Matérias Mais Lidas

imagemA resposta de John Lennon quando perguntado se retornaria aos Beatles em 1975

imagemO clássico dos Paralamas que Gilberto Gil escreveu a letra e ditou pelo telefone

imagemO clássico da Legião inspirado em novela da TV Globo e acusado de plagiar The Doors

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1984 é um ano vital para o metal

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1991 é um ano tão celebrado

imagemQuantos discos o Guns N' Roses vendeu no Brasil e no mundo? Veja os números

imagemKiss: Tommy Thayer responde se Gene Simmons e Paul Stanley se dão bem

imagemBob Dylan explica a diferença entre suas composições e as de Paul McCartney

imagemCinco curiosidades sobre "The Sick, The Dying... And The Dead!", do Megadeth

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1988 é um ano inesquecível

imagemNey Matogrosso relembra como foi abrir o Rock in Rio de 1985

imagemVídeos dos shows no Hellfest do Sepultura, Epica, Nightwish, Blind Guardian e outros

imagemComo o clássico "Angel Dust" fez o guitarrista Jim Martin sair do Faith No More

imagemTico relembra trauma que o fez entrar na Fazenda e briga bizarra com Sérgio Mallandro

imagemMarky Ramone sobre o CBGB: "Era como um lixão, mas era o nosso lixão"


Stamp

Saxon: grunge foi bom para mostrar que o rock "não se trata de aparência"

Por Igor Miranda
Fonte: Scars On Guitars/Blabbermouth
Em 23/03/18

Em recente entrevista ao podcast "Scars And Guitars", transcrita pelo Blabbermouth, o vocalista Biff Byford disse que o movimento grunge não atrapalhou tanto o trabalho do Saxon. Ele destacou, ainda, lados positivos do gênero musical, consagrado na década de 1990.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Os fãs, realmente, os fãs leais nos mantiveram durante esse período. E, obviamente, a gravadora teve fé em nós e continuou lançando álbuns, então, nunca paramos de fazer o que fazemos", disse, ao ser questionado sobre o motivo pelo qual o Saxon ficou "intacto" às mudanças do período.

"Acho que o Nirvana, Pearl Jam, acho que o grunge, em alguns aspectos, foi uma coisa boa. Chutou o traseiro de todos e disse: 'Não se trata de maquiagem e cabelo. Trata-se dos riffs de guitarra, da atitude e sobre o que estamos cantando'. Então, não acho que foi algo ruim, de verdade, para aquele período", complementou.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Byford destacou que, a cada 10 anos, um novo estilo chega a público, porém, foi possível se manter com a ajuda dos fãs e da gravadora. "Acho que fizemos o que toda banda fez. O (Iron) Maiden fez a mesma coisa, assim como o Motörhead, assim como o (Judas) Priest. Nós apenas tocamos para nossos fãs e aprendemos a nos adaptar", disse.

O vocalista destacou, ainda, que o Saxon sobreviveu devido a alguns ajustes financeiros. "Nós estávamos tocando em festivais e aceitamos um corte salarial, na verdade - uma atitude de classe trabalhadora, de verdade. É uma atitude de nunca se render", afirmou.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ouça a entrevista na íntegra (em inglês, sem legendas) no link abaixo.

https://player.whooshkaa.com/episode?id=178124

Comente: Tantos anos depois, qual a sua impressão sobre a Era Grunge?

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Grandes bandas em atividade: Yes, Saxon, Status Quo e Marillion (vídeo)




Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda.