Megadeth: Nick Menza e Marty Friedman iam retornar

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Bruce William, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 07/04/15. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Poucos dias após o anúncio oficial que Chris Adler tocará bateria no novo álbum do Megadeth, o ex-baterista Nick Menza, que fez parte da "formação clássica" da banda (Mustaine, Ellefson, Friedman e Menza), soltou a seguinte declaração.

669 acessosMegadeth: "Symphony of Destruction" em tributo com pegada brasileira5000 acessosRock Progressivo: as 25 melhores músicas de todos os tempos

"Para meus fãs, odeio desapontar todos vocês que perguntavam e esperavam que Marty Friedman e eu nos reuníssemos com Dave Mustaine e David Ellefson no Megadeth, no que seria a formação do álbum 'Rust In Peace'.

Eu estava pronto e empolgado para retornar ao Megadeth. Fui ao estúdio caseiro de Dave em San Diego em dezembro e tocamos por todo o final de semana e foi muito legal. Instantaneamente sentimos que nossa química musical havia retornado. Foi uma coisa mágica. E sim, eu sou o 'misterioso' baterista cujo rosto está escondido nos vídeos que Justin Mustaine (filho de Dave) postou no Youtube.

Algumas semanas após isto, nos unimos com nosso velho empresário Ron Laffitte para um almoço durante a NAMM. Foi fantástico ver Ron e Marty. Conversamos sobre os projetos de um novo disco e turnê e deixei claro que estava de volta e seria minha prioridade. Eu estava empolgadíssimo, cheguei a gravar as parte de bateria de cinco novas canções do Megadeth que Dave havia me enviado.

Assim que cheguei em casa e fui conferir as negociações, vi que tinha sido oferecido um valor injusto que só podia estar errado. Eles não sentiram que eu valia nada para a banda. Dave bloqueou meus emails, mudou seu número e então, aparentemente, Ron Laffitte foi demitido da função de empresário. Era uma de minhas bandas favoritas e grande parte das realizações da minha vida e fui chutado por querer uma negociação justa.

Fiquei realmente desapontado com a maneira como a banda cuida dos negócios.

Uma banda é um grupo de pessoas que respeitam umas às outras, mantendo senso de lealdade, camaradagem, e tudo com muita honra e confiança.

Não sou um fantoche, tenho integridade, lealdade e honra. É assim que sou!

Há muito mais histórias, e agora eu posso escrever o capítulo final do meu livro, 'Nick Menza Megalife: Countdown To Resurrection', por J. Marshall Craig. A despeito deste trágico derradeiro capítulo, desejo tudo de bom e melhor pro Megadeth, felicidade e sucesso nos seus projetos futuros. Quanto a mim, estou envolvido em uma nova banda com outros ex-integrantes do Megadeth (James Lomenzo e Chris Poland), juntamente com músicos ainda não divulgados, e trabalhando como produtor."

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 07 de abril de 2015
Post de 07 de abril de 2015
Post de 08 de abril de 2015

MegadethMegadeth
Dave Mustaine conta qual o seu riff favorito

669 acessosMegadeth: "Symphony of Destruction" em tributo com pegada brasileira1323 acessosAlta Fidelidade: Roger Waters é o cara mais chato do rock?0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Megadeth"

Astros do rockAstros do rock
O patrimônio líquido de cada um

Kiko LoureiroKiko Loureiro
Os seus 5 solos preferidos de todos os tempos

Big FourBig Four
"É como se fosse uma reunião de família, saudável e divertida!"

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Megadeth"0 acessosTodas as matérias sobre "Marty Friedman"

Rock ProgressivoRock Progressivo
As 25 melhores músicas de todos os tempos

Separados no nascimentoSeparados no nascimento
Ronnie James Dio e Maria Bethania

KrisiunKrisiun
Banda lista os 5 picos mais demoníacos do Brasil

5000 acessosIron Maiden: "se as bandas de metal mandassem no mundo..."5000 acessosClassic Rock: as 10 melhores baladas dos anos 805000 acessosWonder Years: O soundtrack do grande sucesso de público e crítica5000 acessosSlash: guitarrista fala sobre Jimi Hendrix5000 acessosLoudwire: os 50 maiores guitarristas de Rock e Metal da história5000 acessosKurt Cobain: fotos inéditas mostram a arma que ele usou para se suicidar

Sobre Bruce William

Bruce William pensava em ser um motoqueiro rebelde mas descobriu que é um Wieder Blutbad nerd apaixonado por uma Fuchsbau. Avy jorrāelan, CatW!

Mais matérias de Bruce William no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online