Heavy Metal: lançamentos old school do semestre

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ivison Poleto dos Santos
Enviar correções  |  Ver Acessos

Para desespero dos detratores e dos amantes da suposta boa música caetânica que ainda reina neste malfadado país, o Heavy Metal, na sua vertente tradicional, ainda respira. Mais que isso, evolui a olhos vistos.

Ozzy Osbourne: "Eu detesto a expressão Heavy Metal!"Metallica: ouça apenas o baixo de Cliff Burton em clássicos

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

É claro que alguns vão dizer que é mais do mesmo, som datado, ultrapassado, cópias das cópias e sei lá mais o que, mas quer saber? Nós, amantes do Heavy Metal, não damos a mínima! E as modas vão se passar, como já se passaram várias nestes últimos quarenta anos, e o HM vai sobreviver. É isto o que importa.

São bandas que além de recriar o estilo conseguem ir além dele dando a sua contribuição para a evolução do estilo.

Este ano promete!

Para quem quiser dar uma conferida nas resenhas originais aqui vai o link:

http://metaladdicts.com/site/category/reviews/

Vamos às bandas:

Sign of the Jackal - Breaking the Spell

Esta ainda vai ser lançada em junho.

É impressionante a quantidade de bandas iniciantes que têm vocais ou integrantes femininas. Sinal de que, finalmente, as coisas parecem mudar.

O Sign of the Jackal adota o velho e bom speed metal melódico teutônico lembrando um pouco o Warlock de Doro Pesch. Porém seus refrões são bem mais grudentos, no bom sentido, é claro. Você vai se pegar cantarolando!

Hemi - Avalon

O grande lance do Hemi em "Avalon" é misturar uma série de influências dentro da música metálica desde Iron Maiden até Metallica, de Dio até Anthrax, e ousar dar uma modernizada no som. É uma banda que faz o estilo evoluir.

Final Fall - The Death of Hope

Uma banda que mistura vários elementos de punk no seu som chagando ao limite do que se chamou de crossover no final dos anos 1980. O Final Fall aposta, como as bandas punk, em riffs feito com acordes e guitarras afinadas um tom abaixo. O resultado é um som muito pessoal com um vocalista acima da média.

Crimson Day - At the Mountains of Madness

O Crimson Day com "At the Mountains of Madness" é o que hoje se chama metal melódico.

"At the Mountains of Madness" é um álbum que vai mexer com a memória afetiva de muitos, pois em várias passagens lembra alguma banda já conhecida. Mas o Crimson Day não é só isso. Seu som é bem pessoal e autêntico. Ah, como é bom ver a molecada fazendo som assim.

Traitors Gate - Fallen

O Traitors Gate é uma banda veterana que está de volta. A sua demo de estreia é uma verdadeira relíquia entre os aficionados. Este Traitors Gate "Fallen" traz uma banda que mostra ao que veio: som pesado e coeso, velocidade na hora certa, solos minimamente compostos e vocalista muito bom com desempenho bem variado. "Fallen" mostra que cachorros velhos ainda aprendem truques novos.

Evil-Lyn - Dysciple of Steel

Evil-Lyn com "Dysciple of Steel" vai mudar os seus conceitos sobre que não há mais o que fazer no HM tradicional. Há sim! Cheio de emoção com um vocalista que entende do negócio, o Evil-Lyn avança e mostra que o Metal evolui a olhos vistos.

Secret Society - The Induction

O Secret Society é uma das chamadas superbandas com a participação de medalhões do HM da atualidade. Seu som está na linha do que se fazia em termos de metal nos anos 1990.

Bullet - Dust to Gold

O Bullet já é uma banda bem conhecida no roteiro HM mundial que agora retorna com "Dust to Gold". É o mesmo bom e velho Bullet de sempre. Nenhuma novidade e isso é seu grande trunfo. Quem quiser bandas que reinventem a roda todo o tempo que procure outro estilo. Ah, esqueci, isso não existe! As supostas "novidades" modernas que rolam por aí já têm mais de vinte anos.

Axel Rudi Pell - Knights' Call

Mais um lançamento de um veterano. Axel Rudi Pell é um daqueles guitar heroes que ainda insistem em fazer os bons e velhos álbuns, como se diz hoje, autorais. O cara toca muito! Mas não espere fritação, Axel Rudi Pell é um guitarrista das antigas que calcula cada nota e não fica subindo e descendo escalas com nomes impronunciáveis.

Visigoth - Conqueror's Oath

O Visigoth também já é uma banda consagrada no mundo metálico mundial carregando a tocha do metal tradicional. Público garantido e não só de saudosistas!

Legendry - Dungeon Calling

Sabe aquele som épico que o Dio adorava? Sim, aquele mesmo que aqui está presente em Legendry com "Dungeon Calling". Uma banda que pega várias referências da música pesada desde o final dos anos 1970 com pitadas dos anos 1980 e faz um som bastante pessoal e competente. Outra banda que vai te fazer sair cantarolando.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por escolha do autor os comentários foram desativados nesta nota.


Todas as matérias da seção Notícias

Ozzy Osbourne: Eu detesto a expressão Heavy Metal!Ozzy Osbourne
"Eu detesto a expressão Heavy Metal!"

Metallica: ouça apenas o baixo de Cliff Burton em clássicosMetallica
Ouça apenas o baixo de Cliff Burton em clássicos


Sobre Ivison Poleto dos Santos

Veterano das guerras metálicas. Pesquisador, escritor, resenhista, músico frustrado (por isso tudo o anterior). Ao contrário da opinião comum, acho que o melhor do Metal ainda está por vir e que existem grandes bandas novas por aí. Só procurar. No meu caso elas vêm até mim.

Mais matérias de Ivison Poleto dos Santos no Whiplash.Net.

adGoo336