Breve História do Metal Português: edição disponível no Brasil

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Eduardo Almeida, Fonte: Dico, Press-Release
Enviar correções  |  Ver Acessos

Press-release - Clique para divulgar gratuitamente sua banda ou projeto.


Encontra-se finalmente disponível para os leitores e fãs brasileiros a edição revista e aumentada do livro Breve História do Metal Português, escrito por Dico (de seu nome real Eduardo Almeida).

Axl Rose: a primeira ficha policial aos 18 anosAnos 80: bandas nacionais que o tempo esqueceu

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A obra, autoeditada, foi originalmente publicada em 2013 e aborda agora a história do Heavy Metal português até 2015, beneficiando de um significativo aumento de páginas. A edição revista e aumentada de Breve História do Metal Português inclui 326 páginas (a anterior tinha 200), sendo que todas as décadas, à exceção da de 60, incluem agora bastante texto novo, que vem aprofundar vários fenómenos e factos relatados na edição original, por um lado; e abordar outros não incluídos em 2013, por outro.

Encontramo-nos portanto, perante uma obra extremamente ambiciosa e rigorosa, não só em termos de abrangência temporal mas também a nível da investigação efetuada no âmbito da mesma.

"O objetivo da primeira edição era sobretudo mostrar que houve todo um percurso a nível do Rock pesado em Portugal antes dos anos 80. Portanto, centrei-me mais nas décadas de 60 e 70, tendo abordado os anos 80 e 90 mais subtilmente", explica o autor.

Na nova edição o objetivo é bem distinto. "Aqui, relato o percurso do Heavy Metal em Portugal até 2015. A edição original do livro, editada em 2013, terminava em 1999, mas esta abrange factos até ao final de 2015", esclarece Dico. A nova edição, revista e aumentada, inclui também novos testemunhos de numerosas figuras importantes no âmbito do Underground nacional.

Além disso, Breve História do Metal Português, novamente editada pelo próprio autor, inclui agora um guia de registos essenciais do Metal luso desde os anos 70 até 2015, abrangendo demo-tapes, demo-CD's, singles, EP's, álbuns e DVD's. Ao todo, são cerca de 350 itens organizados por década, num guia essencial para os verdadeiros fãs.

Mas as novidades acerca desta obra não se restringem aos conteúdos escritos. Breve História do Metal Português tem agora imagem renovada, desde a capa/contracapa (que incluem agora badanas) até à paginação, passando pela qualidade do papel, pelo novo logótipo e pela apresentação geral (o livro inclui mesmo um marcador).

A este respeito, o autor explica o seu objetivo: "Queria proporcionar aos fãs/leitores um produto com a melhor qualidade possível, pois é isso que merecem. Escolhi cada pormenor da produção deste livro com isso em mente", concretiza Dico.

Breve História do Metal Português foi financiado a 100% pelo autor, que também se encarrega da respetiva venda e distribuição, num trabalho verdadeiramente do it yourself. A obra pode ser adquirida via internet e custa 32,57 (112 reais, com o serviço de correio incluído). As encomendas podem ser efetuadas para o e-mail livrobhmp@yahoo.com

Para assinalar a edição do livro, o autor organizou e disponibilizou a compilação online para download gratuito Breve História do Metal Português - Banda Sonora Infernal. O registo, que já conta com mais de dois mil downloads, inclui 17 temas de outras tantas bandas nacionais e pode ser descarregado em http://dico-bhmp.weebly.com/compilaccedilatildeo-bhmp---banda-sonora-infernal.html.

Site oficial:
http://dico-bhmp.weebly.com/

Foto da capa: Carina Martins

Dico é jornalista. Foi editor dos periódicos PCMais, ANA Aeroportos, Logista News e Prime Negócios. Fundou os influentes blogues Metal Incandescente, A a Z do Metal Português e Reflexões Musicais. Foi o primeiro coach musical profissional no País.

É autor do livro A Portuguese Rock and Metal Route - The Underground Guide. Na última década escreveu artigos de opinião e crónicas para mais de 30 sites, e-magazines, revistas e blogues.

Foi baterista de bandas como os Dinosaur ou Sacred Sin, tendo com elas gravado os clássicos Dinosaur (demo-tape) e Darkside (álbum), respetivamente. Foi o homenageado do VI Festival Irmandade Metálica - Unidos pelo Metal. Fã de Metal há 35 anos, está envolvido no Underground há 33. Tem 46 anos. É casado e tem um filho.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Notícias

Axl Rose: a primeira ficha policial aos 18 anosAxl Rose
A primeira ficha policial aos 18 anos

Anos 80: bandas nacionais que o tempo esqueceuAnos 80
Bandas nacionais que o tempo esqueceu


Sobre Eduardo Almeida

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

adClio336|adClio336