Slayer: Tom Araya está de saco cheio da rotina de gravar e sair em turnê

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Bruce William, Fonte: Metal Injection, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

Quem levantou a bola foi a Metal Injection, que extraiu trechos de uma longa entrevista de Tom Araya à Noisey, onde fica claro que o vocalista do Slayer está cansado da rotina de gravar e em seguida sair em longas turnês com a banda, confira abaixo:

Roqueiro poser: 100 regras essenciais para se tornar umOs mais feios: Gene Simmons, Lemmy Kilmister, Alex Van Halen...

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Araya: Após 33 anos excursionando, tudo se torna apenas extenuante. E costumam falar 'Oh, deve ser divertido! Você viaja, vê o mundo, blah blah'. Se vocês estivessem no meu lugar pensariam bem diferente(...) Chega a ser engraçado: recentemente fomos para a Europa promover o novo álbum, ficamos três dias em Londres, um dia em Paris, um dia na Noruega, dois ou três dias na Alemanha. Daí se me perguntarem 'Viu muita coisa em Paris?' eu responderei 'Veja esta sala. Olhe ao seu redor. Isto é Paris. Lindo, não? (risos). É isto que digo sempre que me perguntam coisas deste tipo, pois invariavelmente estamos sempre no hotel dando entrevistas.

(...)

Imagino que em seu currículo conste apenas 'Slayer', pois não acredito que você vai trabalhar na (cadeia de lojas) Staples quando se aposentar da banda.

Araya: "Gosto de pensar que vão me arrumar um bico no Burger King ou algo assim quando sair da banda pois precisarei fazer uma grana extra, já que meu plano de aposentadoria não cobrirá minhas despesas" (risos).

Esperamos que isto ainda leve alguns anos, pelo menos.

Araya: Bem, acabamos de gravar um álbum, então vendi minha alma por uns quatro ou cinco anos.

Há coisas piores que você poderia ter que fazer, certamente.

Araya: Sim, é verdade, mas digo isto para colocar as coisas em perspectiva. Sempre dizem coisas tipo 'Você vendeu sua alma!' e na vida sempre estamos fazendo isto. Depende das circunstâncias, há situações em que é preciso sacrificar boa parte de sua vida. Isto pra mim é vender sua alma. Você dá em troca parte de sua vida para obter o que deseja. Quando concordei em fazer este álbum, sabia que teria que participar da gravação e em seguida sair em turnê uns bons três ou quatro anos.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Slayer"Todas as matérias sobre "Tom Araya"


Slayer e Testament: toda a fofura do mundo com lindos cachorrinhosSlayer e Testament
Toda a fofura do mundo com lindos cachorrinhos

Slayer: o que eles tem a ver com a posse de Donald Trump?Slayer
O que eles tem a ver com a posse de Donald Trump?


Roqueiro poser: 100 regras essenciais para se tornar umRoqueiro poser
100 regras essenciais para se tornar um

Os mais feios: Gene Simmons, Lemmy Kilmister, Alex Van Halen...Os mais feios
Gene Simmons, Lemmy Kilmister, Alex Van Halen...


Sobre Bruce William

Bruce William pensava em ser um motoqueiro rebelde mas descobriu que é um Wieder Blutbad nerd apaixonado por uma Fuchsbau. Avy jorrāelan, CatW!

Mais matérias de Bruce William no Whiplash.Net.

adGoo336