Corey Taylor: se a banda fosse só imagem não estaria no topo

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fernando Portelada, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

O vocalista do SLIPKNOT, Corey Taylor, valou ao ChronicleLive que a razão da banda sustentar tanta relevância e aclamação da crítica por quase duas décadas, é a forma que eles conseguem passar da teatralidade do palco e o fato de que estão "falando sério". Ele disse: "Nós não estamos só cantando sobre Satã ou tentando chocar em benefício disso. Nós realmente estávamos zangados, nós estávamos chocando porque estávamos saindo correndo do portão com uma raiva gutural. E nós descobrimos que os garotos que se sentiam da mesma forma podiam se relacionar conosco."

Slipknot: garota manda versão muito legal de "Unsainted" no violinoIron Maiden: os fãs mais insuportáveis em lista da MTV

Ele adicionou: "Se fossemos somente uma banda com uma imagem, não estaríamos no topo hoje. Nós estamos falando sério. Nós temos o visual, nós temos a arte de capa, nós temos as músicas e são as músicas que lhe mantem aqui. Nós podemos continuar escrevendo muito, muito bem."

"Nós escrevemos ótimos ganchos, melodias, músicas agressivas e é isso que assusta tanto os pais - as máscaras não são acessórios para vender a música e a raiva era real."

Taylor também falou sobre o hiato de seis anos entre o lançamento de ".5: The Gray Chapter", o quinto álbum de estúdio do SLIPKNOT e o primeiro desde a morte do baixista Paul Gray em 2010 e a demissão do baterista Joey Jordison.

"Os fãs tinham problemas comigo porque por muito tempo eles sentiam que era minha culpa, mas nós não queríamos sair correndo e fazer qualquer coisa que fosse parecer forçada, nós queríamos esperar para fazer um álbum", disse. "Nós queríamos alcançar o ponto onde estávamos seguros do que íamos dizer. Todos da banda precisaram de tempo para estarem na mesma página com essa mensagem. Eu não sei sobre os outros, mas se tivesse que esperar seis anos para estar lá, eu teria esperado."

"E talvez a razão de termos demorado tanto é basicamente o processo de luto. Esse luto nos conectou com Paul e talvez não queríamos deixar esse sentimento passar. Mas era preciso. Talvez essa agressão e o sentimento do álbum venha daí."

"Nós precisávamos parar de sentir essa depressão e voltar ao lado positivo que lembrávamos de Paul. E nós fizemos, enquanto fazíamos esse álbum. Enquanto fazíamos isso, eu me senti 20 vezes mais leve. Fazer esse álbum foi muito importante."




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Slipknot"Todas as matérias sobre "Corey Taylor"


Slipknot: garota manda versão muito legal de "Unsainted" no violino

Slipknot: Corey Taylor fala do único álbum da banda que não tem palavrãoSlipknot
Corey Taylor fala do único álbum da banda que não tem palavrão

Slipknot: Cancelamento do Metallica ferrou a turnê dos carasSlipknot
Cancelamento do Metallica ferrou a turnê dos caras

Nickelback: as bandas de heavy metal que Mike Kroeger mais gostaNickelback
As bandas de heavy metal que Mike Kroeger mais gosta

Slipknot: edição japonesa do Knotfest terá Anthrax e Korn em 2020Slipknot + Justin Timberlake: Psychosocial But It's Sexyback (mashup)Heavy Lero 133: a história do Slipknot, por Gastão e Clemente

Raja Meissner: a jovem baterista alemã que arrebenta tocando Slipknot e maisRaja Meissner
A jovem baterista alemã que arrebenta tocando Slipknot e mais

Kerrang!: álbuns fantásticos com capas constrangedorasKerrang!
álbuns fantásticos com capas constrangedoras

Slipknot: Jim Root molharia as calças se encontrasse David GilmourSlipknot
Jim Root molharia as calças se encontrasse David Gilmour

Slipknot: Solway Firth é uma das música mais pesada da banda em 15 anos, diz CoreySlipknot
"Solway Firth" é uma das música mais pesada da banda em 15 anos, diz Corey

Slipknot: em vídeo, o significado das máscaras da bandaSlipknot
Em vídeo, o significado das máscaras da banda

Slipknot: Jay Weinberg encontra baterista de 14 anos que viralizou ao gravar coverSlipknot
Jay Weinberg encontra baterista de 14 anos que viralizou ao gravar cover

Slipknot: Jim Root deseja fazer show especial com novo álbum na íntegraSlipknot
Jim Root deseja fazer show especial com novo álbum na íntegra

Joey Jordison: a essência do que um dia foi o SlipknotJoey Jordison
A essência do que um dia foi o Slipknot

Slipknot: debut é eleito o melhor dos últimos 25 anosSlipknot
Debut é eleito o melhor dos últimos 25 anos

Slipknot: The Negative One é mesmo sobre Joey Jordison?Slipknot
"The Negative One" é mesmo sobre Joey Jordison?

Corey Taylor: Não podíamos trabalhar junto com JordisonCorey Taylor
Não podíamos trabalhar junto com Jordison


Iron Maiden: os fãs mais insuportáveis em lista da MTVIron Maiden
Os fãs mais insuportáveis em lista da MTV

Tom Grosset: O mais rápido baterista do mundo segundo o GuinnessTom Grosset
O mais rápido baterista do mundo segundo o Guinness

Axl Rose: Afinal de contas, o que houve com sua voz?Axl Rose
Afinal de contas, o que houve com sua voz?

Slayer: Araya fala sobre fé e sua relação com o cristianismoSlayer
Araya fala sobre fé e sua relação com o cristianismo

Fotos de Infância: Robert Plant, do Led ZeppelinFotos de Infância
Robert Plant, do Led Zeppelin

Rhapsody Of Fire: curiosidades a respeito da bandaRhapsody Of Fire
Curiosidades a respeito da banda

Megadeth: David Ellefson abriu mão de sua parte na banda para voltarMegadeth
David Ellefson abriu mão de sua parte na banda para voltar


Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336