Detonator: vídeo ao vivo e raio X de "Boitatá", por Bruno Sutter

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Richard Navarro, Fonte: BMU / ASE Press Music
Enviar Correções  

Bruno Sutter fez um verdadeiro Raio X de "Metal Folclore: The Zueira Never Ends...", o primeiro álbum da carreira solo de seu personagem Detonator, após o Massacration. O álbum foi lançado de forma independente pelo próprio artista e já está em sua terceira prensagem.

Bateristas: Os 30 melhores de todos os tempos

Slash: guitarrista escolhe seus riffs favoritos

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Foto oficial_Bruno Sutter_2014
Foto oficial_Bruno Sutter_2014

Após revelar aqui no Whiplash.net todos os detalhes e curiosidades sobre as quatro primeiras músicas, "Metaleiro", "Metal Zumbi", "Curupira" e "Boto" (vide links abaixo), o "faz do Detonator" agora desvenda as particularidades de "Boitatá", uma das mais pesadas de "Metal Folclore".

Detonator: Bruno Sutter conta tudo sobre a faixa MetaleiroDetonator
Bruno Sutter conta tudo sobre a faixa "Metaleiro"

Detonator: Bruno Sutter revela todos detalhes de Metal ZumbiDetonator
Bruno Sutter revela todos detalhes de "Metal Zumbi"

Detonator: Bruno Sutter revela todos os detalhes da poderosa CurupiraDetonator
Bruno Sutter revela todos os detalhes da poderosa "Curupira"

Detonator: Bruno Sutter revela os detalhes de "Boto - o golfinho transudo"

Confira "Boitatá", por Bruno Sutter:

"Então vem a 'Boitatá',

É uma música bem rápida e porrada, porque o 'Boitatá' é um personagem bem sanguinário, e bem veloz também. É o personagem mais Heavy Metal do folclore brasileiro!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Se o curupira é o defensor da floresta, o 'Boitatá' é o vingador: uma cobra, flamejante, pegando fogo, que arranca os olhos de todos aqueles que desmatam a mata, e depois taca fogo na pessoa! Isso é muito metal!!!!

Então é uma música bem porrada assim, bem sanguinária. E quem canta comigo essa música é o Zezé Cavalera da Comitiva do Rock, que fez as partes graves da música.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O Detonator faz a voz aguda da música inteira, e o Zezé faz a parte grave da música. O que é uma parceria muito legal de jogo de voz ali. Ficou bem bacana.

É uma música que eu gosto muito, por causa da equalização do baixo dela. O som do baixo estalado, com a técnica dos três dedos, com o baixo SHUR que eu peguei lá, que custa "12 pau"!

Nessa hora o baixo aparece bem. É um som muito bonito de baixo que tem essa música, pela técnica dos três dedos."

Figurinha_Boitatá_CD Metal Folclore_Detonator
Figurinha_Boitatá_CD Metal Folclore_Detonator

E assim o artista conclui a quinta parte de suas considerações pessoais sobre o álbum "Metal Folclore: The Zueira Never Ends...", que na próxima semana terão sequência com a análise minuciosa da faixa "Mula-sem-Cabeça", uma das pérolas do álbum.

Confira "Boitatá" ao vivo no Show Livre:

Site relacionado:
www.detonator.com.br




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Bateristas: Os 30 melhores de todos os temposBateristas
Os 30 melhores de todos os tempos

Slash: guitarrista escolhe seus riffs favoritosSlash
Guitarrista escolhe seus riffs favoritos


Sobre Richard Navarro

Jornalista e Produtor de Eventos, responsável pelo festival ¨BMU¨ (Brasil Metal Union) e o antigo fanzine Heavy Melody. Foi co-fundador da Brasil Music Press, e por muitos anos colaborador oficial da revista Roadie Crew, onde se especializou em matérias com bandas nacionais.

Mais matérias de Richard Navarro no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280 Cli336x280 GooInArt