Vivian Campbell: câncer mais uma vez em remissão

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Fernando Portelada, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 01/08/14. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

O guitarrista do DEF LEPPARD, Vivian Campbell, cujo câncer está novamente “em remissão”, está atualmente passando por mais uma rodada de quimioterapia antes de receber um transplante de células tronco em setembro.

5000 acessosBruce Dickinson: queria Dio, mas empresário achava ele velho5000 acessosMetallica e Iron Maiden: veja a diferença absurda de faturamento em shows nos EUA

Campbell – que antes de se juntar ao DEF LEPPARD em 1992 era bem conhecido pelo seu trabalho com DIO e com WHITESNAKE – falou publicamente sobre seu linfoma de Hodgkins no verão passado, mas anunciou em novembro que estava em remissão.

O termo “remissão” significa que os sintomas do câncer foram eliminados ou reduzidos. Quando o tumor se foi por completo, os médicos chamam de “remissão completa”.

Campbell, porém, revelou no começo do ano de que o câncer tinha voltado e estava agora batalhando contra a doença com um novo tratamento de alta tecnologia.

Em uma postagem em sua página no Facebook na última quinta, 31 de julho, Campbell ofereceu a seguinte atualização sobre seu tratamento: “Para aqueles que se importam, aqui estão as últimas notícias da minha situação com o câncer.”

“Estou atualmente em Boston e fiz exames na terça de manhã. Eles mostraram que o câncer está em remissão. Ótimas notícias, mas estou tentando não me animar muito sobre isso, já que ouvi a mesma frase no ano passado só para me desapontar novamente alguns meses depois, quando ele retornou.”

“O plano é fazer o transplante de células ronco assim que a turnê acabar [turnê do DEF LEPPARD/KISS]. Para manter em remissão, porém, meus médicos recomendaram que eu faça outra, o terceiro round de quimioterapia. Então estou de volta no hospital, todo ligado e usando minhas drogas do rock and roll.”

Em junho, durante uma entrevista com o Daily Herald, Campbell contou como descobriu o retorno de seu câncer: “A remissão foi uma pouco prematura. Ele voltou agora. Eu não sei se o Câncer voltou ou se nunca foi embora, você sabe, mas os exames que fiz no outono passado, após acabar a quimio, voltaram limpos, mas havia algo sobre o que o oncologista não estava certo e não se sentia confiante, então me enviou para outro especialista.”

“Acredito que a vantagem de estar nesta cidade [Los Angeles], que eu desgosto tanto, é que há várias grandes instituições médicas aqui. Há este lugar chamado ‘City Of Hope’, nos arredores de L.A., e há esse oncologista lá que é provavelmente o melhor em Hodgkin nos Estados Unidos, e me enviaram a ele. Ele olhou meus exames e, você sabe, todos estavam um pouco apreensivos e ele disse: ‘Bem, por enquanto parece estar em remissão’. Eu meio que aceitei isso, mas parece que era algo prematuro. Os próximos exames que fiz alguns meses depois, mostraram que havia algo crescendo de novo. Eu acabei fazendo algumas biópsias – fiz uma em janeiro que mostrou que estava bem, mas meu oncologista disse, e ele estava certo, que essas biópsias de agulhas são notoriamente incertas e ele sugeriu uma biópsia cirúrgica. Então eu fui à Dublin e comecei a gravar com a banda, nós começamos a trabalhar no novo disco, e assim que eu voltei, fiz a biópsia cirúrgica que mostrou que o câncer estava definitivamente de volta.”

Ele continuou: “Eu na verdade estou fazendo esta quimioterapia de alta tecnologia, estou na metade dela já, e é realmente leve. É a primeira droga que foi descoberta para tratamento de Hodgkins desde 1977, e eles fizeram esta descoberta em 2011, e a ‘City of Hope’ é na verdade pioneira, então eu sou parte desta pesquisa clínica que está acontecendo. É uma quimio muito benigna, na verdade, ela tem como alvo – eu não sei como ela funciona, obviamente não sou médico, mas de alguma forma ela consegue atingir somente as células do câncer. Não é como a velha bomba da antiga quimioterapia, que destrói todas as células de rápido crescimento, então não experimentei perda de cabelo, pele ou unhas dessa vez, o que é bom. E assumindo que isso funcione, eu tenho que continuar com alguns tratamentos, na verdade, durante a turnê, o que é complicado, mas não é impossível. Presumindo que tudo isso funcione e eu consiga ter remissão até agosto, então assim que a turnê terminar em setembro, vou fazer um transplante de células-tronco, o que não posso dizer que estou ansioso, mas me disseram que se eu não fizer isso, o câncer vai sempre voltar em alguns anos. E toda vez ele será mais resistente. É o que é. Poderia ser pior – mais ao menos eu tenho meu seguro de saúde [risos].”

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Bruce DickinsonBruce Dickinson
Queria Dio, mas empresário achava ele velho para projeto

4 acessosEm 21/05/2002: Dio lança o álbum Killing The Dragon8 acessosEm 15/05/1990: Dio lança o álbum Lock Up The Wolves10 acessosEm 21/03/2000: Dio lança o álbum Magica5 acessosEm 21/07/1987: Dio lança o álbum Dream Evil20 acessosEm 24/02/1998: Dio lança o álbum Inferno; Last In Live0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Dio"

Heavy MetalHeavy Metal
Quais as 10 melhores vozes da história?

NoisecreepNoisecreep
As dez melhores canções de Metal (e Hard) dos 80s

DioDio
Detonando Blackmore ao falar do Rainbow em antigas entrevistas

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Vivian Campbell"0 acessosTodas as matérias sobre "Def Leppard"0 acessosTodas as matérias sobre "Dio"0 acessosTodas as matérias sobre "Whitesnake"


Metallica e MaidenMetallica e Maiden
A diferença absurda de faturamento em shows nos EUA

Iron MaidenIron Maiden
Conheça o West Ham, time do coração de Steve Harris

NightwishNightwish
Participação de Dawkins em álbum irritou alguns fãs

5000 acessosAC/DC - o dia em que a comunidade do Rock 'n Roll ficou abalada5000 acessosE-Farsas: Papa Francisco era fã do Black Sabbath?5000 acessosHeavy Metal: 5 músicos que não são metaleiros mas amam o estilo5000 acessosHeavy Metal: Os 11 melhores álbuns dos anos 2000 segundo o Loudwire2953 acessosA7X: Discografia Comentada, P. 3 (Do pesadelo à realeza)3470 acessosMike Patton: levando chuva de cuspe no Chile em 1995

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 01 de agosto de 2014


Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online