Slayer: Kerry King não gostava do som pesado dos anos 90

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Igor Miranda
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 28/11/16. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Kerry King disse, em entrevista à Metal Hammer, que não gostou do direcionamento que a música pesada tomou na década de 1990. Ele afirmou não entender porque o som daquela época se tornou popular.

224 acessosBody Count: veja o vídeo para "Raining Blood", do Slayer5000 acessosFotos de Infância: Evanescence

"Não gostava daquela direção e me deixei levar pela única vez na minha carreira, o que foi basicamente nos anos 90. Não conseguia entender porque aquilo estava ficando popular e isso me deixava triste. Eu tive que esquecer e retomar o foco, porque estava me deprimindo", afirmou.

King reforçou que não estava falando de outros estilos musicais. "Não estou falando de música pop e coisas assim. Era a música pesada, eu não gostava do caminho que ela estava tomando", disse.

Nessa situação, Kerry fez críticas ao "Diabolus In Musica", disco lançado pelo Slayer em 1998. "Para mim, 'Diabolus In Musica' precisou ser lançado para que a gente pudesse dizer 'isso não é o Slayer, precisamos nos re-encontrar e mostrar que o Slayer continua aqui'. Acho que isso foi o 'God Hates Us All'", afirmou.

Comente: Qual a sua opinião sobre a música pesada dos anos 90?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 28 de novembro de 2016

Kerry KingKerry King
As músicas do Slayer que ele odeia

224 acessosBody Count: veja o vídeo para "Raining Blood", do Slayer2224 acessosHeavy Metal: os 10 melhores riffs dos anos noventa435 acessosTudo no Shuffle: Thrash Metal, 10 Grandes Riffs0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Slayer"

Kerry KingKerry King
Se continuar assim, serei obrigado a calar a boca

SlayerSlayer
Os 5 álbuns que não podem sair do iPod de Kerry King

Tom ArayaTom Araya
Filha explica o famoso olhar de vergonha adolescente

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Slayer"

Fotos de InfânciaFotos de Infância
Amy Lee, do Evanescence, muito antes da fama

Collectors RoomCollectors Room
Vinícius Neves, do Stay Heavy, mostra a sua coleção

Breast of the BeastBreast of the Beast
Miley Cyrus mostra peitinhos com camisa do Maiden

5000 acessosSexo e Rock and Roll: músicas com conotação sexual5000 acessosMetallica: Bob Rock revela segredos do "Black Album"5000 acessosThrash Metal: as 10 melhores baladas de bandas do gênero5000 acessosLed: tem quem ame Peart ou Moon, mas Bonham é amado por todos3910 acessosHeavy Metal: as dez melhores bandas sul-americanas do gênero5000 acessosSlipknot: ouça "Duality" na versão do Asking Alexandria

Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e apaixonado por rock há mais de uma década. Começou a escrever sobre música em 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Atualmente, é redator-chefe da área editorial do site Cifras e mantém um site próprio (www.IgorMiranda.com.br). Também co-fundou o site Van do Halen, para o qual trabalhou até 2013 – apesar de ainda manter por lá uma coluna semanal, chamada Cabeçote.

Mais informações sobre Igor Miranda

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online