Bostaph: "Killers foi a coisa mais pesada que entrou na minha vida"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Oscar Xavier, Fonte: mikedolbear.com, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 06/03/16. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?


861 acessosBruce Dickinson: sambista elogia sua "técnica impressionante"5000 acessosA História da New Wave Of British Heavy Metal

Paul Bostaph, atual baterista do SLAYER, começou ouvindo bandas como The Beatles e The Beach Boys ainda criança, porém não por causa da bateria, apenas porque esses eram os únicos registros de rock n’ roll que as pessoas ao seu redor tinham. Começou a se interessar por bateria quando ouviu pela primeira vez AC/DC, fazendo com que ele se apaixonasse completamente por rock n’ roll, e após seis meses ganhou seu primeiro kit de bateria. Segundo o próprio Paul Bostaph, o que fez com que ele quisesse formar uma banda de metal mais pesado, foi quando um amigo lhe apresentou o álbum "Killers" do Iron Maiden. Abaixo, um trecho onde ele conta ao "mikedolbear.com", como foi a primeira vez em que ouviu "Killers".

"Um amigo que morava do outro lado da rua, veio a minha casa e bateu na porta da frente, e quando eu abri, tudo o que eu podia ver, não era pro seu rosto, e sim ele segurando a capa do álbum 'Killers'. Eu olhei para a capa e ele foi apagar as luzes. Colocamos esse disco, e que mudou completamente a minha vida. Naquele tempo Killers foi a coisa mais pesada que entrou na minha vida e quando eu ouvi isso, pensei que 'não tem como ter algo mais pesado'".

No link abaixo, a entrevista completa em inglês:
http://www.mikedolbear.co.uk/story.asp?StoryID=1708&Source=A...

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 07 de março de 2016

Bruce DickinsonBruce Dickinson
Cantora de MPB e sambista elogia sua "técnica impressionante"

1537 acessosBumblefoot: músico toca Iron Maiden, GNR e Kiss ao violão909 acessosIron Maiden: garota russa toca "The Trooper" no acordeon0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Iron Maiden"

Def LeppardDef Leppard
Phil Collen comenta audição para o Iron Maiden

Iron MaidenIron Maiden
As dez melhores faixas "desconhecidas" da banda

Iron MaidenIron Maiden
A ascenção, queda e ressurreição da Donzela

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Slayer"0 acessosTodas as matérias sobre "Iron Maiden"

Além do MaidenAlém do Maiden
A História da New Wave Of British Heavy Metal

Separados no nascimentoSeparados no nascimento
Cazuza e Lauro Corona

SeparadosSeparados
A mórbida semelhança de Eddie e Seu Madruga

5000 acessosAntes da fama: Atores que apareceram em clipes do Korn, Offspring, Aerosmith e outros5000 acessosHeavy Metal: as trinta maiores bandas de países diferentes5000 acessosIron Maiden: pastor evangélico tem 172 tatuagens da banda2745 acessosWorld Of Metallicraft: e se o Metallica jogasse World of Warcraft?5000 acessosLed Zeppelin: Steven Tyler tentou substituir Plant em 20085000 acessosZakk Wylde: "Nenhuma banda conseguia acompanhar o Guns N' Roses"

Sobre Oscar Xavier

Headbanger, ouviu Heavy Metal pela primeira vez aos 11 anos de idade, o disco "Brave New World" do Iron Maiden, desde então não parou mais. Atualmente suas bandas favoritas são Pantera, Slayer, Dissection e Satyricon.

Mais matérias de Oscar Xavier no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online