parte 2

imagemO clássico dos Paralamas que Gilberto Gil escreveu a letra e ditou pelo telefone

imagemO clássico da Legião inspirado em novela da TV Globo e acusado de plagiar The Doors

imagemRitchie Blackmore em 1978 sobre o Kiss, Fleetwood Mac, Yardbirds e Led Zeppelin

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1988 é um ano inesquecível

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1984 é um ano vital para o metal

imagemCinco curiosidades sobre "The Sick, The Dying... And The Dead!", do Megadeth

imagemBob Dylan explica a diferença entre suas composições e as de Paul McCartney

imagemQuantos discos o Guns N' Roses vendeu no Brasil e no mundo? Veja os números

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1991 é um ano tão celebrado

imagemCadáveres, sangue e girombas: a história da capa de "Reign In Blood", do Slayer

imagemPaul McCartney lista os cinco músicos que formariam sua banda dos sonhos

imagemMichael Schenker explica por que deixou o Scorpions e se juntou ao UFO

imagemAdrian Smith e a volta ao Maiden: "queriam o Bruce e já tinham dois guitarristas"


Ariel Coelho: Técnica Vocal Aplicada ao Rock

Por Mariana Lima
Fonte: Mariana Lima
Em 07/07/14

Press-release - Clique para divulgar gratuitamente sua banda ou projeto.

Ariel Coelho ensina técnica vocal para o canto popular desde 1996. De lá pra cá tem ministrado cursos, oficinas, workshops e workshows em diversas cidades brasileiras.

Não obstante, deste então tem se deparado com uma enorme lacuna deixada pelas pedagogias vocais tradicionais relativamente à compreensão e ensino das inúmeras técnicas vocais presentes no canto rocker, desde as suas origens. Isso porque a esmagadora maioria dos professores brasileiros de canto e/ou técnica vocal foca suas atividades pedagógicas exclusivamente no ensino das técnicas utilizadas e desenvolvidas para o canto erudito e suas derivações; e os que se aventuram no ensino das técnicas vocais aplicadas ao canto popular, ou por desconhecimento, ou por falta de preparo mesmo, subestimam as técnicas vocais aplicadas ao rock e seus subgêneros.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Não é de surpreender, pois, que encontremos em todo o país, não mais do que meia dúzia de profissionais razoavelmente instruídos em pedagogia vocal rocker. E antes que alguém alarde conhecer vários e vários professores que ensinam técnicas para se cantar rock no Brasil, cabe chamar a atenção para a crucial diferença entre o "professor que canta/ensina" e o "professor que ensina/canta/ensina". Ou seja, uma coisa é ter como professor(a) um(a) bom(a) cantor(a) que lá pelas tantas resolveu passar adiante "as suas técnicas", encarnando aí a figura de professor; outra bem diferente é tem como professor(a) um profissional da pedagogia vocal efetivamente, que além de contínua lapidação didático-pedagógico (formação acadêmica continuada), busca na prática do seu canto e docência o aprimoramento constante de sua metodologia de ensino (campo experimental). No primeiro caso, não se ultrapassa o campo da empiria, onde o grau de adequação das técnicas ensinadas está estritamente relacionado ao perfil vocal do aluno e, não obstante, o grau de eficácia didático-pedagógica do cantor/professor está diretamente relacionado ao seu nível de desenvolvimento proprioceptivo. Já no segundo caso, adentramos no campo pedagógico vocal enquanto um saber científico, com todos os seus nuances e matizes teórico-metodológicos.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

E cabe ainda ressaltar que é ainda agravada pelo fato que de o acesso no Brasil ao processo de ensino-aprendizagem vocal rocker é bastante restrito, seja por falta de recursos financeiros para se adquirir material ou para estudar noutras cidades ou mesmo estados da federação, seja pela falta de profissionais preparados para o ensino de tais técnicas.

Como resposta a esta enorme lacuna da/na pedagogia vocal brasileira, desde de 1996 Ariel Coelho vem direcionando gradativamente todos os seus esforços didático-pedagógicos para uma verdadeira e sólida sistematização teórico-metodológica em Técnica Vocal Aplicada ao Rock.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

De tais esforços nasceu o Curso Livre de Técnica Vocal Aplicada ao Rock (modalidades presencial e EAD), com sede em Florianópolis/SC e filiais em Criciúma/SC, Blumenau/SC, São Paulo/SP, Niterói/RJ, Curitiba/PR, Porto Alegre/RS e Belo Horizonte/MG.
Fundou o INSTITUTO ROCK VOICE (Centro de Excelência em Formação de Rock Singers), com sede em Fpolis/SC.
Oferece cursos: presenciais, EAD, Oficinas Temáticas, Cursos Modulares de Formação, sessões de coaching, Workshops e Workshows.

Ariel Coelho, coordenador e professor do Curso Livre de Técnica Vocal aplicada ao Rock, é cantor profissional há 23 anos, multinstrumentista, professor de canto e técnica vocal há 18 anos, membro da Associação Brasileira de Canto – ABC, da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia – SBFa, da Federação Iberoamericana de Pesquisas da Voz Cantada e Falada – FIVCH, criador e coordenador do Curso Livre de Técnica Vocal Aplicada ao Rock e lead vocal das bandas CODA Classic Rock e Brazilian Pink Floyd.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Mais informações sobre workshops e oficinas no [email protected]

Sobre o autor no www.arielcoelho.com.br.

Imprensa com Mariana Lima - [email protected]

_________
Prof. Ariel Coelho
* Membro da Associação Brasileira de Canto – ABC
* Membro da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia – SBFa
* Membro da Fundação Iberoamericana de Pesquisas da Voz Cantada e Falada – FIVCH

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Sobre Mariana Lima

Formada em Jornalismo pela FIAM-FAAM, começou seu envolvimento com a música bem cedo. Estudou música com complemento em Coral e Instrumento Erudito pelo Conservatório Projeto Guri de São Paulo - Pólo Júlio Prestes (Região Central de SP), após terminar o período de estudos e apresentações no conservatório continuou a praticar sozinha o estudo de canto lírico e acabou seguindo para o lado do Metal Sinfônico, com as bandas: Epica, Nightwish, After Forever, Stratovarios e Forever Slave. Conhecendo diversas bandas e vocalistas sentiu o interesse de divulgar estes para toda a rede de internet, e assim fazer com quê todos pudessem conhecê-los também. Sendo assim fundou em agosto de 2010, o Blog Mari Lima e hoje Rock Alive Brasil, com informações do mundo do Rock em geral. Atualmente, Mari Lima é assessora de imprensa e vocalista da banda SleepWalkers e apresentadora do programa Decibéis.

Mais matérias de Mariana Lima.