Ghost: "Deus não está aqui", afirma Nameless Ghoul

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Maicon Leite, Fonte: Ghost Brasil, Press-Release
Enviar Correções  

Press-release - Clique para divulgar gratuitamente sua banda ou projeto.

Depois de praticamente tomar o mundo de assalto com os lançamentos de "Opus Eponymous" (2010), "Infestissuman" (2013) e "If You Have Ghost" (EP de covers, 2013), os suecos do GHOST causam um impacto ainda maior com o lançamento do single "Cirice", comprovando o que já haviam declarado: o som está mais pesado! Porém, para quem conhece a banda a fundo, verá que eles souberam mesclar de forma perfeita todos os elementos que os fizeram tão conhecidos: instrumental impecável, arranjos inspirados e a tradicional voz de Papa Emeritus.

Lista: 12 bandas atuais que ou você ama ou odeia, segundo a KerrangTrollagem: quando as bandas decidem zoar com o playback

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Desta vez, quem assume, sob muita expectativa, é o "irmão" do antigo Papa Emeritus II, o terceiro da linhagem, um pouco mais novo. Em um comunicado sobre "Meliora", o novo disco, há um verdadeiro ultimato para o já idolatrado Emeritus II: "Papa II está fora. Ele é um miserável, ferido e velho homem e está obsoleto. Mas olhemos para frente, agora. Essa é uma nova música, e essas são suas novas máscaras, e esse é irmão do Papa II; ele é três meses mais novo. Esse homem levará a banda mais longe do que nenhum de nós poderia imaginar.".

Leia aqui o comunicado completo:
http://goo.gl/eVGBnR

Com essa premissa é anunciado seu substituto, o Papa Emeritus III, que após o tradicional ritual da troca dos Papas assume os vocais do Ghost em show na sua cidade natal, Linköping. Neste show foram tocadas quatro faixas novas: "Cirice", "Pinnacle to the Pit", "Majesty" e "Absolution", além de clássicos como "Ritual", "Elizabeth" e "Monstrance Clock".

Como todos já sabem, a teatralidade do Ghost é um dos seus grandes trunfos, que aliada à sonoridade que evoca influências dos anos 70 e 80 e a temática satânica, resultam num material rico e envolvente. Utilizando referências de cinema e literatura, Papa e seus Nameless Ghouls expõe assuntos (anti)religiosos de forma única. Em entrevista para a revista sueca Aftonbladet Hårdrock um dos guitarristas conta detalhes sobre o novo álbum e explica o significado de uma das faixas, "Deus in Absentia": "Deus in Absentia" significa "na ausência de Deus" e é essa a essência do álbum: "quando o gato sai, os ratos fazem a festa". Deus não está aqui, e então nós inventamos a internet e começamos guerras mundiais. Essa música é sobre o ouvinte quando sua hora chega, quando ele finalmente irá se perguntar "onde está Deus?". Tudo fica bem fatídico e melancólico".

Para conferir a primeira parte da entrevista, traduzida para o português, acesse o site oficial brasileiro www.ghostbrasil.com.br e curta a primeira e única página 100% oficial da banda no Brasil.

www.facebook.com/oficialghostbrasil

Canais oficiais brasileiros:
http://www.ghostbrasil.com.br
http://www.facebook.com/oficialghostbrasil
http://www.twitter.com/oficialghostbr
https://instagram.com/oficialghostbrasil




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Lista: 12 bandas atuais que ou você ama ou odeia, segundo a KerrangLista
12 bandas atuais que ou você ama ou odeia, segundo a Kerrang

Ocultismo: 13 álbuns essenciais de Occult Rock, segundo a KerrangOcultismo
13 álbuns essenciais de Occult Rock, segundo a Kerrang

Melodicka Bros: "Square Hammer", do Ghost, em versão cyberpunk/synthwave

Metallica: qual o setlist ideal para Tobias Forge, do Ghost?Metallica
Qual o setlist ideal para Tobias Forge, do Ghost?

Action Figures: Lista de 23 colecionáveis raros do rock e metalAction Figures
Lista de 23 colecionáveis raros do rock e metal

Black metal: Maxime Taccardi e sua arte extrema usando seu próprio sangueBlack metal
Maxime Taccardi e sua arte extrema usando seu próprio sangue


Ghost: Tobias afirma que se não fosse por Alice Cooper, a banda não estaria onde estáGhost
Tobias afirma que se não fosse por Alice Cooper, a banda não estaria onde está

Ghost: eu acho que o Judas Priest faz música pop, diz Tobias ForgeGhost
"eu acho que o Judas Priest faz música pop", diz Tobias Forge


Trollagem: quando as bandas decidem zoar com o playbackTrollagem
Quando as bandas decidem zoar com o playback

Black Sabbath: a passagem de Ian Gillan pela bandaBlack Sabbath
A passagem de Ian Gillan pela banda


Sobre Maicon Leite

Maicon Leite é assessor de imprensa na Wargods Press, colaborador na revista Roadie Crew e um dos autores do livro Tá no Sangue! - A História do Rock Pesado Gaúcho, dentre outros projetos e publicações.

Mais matérias de Maicon Leite no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor