Moonspell: "Espero que os fãs de Paralamas gostem desta inusitada homenagem"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Seguir Whiplash.Net

Por Igor Soares, Fonte: Source Webzine
Enviar correções  |  Comentários  | 

Em entrevista para o Source Webzine, Fernando Ribeiro, vocalista da banda portuguesa Moonspell, falou sobre "1755" o novo álbum da banda e comentou a escolha de "Lanterna dos Afogados" do Paralamas do Sucesso para o repertório do disco.

1181 acessosMoonspell: a qualidade decaiu e o entretenimento aumentou no metal5000 acessosFrances Bean Cobain: assustada com tatuagem de fã

SOURCE – Liricamente como você apresentaria 1755 ao público?

Fernando Ribeiro: É uma espécie de teatro, de tragédia. É a história de como um evento natural, uma catástrofe, também permitiu a Portugal sair da Idade Média e avançar para uma nova Era, mais moderna e humana, livre da opressão católica e dos nobres. Tentei que tudo fosse uma espécie de dialogo entre os Homens e Deus, que alguém percorresse as ruas e desse conta do que se passou e quão grande era o desespero, a revolta, a confusão.

SOURCE – Como foi a escolha de Lanterna dos Afogados para a inclusão da faixa ao novo álbum?

Fernando Ribeiro: Polêmica. A banda não queria acreditar quando eu propus esse tema para fechar o disco. Mas, depois, conseguiram ver porque. A Lanterna é um hino, é muito mais que uma canção de novela, é uma canção triste com uma letra que podia ser fado, ou Portuguesa. sobre quem fica à espera, sobre quem regras (ou não) do mar. Achei perfeito e orgulho-me muito de ter tido essa ideia. Espero que os fãs de Paralamas gostem desta inusitada homenagem.

SOURCE – Recentemente a banda cancelou uma tour em comemoração de 25 anos que faria pela América Latina. Alguma previsão de apresentar uma nova tour pelo Brasil em 2018?

Fernando Ribeiro: Foi uma decisão muito dura, que nos custou muito dinheiro e muitos fãs. Mas teve de ser, pelas razões que apresentamos e mantemos como verdadeiras. O Brasil é um público que está apenas a crescer agora conosco. Sempre tivemos muito mais sucesso em todos os outros países da América Latina que no Brasil. Esperamos que o 1755 quebre essa tendência e vamos confirmar ainda este ano as datas Brasileiras e da América Latina para a Primavera de 2018.

Comente: O que você achou da versão do Moonspell para o clássico do Paralamas?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Seguir Whiplash.Net

1181 acessosMoonspell: a qualidade decaiu e o entretenimento aumentou no metal1812 acessosParalamas do Sucesso: banda prefere não comentar versão do Moonspell2417 acessosMoonspell: banda fala sobre Lanterna dos Afogados em rádio espanhola1225 acessosMoonspell: "1755", um povo caído, tremendo, sem deus0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Moonspell"

Exportando metalExportando metal
Músicos brasileiros que atuam ou já atuaram em bandas gringas

MoonspellMoonspell
"Satã é apenas um grande símbolo para o Homem!"

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Moonspell"


Frances BeanFrances Bean
Filha de Kurt Cobain assustada com tatuagem de fã

SepulturaSepultura
Luciano Pavarotti cantando "Roots Bloody Roots"?

About.comAbout.com
Site elege os cinco melhores álbuns do Slayer

5000 acessosMegadeth: compare Tornado Of Souls de Kiko, Broderick e Friedman5000 acessosRoadrunner: os melhores frontmen de todos os tempos5000 acessosCapas clássicas: os locais onde foram feitas nos dias de hoje5000 acessosPink Floyd: entenda o "estilo Gilmour" de tocar guitarra5000 acessosAerosmith: a melhor versão de "Dream On" que você vai ouvir5000 acessosSlipknot: Root responde qual álbum o deixou viciado em Metal

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 14 de novembro de 2017


Sobre Igor Soares

Brasiliense de nascimento e piauiense de coração, Igor é Geógrafo e Desenvolvedor Web. Acessa o Whiplash.Net desde os primórdios e o Iron Maiden, sua banda favorita, é uma das razões dele ter se tornado colaborador do site.

Mais matérias de Igor Soares no Whiplash.Net.