Heavy Metal: O que é ser um fã do gênero aos 50 anos

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Bruce William, Fonte: Combate Rock
Enviar Correções  

O Combate Rock republicou um texto de Julio Verdi de junho de 2014 onde ele fala como é ser um fã de Heavy Metal aos cinquenta anos de idade, confira no link a seguir a matéria completa e mais abaixo alguns trechos:

http://combaterock.blogosfera.uol.com.br/2015/06/27/o-que-e-...

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O heavy metal chegou ao Brasil no começo dos anos 1980. Muita gente que ouvia rock clássico de Beatles, Stones, Led Zeppelin, The Who, Floyd, Deep Purple e Black Sabbath (o mais pesado da turma) começava a ter contato com uma música pesada, rápida e melódica, em nomes como Iron Maiden, Judas Priest, Saxon, Motorhead, Accept, Mercyful Fate, Venom.

Jovens que, a partir de cerca de 15 anos, começava a enxergar beleza sonora em música mais agressiva e impactante. O visual, que mesclava cabelos compridos, calça jeans surrada, camisetas pretas e braceletes, chocava e impressionava uma sociedade até então com resquícios do conservadorismo de décadas atrás.

Esses mesmos jovens passaram pela década de 1980, admirando outros estilos ainda mais enérgicos que surgiam dentro da família heavy metal, como Thrash Metal, Death Metal, Doom Metal. Nomes como Metallica, Slayer, Exodus, Kreator, Destruction, Morbid Angel (sem citar nomes mais "cult" dentro do undergroud) conquistaram a afeição de boa parte dos amantes de heavy metal na segunda metade daquela década. Bandas agressivas se formavam aos cântaros e várias partes do país.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O advento do primeiro Rock in Rio em 1985, com nomes como Ozzy, AC/DC, Iron Maiden, Scorpions e Whitesnake (em que pese algumas delas praticarem hard-rock – tudo era considerado "rock pesado") popularizou ainda mais no Brasil a aceitação e a procura pelo heavy metal. E nos anos 1990 ainda surgiram outros sub-estilos como o metal melódico e o prog-metal, que continuaram a angariar apreciadores mundo afora.

Pois bem. Aqueles adolescentes entre 15 e 18 anos, que nos anos 1980 se entregaram à idolatria da música pesada estão hoje, em 2014, numa faixa de idade entre 45 e 50 anos. Ou seja, o tempo passou, lá se foram mais de 30 anos. Quem vive o universo do rock sabe que muita gente apenas "passa" pelo estilo.




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Simone Simons: a nudez na capa de Divine ConspiracySimone Simons
A nudez na capa de Divine Conspiracy

Vocalistas: cantora clássica analisa cinco ícones do Heavy MetalVocalistas
Cantora clássica analisa cinco ícones do Heavy Metal


Sobre Bruce William

Bruce William pensava em ser um motoqueiro rebelde mas descobriu que é um Wieder Blutbad nerd apaixonado por uma Fuchsbau. Avy jorrāelan, CatW!

Mais matérias de Bruce William no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280