Mike Portnoy: projeto totalmente Metal e "mais brutal gravação de bateria"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Kako Sales, Fonte: Blabbermouth.Net, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 07/01/15. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

O baterista Mike Portnoy (The Winery Dogs, Dream Theater, Avenged Sevenfold, Adrenaline Mob) deu início a seu primeiro projeto totalmente focado em uma vertente mais pesada de Metal. Ele postou no Facebook: “Acabei de executar a mais brutal gravação de bateria de minha carreira! Imagine uma mescla de ‘Angel of Death, do Slayer, com ‘Dyers Eve’, do Metallica... Eu FINALMENTE encontrei minha veia metal!”

1028 acessosMike Portnoy: já se conformou que sempre vão perguntar sobre o DT5000 acessosCornos do Rock: a dor e o peso do chifre em três belas canções

De acordo com Mike, mais informações sobre seu novo projeto serão disponibilizadas em breve.

Portnoy é um fã ávido de Heavy Metal e falou à revista Drum! há vários anos que sua primeira experiência com bateria de dois bumbos aconteceu no início dos anos 80. Disse ele: “Há duas músicas em particular que me vêm à mente – uma é a música ‘Overkill, do Motörhead, e a outra é ‘Fast as a Shark’, do Accept. Escutei ambas por volta de 1982 e aquela foi a primeira vez que eu ouvi dois bumbos indo do início ao fim de uma música de forma inexorável, implacável. Eu fiquei imediatamente intrigado. Aí eu fui e comprei um segundo bumbo barato e acrescentei ao kit que eu já tinha. Mas antes de alcançar o nível daquelas músicas, tive que começar por baixo, e o primeiro cara que realmente me ensinou o básico foi Tommy Lee, com os dois primeiros álbuns do Mötley Crüe. Eu aprendi a tocar músicas como ‘Red Hot’ e foi com músicas como essa que eu comecer a ter noção da coisa. E aí, alguns anos depois, a cena Thrash explodiu e apareceram bateristas como Lars Ulrich (Metallica), Dave Lombardo (Slayer) e Charlie Benante (Anthrax), que realmente me mostraram como os dois bumbos poderiam ser utilizados no estilo Metal.”

Em uma entrevista de 2013 para a revista Tell, Portnoy falou: “Há uma parte de mim que adoraria participar projeto de Thrash Metal, porque de tudo que eu já fiz, nunca tive a possibilidade de explorar essa vertente, que também tem uma imensa influência na minha formação como baterista.”

Ele continuou: “Eu toquei em shows do ‘Metal Masters’ com os caras do Anthrax, Slayer, Megadeth e Pantera – e foi assim que eu tive contato com aquele mundo. Eu certamente apreciaria, qualquer dia desses, participar de um projeto que faz parte daquele mundo também.”

Portnoy, que foi um dos fundadores do Dream Theater há 30 anos, deixou a banda de forma abrupta em setembro de 2010 enquanto estava em turnê com o Avenged Sevenfold. Ele foi, desde então, substituído por Mike Mangini (Annihilator, Extreme, James LaBrie, Steve Vai). Portnoy revelou, mais tarde, que tentou voltar ao Dream Theater, sendo prontamente rejeitado.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Mike PortnoyMike Portnoy
Já se conformou que sempre vão perguntar sobre o Dream Theater

1403 acessosDream Theater: Portnoy se recusa a falar sobre fase atual da banda668 acessosDream Theater: Entrevista com o tecladista Jordan Rudess0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Dream Theater"

Dream TheaterDream Theater
Petrucci demonstra o segredo do seu som

Regis TadeuRegis Tadeu
Comparando fãs do Dream Theater e Miley Cyrus

Mike PortnoyMike Portnoy
Racha do Queensryche foi pior que do Dream Theater

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Mike Portnoy"0 acessosTodas as matérias sobre "Dream Theater"


Cornos do RockCornos do Rock
A dor e o peso do chifre em três belas canções

Heavy MetalHeavy Metal
25 bandas que fizeram o gênero ser o que é

Nikki SixxNikki Sixx
Baixista diz ter transado com mulher de Bruce Dickinson

5000 acessosNirvana: "Kurt Cobain era meio pau no cu", diz produtor5000 acessosSpin Magazine: as maiores baixarias da história do rock5000 acessosOzzy Osbourne: tudo que você sempre quis saber sobre ele5000 acessosOzzy Osbourne: Brad Gillis conta como foi substituir Randy Rhoads5000 acessosAerosmith e Guns N' Roses: O acordo sobre drogas em 19884691 acessosAC/DC: Vídeo mostra trabalho que dá colocar sino de "Hells Bells" no palco

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 07 de janeiro de 2015


Sobre Kako Sales

Mineiro de Januária, baterista autodidata, cresceu em ambiente familiar ligado à música popular e erudita. Seu pai chegou a fazer pequenas turnês com bandas da Jovem Guarda como tecladista no fim da década de 70. Aos 10 anos, iniciou os estudos de teoria musical e piano clássico. Teve o primeiro contato com o mundo do metal ao escutar o CD Angels Cry do Angra, aos 15 anos. Desde então tem se dedicado a conhecer, colecionar e difundir o melhor do metal brasileiro e mundial. Graduado em Letras/Inglês, principalmente por influência da língua-mãe do rock, tem como principais ícones do metal as bandas Angra, Symphony X, Dream Theater e Opeth.

Mais informações sobre Kako Sales

Mais matérias de Kako Sales no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online