Gene Simmons: como imigrante ele diz "aprenda a falar inglês"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fernando Portelada, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar Correções  

O baixista/vocalista do KISS, Gene Simmons, esteve no HuffPost na última segunda, 11 de agosto, para conversar sobre a nova turnê da banda e a nova série "4th And Loud", que vai documentar sobre o novo time de futebol da Arena Football League, LA Kiss. A conversa rapidamente mudou para as opiniões de Simmons sobre os imigrantes que, em sua cabeça, relutam em aprender inglês.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Quando perguntando como ele se sente como a música do KISS se conectou com músicas gerações, ele disse: "Em toda a seriedade, é algo que vem do coração. Eu fico sinceramente... Como devo dizer, porque eu fico quase sem ar? Eu não nasci na América. Eu sei que não parece. E quando eu cheguei aqui, como um garoto de oito anos com minha mãe, eu fui bem recebido pela América e suas pessoas e recebi todas as vantagens de um nativo. O que é incrível, quando você pensa sobre isso, porque em outros países, eles teriam me colocado no chão e me alimentado com comida de cachorro. E na América eu podia pensar o que queria pensar e fazer o que eu queria e o céu era o limite."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Nos Estados Unidos eu aprendi – em meu novo livro que vai sair em breve, chamado ‘Me, Inc.’, Harper Collins está falando sobre isso – você tem um implícito dever de aprender a falar inglês. Livre-se de seu sotaque; eu fiz isso. Seja um imigrante legalizado; eu sou um imigrante legalizado. Venha para o país, mas se esforce um pouco, faça o esforço de aprender a cultura, assimile tudo possível. Vocês todos têm orgulho de onde vem... Ótimo. O que quer que seja o seu orgulho, tire o chapéu para os EUA, que são uma grande mistura e fazem tudo ser possível. Concorde com uma cultura onde podemos todos se comunicar e depois saia de lá e fale Swahili e Fārsi ou o que quer que você queira falar."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Quando pressionado pelo anfitrião, Rick Camilleri, sobre o tom agressivo de sua mensagem, Simmons disse: "Eu na verdade disse o que precisava ser dito, porque o clima de politicamente correto é uma merda. O politicamente correto dita que você não deveria ofender ninguém ao dizer: ‘Aprenda a falar o maldito inglês.’ Então, como um imigrante, estou dizendo: ‘Aprenda a falar o maldito inglês.’ É a chave que vai abrir as portas do reino. Se você fizer esse esforço, todas as possibilidades dessa cultura vão se abrir para você e lhe dar todos os prêmios que eu recebi. Quero dizer, eu não nasci nos Estados Unidos e pude virar dono do LA Kiss, ter um reality show e estar em uma banda de rock e licenciar merchandising e ter uma cadeia de restaurantes. Nós estamos financiando filmes agora. Você não pode imaginar a dimensão de tudo isso."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Quando estiver em Roma, faça como os romanos. O prêmio é muito maior."

Quando Camilleri argumentou que pode ser difícil para alguns imigrantes aprenderem a falar inglês de forma correta, porque se mudam nos seus 40 ou 50 anos, Simmons disse: "Claro que é difícil, mas por que deveria ser fácil? Por que deveria?"

"Então vá fazer trabalho braçal como minha mãe fez, que ainda fala com um sotaque bem forte, para dar a possibilidade da próxima geração frequentar boas escolas e aprender a cultura e a linguagem."

"Eu falo cinco línguas. Aprenda inglês corretamente."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Bruce Dickinson: sua coleção de clássicos do MetallicaBruce Dickinson
Sua coleção de clássicos do Metallica

Bruce Dickinson: Ele lamenta não ter dado um soco em Axl RoseBruce Dickinson
Ele lamenta não ter dado um soco em Axl Rose


Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

Goo336 Cli336 Goo336 Goo336 CliIL Goo336