Bruce Dickinson: ninguém queria roubar nada, as pessoas apenas se empolgaram

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Bruce William, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 10/09/16. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Em conversa com a Energy Voice, Bruce Dickinson falou que as gravadoras não souberam lidar com a era digital, ao tentar mandar a base de consumidores para a cadeia, por causa dos downloads ilegais. "Mas as pessoas não queriam roubar nada, apenas estavam entusiasmadas e não conseguiam acreditar na sorte que tinham de poder ter qualquer coisa a qualquer hora. Elas ainda pagam por música, mas de uma forma diferente. Elas compram camisetas, ingressos para shows, merchandise, mas a música em si elas conseguem de graça".

396 acessosIron Maiden: documentários publicados em canal oficial no youtube5000 acessosSlash: "Sweet Child" é a coisa mais gay que alguém poderia compor

Entretanto, em uma outra entrevista no ano passado, Bruce disse que serviços como Spotify e Apple Music beneficiam mais os artistas já estabelecidos do que os iniciantes. "Como eles farão pra sobreviver? Os parâmetros de valores financeiros de hoje em dia são muito baixos. Vivemos em uma época de culto à personalidade - pessoas sem talento, que servem apenas para serem famosas e fazerem coisas estúpidas. Isto parece ser mais importante do que pessoas que realmente tem talento".

Comente: Quando você baixa alguma coisa, sente como se estivesse "roubando" alguém?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 10 de setembro de 2016


Bruce DickinsonBruce Dickinson
Autobiografia não parece em nada com a do Motley Crue

396 acessosIron Maiden: documentários publicados em canal oficial no youtube858 acessosBruce Dickinson: O Picasso do Metal332 acessosMaiden Cartoons: "Man On The Edge" em animação de Val Andrade0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Iron Maiden"

Iron MaidenIron Maiden
Pastor tatuado quer entrar para o Guinness

Iron MaidenIron Maiden
As dez melhores músicas do novo milênio

Iron MaidenIron Maiden
Duelo de guitarra de Steve Morse e Janick Gers

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Bruce Dickinson"0 acessosTodas as matérias sobre "Iron Maiden"


SlashSlash
"Sweet Child é a coisa mais gay que alguém poderia compor"

BaixosBaixos
Como conservar e recuperar as cordas do instrumento

ManowarManowar
O dia em que a banda arregou pro Twisted Sister

5000 acessosPlanet Rock: 40 melhores discos ao vivo de todos os tempos5000 acessosLars Ulrich: O motivo pelo qual o Big Four tocou "Am I Evil"5000 acessosChinese Democracy: de 1994 a 2008, a saga do álbum mais caro da história5000 acessosMetal: as bandas e sub-gêneros mais odiados pelos metalheads5000 acessosIron Maiden: 15 melhores coisas sobre o single "Speed Of Light"5000 acessosTutorial: aprenda a entender e apreciar ao Death Metal

Sobre Bruce William

Bruce William pensava em ser um motoqueiro rebelde mas descobriu que é um Wieder Blutbad nerd apaixonado por uma Fuchsbau. Avy jorrāelan, CatW!

Mais matérias de Bruce William no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online