Elvis Presley: segundo irmão, Rei do Rock teria cometido suicídio

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ricardo Seelig, Fonte: Collectors Room
Enviar Correções  

publicidade

Será lançado no próximo dia 16 de agosto o livro My Brother Elvis: The Final Years, escrito por David E. Stanley, meio irmão de Elvis Presley. A obra traz uma afirmação bastante polêmica: segundo Stanley, Elvis teria cometido suicídio através de uma overdose intencional de drogas e remédios.

Elvis Presley: causa da morte do neto do cantor, Benjamin Keough, é confirmada

Curiosidade: artistas que odeiam suas próprias músicas

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Eu senti que era minha responsabilidade escrever um livro sobre a realidade de Elvis, indo além do glamour e da diversão. Ele era humano, e suas fragilidades e vulnerabilidades humanas lhe custaram a vida. Se o vício podia acontecer com Elvis, pode acontecer com qualquer um", afirma David.

Elvis foi encontrado morto em sua mansão no dia 16 de agosto de 1977. Até hoje, as causas da morte de Elvis seguem envoltas em mistério, dando origem aos boatos de que ele não teria falecido. Na época, afirmou-se que 14 tipos diferentes de drogas haviam sido encontrados no corpo do cantor, mas a família preferiu não se pronunciar sobre a causa da morte, para preservar a intimidade e o legado de Elvis Presley. Um relatório oficial também afirma que não foram encontradas drogas em Graceland, propriedade do artista em Memphis, na data da morte – mas agora Stanley afirma que ele mesmo encontrou as pílulas que mataram seu meio-irmão, e as escondeu nos bolsos antes da chegada da polícia.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ainda não há informação se My Brother Elvis: The Final Years ganhará uma edição para o mercado brasileiro.


Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280